segunda-feira, 28 de julho de 2008

Livros com o DN

Desde 26 de Julho e até 5 de Setembro o Diário de Notícias vai oferecer clássicos da literatura. Aqui vai a lista dos livros e os dias em que eles estão nas bancas:

Fiódor Dostoiévski
Coração Débil
26 - Jul
Franz Kafka
A Metamorfose
27 - Jul
Giovanni Boccaccio
Histórias Eróticas
28 - Jul
Anton Tchekov
A Minha Mulher
30 -Jul
Voltaire
O Ingénuo
01 -Ago
Lev Tolstoi
A Morte de Ivan Ilitch
02 Ago
Jack Londo
A Peste Escarlate
03 Ago
Maximo Gorki
Três Contos
04 Ago
Thomas Hardy
O Pregador Atormentado
06 Ago
Franz Kafka
Carta ao Pai
08 Ago
Fiódor Dostoiévski
A Voz Subterrânea
09 Ago
Joseph Conrad
Juventude
10 Ago
H.P. Lovecraft
Herbert West: Reanimador
11 Ago
Robert L. Stevenson
O Estranho Caso do Dr. Jekyll e do Sr. Hyde
13 Ago
Charles Dickens
Um Cântico de Natal
15 Ago
Henry David Thoreau
Onde Vivi e para Que Vivi
16 Ago
Henry James
A Fera na Selva
17 Ago
Miguel de Cervantes
A Ciganita
18 Ago
Rainer Maria Rilke
Histórias do Bom Deus
20 Ago
Nikolai Gógol
O Retrato
22 Ago
Sun Tzu
A Arte da Guerra
23 Ago
Stephen Crane
O Barco Aberto
24 Ago
Oscar Wilde
O Crime de Lorde Artur Savile
25 Ago
Thomas Wolfe
O Rapaz Perdido
27 Ago
Gustave Flaubert
Um Coração Simples
29 Ago
Edgar Allan Poe
A Queda da Casa de Usher
30 Ago
Fiódor Dostoiévski
Contos
31 Ago
Italo Svevo
Um Embuste Perfeito
01 Set
Oscar Wilde
O Retrato do Sr. W.H.
03 Set
Rainer Maria Rilke
Cartas a Um Jovem Poeta
05 Set

domingo, 27 de julho de 2008

Português Suave - Margarida Rebelo Pinto [Opinião]

Título: Português Suave
Autor: Margarida Rebelo Pinto
Edição/reimpressão: 2008
Páginas: 264
Editor: Oficina do Livro
P.V.P.: 17€


Sinopse:
Um Retrato de Portugal a Preto e Branco e a Cores. Na década de 40, Mercês Perestrello é dada como louca e afastada dos seus filhos, Joana e Nuno. Nos anos 60, as gémeas Maria Teresa e Maria Luisa Belchior seguem caminhos opostos em busca de felicidade. Quarenta anos mais tarde, as primas Leonor e Naná desvendam segredos familiares nunca imaginados. A narrativa é contada alternadamente pelos vários personagens na primeira pessoa, reflectindo uma visão particular da realidade, revelando histórias dentro de histórias, como quem faz vários "puzzles" ao mesmo tempo. O resultado é um livro envolvente e apaixonante que denuncia o modo de ser tão português, um espelho fiel da burguesia tradicional que persiste ainda no século XXI, constituindo um retrato de um certo Portugal que ainda se mantém nos nossos dias. Este é o sétimo romance de Margarida Rebelo Pinto e o seu décimo quarto livro, somando o total de 1 milhão de exemplares vendidos.


A minha opinião:
Confesso que estava um bocadinho farta de ler as 'histórias' da Margarida Rebelo Pinto, até porque lendo um livro, os outros parecem que são todos iguais. Mas, ao ler a sinopse do mais recente Português Suave, até que me agradou a trama entre três gerações e as suas vivências em tempos completamente diferentes, em Portugal. Porém, pensei que iria ser bem mais explorado esse mesmo enredo, o que não veio a acontecer. A autora centrou-se, mais uma vez, nas historietas de duas melhores trintonas, que andam com catraios, e que gostam da vida que levam, snobs quanto baste.