sexta-feira, 25 de junho de 2010

O Jogo do Acaso - Penny Vincenzi [Opinião]

-->
Título: O Jogo do Acaso
Autor: Penny Vincenzi
N.º Págs.: 608
P.V.P.: 17,70€


Em O Jogo do Acaso, uma fracção de segundo foi quanto bastou para que o caos se instalasse na congestionada auto-estrada que liga Londres ao País de Gales. Um acidente de viação de grandes proporções gera o pânico, substitui a confiança pelo medo e a impotência toma conta dos presentes.
Jonathan, um obstetra carismático e bem-sucedido; Toby, o noivo com um segredo obscuro a caminho do seu casamento, e o seu leal amigo Barney; Georgia, uma jovem aspirante a actriz, desesperada por chegar a Londres para uma audição importante que poderá lançar a sua carreira; Mary, a viúva que percorre centenas de quilómetros para reencontrar o seu primeiro amor, que não vê há mais de 50 anos; William, o agricultor que presencia o drama que se desenrola no outro lado da encosta; e Emma, a atraente médica do hospital da zona que presta assistência aos sinistrados. De um momento para o outro, ver-se-ão enredados num poderosíssimo jogo de acção-consequência, cujos efeitos mudarão as suas vidas irremediavelmente. Mas será para melhor ou para pior?
Poderá alguém sobreviver à inevitabilidade do acaso?

A minha opinião:
Conheci Penny Vincenzi através do livro Cruel Abandono, também editado pela Porto Editora. Na altura, adorei o livro e as expectativas eram muito grandes.
O mais recente O Jogo do Acaso não me desiludiu. Se em Cruel Abandono a autora colocou como protagonistas três jovens amigas, em O Jogo do Acaso são muitas as personagens interessantes e com algum mistério.
O nome do livro não poderia ter sido melhor escolhido porque de facto é do acaso que trata a história principal. Um acidente numa estrada muito movimentada vai mudar para sempre a vida da maior parte das pessoas que estiverem envolvidas no mesmo. Casamentos e noivados vão acabar, muitas pessoas se apaixonarão, segredos virão a lume, e um amor com cerca de 60 anos por pouco que não se desvanece.
Sem nunca ser chata nas mais de 600 páginas que contém o livro, Penny Vincenzi atrai o leitor para as histórias de cada uma das personagens, cada uma mais interessante que outra. Brinda-nos com a fulgurosa Abi que põe em risco um casamento de mais de 13 anos, a insegura Georgia que vai ter o trabalho mais importante da sua jovem vida, de Mary e Russell, eternos apaixonados a quem a guerra separou, Barney o padrinho de um casamento que vai ser traído pelo seu melhor amigo, William, um jovem e culto agricultor que presencia o acidente, Emma, Alex, Linda, Laura, entre muitos outros. Para quem gosta de romances em que tudo acaba bem, não pode perder este novo livro da escritora britânica.

Novidades Bertrand

Título: Férias Malditas
Autor: Libba Bray, Cassandra Clare, Claudia Gray, Maureen Johnson e Sarah Mlynowski
Chancela: Bertrand Editora
N.º de Páginas: 232
PVP: 15,50
Lançamento em Junho!


Libba Bray, Cassandra Clare, Claudia Gray, Maureen Johnson e Sarah Mlynowski, cinco das escritoras mais conceituadas do momento e autoras de inúmeros best-sellers, chegam-nos este mês com histórias sobrenaturais de férias onde muitos episódios inesperados e assustadores sucedem. Uma combinação hipnotizante de diversão, romance e terror.

Sinopse:
Nesta obra indispensável, cinco das autoras mais brilhantes da actualidade — Libba Bray (A Great And Terrible Beauty), Cassandra Clare (Cidade dos Ossos, Cidade Das Sombras), Claudia Gray (Everynight), Maureen Johson (13 Little Blue Envelopes) e Sarah Mlynowski (Bras & Broomsticks) contam as histórias sobrenaturais de férias que deram para o torto. Perder a bagagem não é mais que relativamente desagradável quando comparado com dormir em casa de uma bruxa azedada. E um escaldão pode causar dores e embaraço, mas nem sempre dura mais que uma maldição. Claro que, mesmo nas circunstâncias mais horripilantes, o amor pode vingar… De inocentes e divertidos a sinistros e aterradores, qualquer um pode encontrar nestes contos algo que lhe agrade. Quando chegarem as férias, ninguém vai, com toda a certeza, deixar este livro em casa.

Sobre as autoras:
Libba Bray, Cassandra Clare, Claudia Gray, Maureen Johnson e Sarah Mlynowski Libba Bray é a autora citada no New York Times pelos best-sellers da Trilogia Gemma Doyle: A Great And Terrible Beauty, Rebel Angels e The Sweet Far Thing. Cassandra Clare é a autora citada no New York Times e na USA Today pelos best-sellers City Of Bones, City Of Ashes e City Of Glass. City Of Bones foi finalista do Prémio Locus para Melhor Primeiro Romance e está no Teen’s Top Ten da ALA. Também é a autora da trilogia de fantasia para jovens adultos The Infernal Devices. Vive em Brooklyn, Nova Iorque, com o namorado e dois gatos. Claudia Gray é a autora de Everynight e Stargazer. Trabalhou como advogada, jornalista, disco jockey e empregada de mesa. Vive na cidade de Nova Iorque. Maureen Johnson é a autora aclamada pela crítica de13 Little Blue Envelopes, The Key To The Golden Firebird, Girl At Sea, Devilish, Suite ScarLlett e The Bermudez Triangle. Vive em Nova Iorque. Sarah Mlynowski é a autora de muitos romances, nos quais se incluem os quatro livros da série Magic in Manhattan, Bras & Broommsticks, Frogs & Frenchkisses, Spells & Sleeping Bags e Parties & Potions. Também escreveu How To Be Bad em colaboração com Lauren Myracle e E. Lockhart, e SEE JANE WRITE com Farrin Jacobs. Originalmente de Montreal, Sarah vive agora na cidade de Nova Iorque.



Título: A Mansão Thurston
Autor: Danielle Steel
Chancela: Bertrand Editora
N.º de Páginas: 496
PVP: 16,90€

Sinopse:
Jeremiah fez fortuna à custa de trabalho árduo: aos 44 anos, era um dos mais abastados barões mineiros da terra. E para realizar o seu sonho de criar uma grande família casa com a encantadora Camille, que tem menos de metade da sua idade, e constrói a mansão Thurston, um palácio de conto de fadas.


Críticas na Imprensa Internacional:
«Os romances de Danielle Steel narram as coisas da vida. É impossível saltar uma página, acontece alguma coisa a cada vírgula. Suspense, angústia e lantejoulas alternam com o desespero e o conto de fadas», L’Événement du Jeudi


Sobre a autora:
Danielle Steel Danielle Steel é a mais popular das autoras contemporâneas e já entrou no Livro de Recordes do Guinness por ter tido um ou mais livros seus durante 381 semanas consecutivas na lista de best-sellers do New York Times. Tem 71 best-sellers publicados, traduzidos em 28 línguas, 47 países. Dos seus títulos, 29 foram adaptados à televisão, muitos dos quais em projectos premiados. Em 2002, a autora foi galardoada com a prestigiante Ordre des Arts et des Lettres pelo seu contributo de uma vida para a cultura mundial. Danielle Steel estudou em Nova Iorque e na Europa e trabalhou nas áreas das relações públicas, publicidade e ensino, até se dedicar por completo à literatura. É ainda fundadora de duas instituições de solidariedade, em memória do seu filho Nick. A Nick Traina Foundation apoia doentes do foro psiquiátrico e crianças vítimas de maus-tratos; a Yo! Angel! ajuda os sem-abrigo. A autora, mãe de nove filhos, vive em São Francisco e Paris.


quinta-feira, 24 de junho de 2010

Novidades Vogais & Companhia

Título: Imperfeitos
Autor: Scott Westerfeld
Série: Uglies
N.º de Páginas: 336
Formato: 16 X 24 CM
PVP: € € 17,06

Num mundo de extrema beleza, a normalidade é sinónimo de imperfeição.
Num futuro não tão distante quanto isso, não há guerras, nem fome, nem pobreza. O mundo é perfeito. Todos são perfeitos. Pelo menos, depois de completarem 16 anos. Qualquer um pode ter a aparência de um supermodelo… e que mal haveria nisso?
Tally Youngblood mal pode esperar pelo seu décimo sexto aniversário, altura em que será submetida à cirurgia radical que a transformará de uma mera Imperfeita para uma deslumbrante Perfeita. Uns lábios bem delineados, um nariz proporcional, um corpo ideal… é tudo o que sempre quis. Já para não falar que uma vida de diversão num paraíso de alta tecnologia espera por si. Mas quando a sua melhor amiga decide virar as costas a esta vida perfeita e foge, Tally descobre um lado inteiramente novo do mundo dos Perfeitos – e que, por sinal, nada tem de perfeito. É então forçada a fazer a pior escolha possível: encontrar a amiga e traí-la ou perder
para sempre a possibilidade de se tornar Perfeita.
Seja qual for a sua decisão, a sua vida nunca mais será a mesma.

Sobre o autor:
SCOTT WESTERFELD, nascido no Texas (EUA), escreveu muitas obras aclamadas, incluindo a série Uglies, a trilogia Midnighters (que a Vogais & Co. já publicou), e ainda uma nova trilogia (que também editaremos) que começa com Leviathan, um livro belissimamente ilustrado por Keith Thompson. Os seus
livros foram nomeados pelo New York Times para integrar a lista «Notable Books of the Year» e ganhou os prémios Aurealis Award, Victorian Premier Award e Philip K. Dick Special Citation. As suas obras figuram regularmente nos tops de vendas nos EUA e noutros países.
Scott é também designer e atualmente vive entre Nova Iorque e Sydney, na Austrália. Visite a sua página em www.scottwesterfeld.com.



Título: O Poder do Amor
Autor: Vera Faria Leal
Colecção: À Descoberta do Eu
N.º de Páginas: 272, duas cores
PVP: € 15,90 (C/ IVA A 6%)

«Qual é o tema da viagem da sua vida? A aventura? A segurança?

O amor? O trabalho? A sabedoria? A dádiva de si? A conquista?
O retiro? A renúncia? Reflita um pouco sobre as suas escolhas. Está satisfeito? Mudou alguma vez de tema? Sente que está na altura de mudar? Caminhe este livro com estas questões em mente e com a firme intenção de receber respostas, sinais como marcos seguros firmados à beira da estrada da sua vida, reforçando direções que a sua alma conhece bem e retemperando forças como uma pausa necessária no percurso.
Que pessoas o inspiram mais? As pessoas que admira estão na sua vida (ou na sua consciência) para o estimular a desenvolver essas mesmas características que admira e que já estão dentro de si – é apenas preciso que lhes dê atenção e dedique pensamentos e tempo, para que cresçam. Assim, ao mesmo tempo que a sua vida progride e floresce, você será fonte de inspiração para os outros porque vivemos para ser iluminados e para iluminar.»

Sobre a autora:
VERA FARIA LEAL é licenciada em Relações Internacionais. Escritora, tem várias obras editadas (incluindo no Brasil)
assim como CD’s, e foi autora do primeiro DVD português de desenvolvimento pessoal. Faz Aconselhamento Astrológico e criou o Curso de Astrologia Vivencial no Centro Quíron. Diplomada por Louise Hay e convidada por Patrícia Crane, a continuadora do trabalho de L. H. no mundo (com quem co-facilitou curso em Inglaterra), para ser a Formadora de Facilitadores do Método Louise Hay, em Portugal, desde 2004. É mentora da comunidade de Hay Teachers em Portugal. Foi Consultora de Autoestima para o programa «Elas em Marte», na SIC Mulher, contando com diversas participações nos média. Formadora de Desenvolvimento Pessoal, criou o seu Método pessoal de Coaching Integral: WISDOM COACHING®. Investigadora de Psicologia Espiritual, criou um grupo de investigação do Divino Feminino onde se estudam os arquétipos da Alma Feminina e se redescobrem as deusas Lusitanas, de acordo com o repto que lhe foi lançado por uma sacerdotisa do templo da Deusa, em Avalon, Glastunbury. Fundadora em Portugal (2004) do movimento espiritual internacional: “Humanity`s Team - Juntos pela Humanidade”, criado nos EUA por Neale Donald Walsch (autor de Conversas com Deus).

Título: Autoperfeição com Hatha Yoga
Autor: PROF. HERMÓGENES
Colecção: Terapias Alternativas
N.º de Páginas: 320
PVP: € 17,80
«Yoga não é superstição. É ciência. Ciência da boa, que a medicina acata e utiliza. Os médicos bem informados receitam Yoga. Se o Yoga não fosse merecedor do apoio da classe médica, eu, um leigo, não teria comparecido com trabalhos em importantes congressos médicos.(…)
No caso de os factos não valerem como prova, então faça a sua experiência pessoal. Leia o livro todo e, seguindo as suas instruções, pratique. Pratique a sério e com firmeza.
Não suponha que tal seja impossível sem professor. Se não contar com um professor de absoluta confiança, comece a
prática segundo as instruções do livro. Não tenha receio. Só
lhe peço que atenda às instruções. Não se arrisque a inovar.
O livro é autossuficiente, isto é, basta-lhe como instrutor.
Caso esteja enfermo, caso tenha receio, consulte um médico – mas, por favor, um que tenha noções sobre Yoga.»

Sobre o autor:
PROFESSOR HERMÓGENES foi o pioneiro em Medicina Holística no Brasil. Nascido em 1921, dedica-se ao crescimento espiritual dos seres humanos, dividindo o seu tempo entre o trabalho na Academia Hermógenes, a publicação de livros terapêuticos e de poesia, a produção de artigos para a imprensa e teses para congressos científicos. Ministra cursos e seminários em todo o Brasil. Foi criador do Treinamento Antidistresse, do método Yoga para Nervosos, colaborador (com yogaterapia) na 32ª Enfermaria da Santa Casa (Rio de Janeiro) e professor de filosofia, além de exercer as atividades de conferencista, poeta e ensaísta.
Foram-lhe atribuídos vários prémios e títulos pelo belo trabalho em prol da evolução da humanidade.
Escreveu cerca de dez títulos na área de livros técnicos sobre saúde e outros tantos filosóficos, no decorrer de 40 anos, ganhando numerosos fiéis leitores.

Porto Editora: Apresentado amanhã livro de estreia de Luís Carlos Patraquim na prosa

É já amanhã o lançamento da obra de estreia na prosa do poeta moçambicano Luís Carlos Patraquim.
A canção de Zefanias Sforza, que conta com uma belíssima pintura do reputado Roberto Chichorro na capa é um retrato da realidade político-social da soberania de Moçambique e chega às livrarias precisamente trinta e cinco anos depois da proclamação da independência daquele país.
O evento de apresentação está inserido nas comemorações oficiais dos trinta e cinco anos da independência de Moçambique, organizadas pela Embaixada, e tem lugar na Universidade Lusófona de Lisboa, às 17h30.
O próprio Embaixador, Miguel M’Kaima, e a poetisa angolana Ana Paula Tavares vão fazer a apresentação.

Quatro autores da Quetzal antes do fim do FESTIVAL SILÊNCIO!

O Festival Silêncio! tem feito de Lisboa a capital da palavra dita mas está a acabar. E antes do fim, os autores da Quetzal participam em vários momentos da programação. Hoje, às 21h30, no Auditório do Instituto Franco-Português, José Luís Peixoto participa numa das Conversas do Silêncio com Kalaf e Saul Williams. O que esperar desta conversa? Quando um especialista em spoken word se encontra com um poeta-músico, um músico-poeta e um romancista apaixonado por música é inevitável que a conversa rode em torno… da música e da palavra. Tendo em conta os percursos dos artistas convidados, as misturas de influências, as fusões entre estilos musicais e os cruzamentos da poesia com o romance também poderão fazer parte da ementa.

Mais tarde, à meia-noite, no Musicbox, Mónica Marques e Afonso Cruz fazem parte do Writting Mirror, o resultado de um desafio lançado a quatro escritores. As imagens e os textos, ambos escolhidos pelos autores, cruzam-se, dialogam, talvez o que é projectado possa mesmo servir de ilustração ao que é dito.

Amanhã, no Instituto Franco-Português, a última das Conversas do Silêncio senta no mesmo sofá - provavelmente vermelho - José Mário Silva e François Vallejo. O jornalista, autor de contos e poemas, jornalista e blogger, falará com o francês que escreveu sobre o Francês, personagem de romance que se viu em Lisboa, em 1988, para lá das chamas do incêndio no Chiado.

Mais informações e toda a programação em www.festivalsilencio.com

Mais uma novidade Chá das Cinco

Título: A Arte da Guerra para Mulheres
Autor: Chin-Ning Chu
Género: Auto-ajuda
Palavras-chave: Mulheres, Profissional, Estratégia, Liderança, Objectivos, Conhecimento
Tradutor: Susana Valdez
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 192
Tiragem: 2000
PVP: 17,80 €
Data de Lançamento: 23 de Julho de 2010

A Arte da Guerra para Mulheres baseia-se na sabedoria eterna do general filósofo Sun Tzu e ajuda a enfrentar dificuldades no trabalho, equilibrar deveres profissionais e familiares e subir ao topo de qualquer empresa.
Escrito por Chin-Ning Chu, uma das maiores autoridades na matéria, A Arte da Guerra para Mulheres mostra-nos que a filosofia de Sun Tzu não é realmente sobre guerra mas sim sobre estratégia. E, segundo a autora, as mulheres são as mais competentes estrategas. Descubra como pode facilmente elevar os seus dotes de liderança a um novo patamar. Passo a passo, domine
várias abordagens para ultrapassar obstáculos aos seus objetivos e sonhos.
Mais importante, esta obra é perfeita para mulheres que desejam obter um melhor conhecimento de si próprias.

“Este é um livro inteligente e prático, com a filosofia mais poderosa que já
li.” – Danyi Zhang, Directora Médica, Global Medical Affairs

Sobre a autora:
Chin Ning Chu nasceu na China e cresceu no Taiwan, tendo imigrado para os EUA em 1969. Iniciou uma carreira como atriz de televisão, mas a sua reputação mundial foi estabelecida nas áreas de marketing e consultoria empresarial e política. É também autora dos bestsellers The Asian Mind Game, Thick Face e Black Heart. Faleceu em Taiwan, em Dezembro de 2009.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Novidades Camões & Companhia para Julho

Título: A Voz do Fogo
Autor: Alan Moore
Género: Literatura Contemporânea
Palavras-chave: Visões, mitos, bruxas, lendas de Northampton, História de Inglaterra
Tradutor: David Soares
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 320
Tiragem: 1000
PVP: 18,85 €
Data de Lançamento: 09 de Julho de 2010

Doze narrativas entrelaçadas de eventos recorrentes, estranhas tradições e visões assombrosas.
Num livro repleto de luxúria e êxtase, encontramos doze personagens distintas que viveram na região de Northampton, em Inglaterra, durante um período de seis mil anos. Na tradição de Kipling e Borges, Moore viaja pela História misturando verdade e conjectura, num romance assombroso, comovente, por vezes trágico, mas sempre empolgante.

“Que prazer é esta leitura, e as suas releituras! Comecem onde quiserem: o
início e o final são bons pontos de partida. Para medir um círculo, começa-se num ponto qualquer. E para atear um fogo, também.”
Neil Gaiman

Sobre o autor:
Alan Moore nasceu em Northamptonem 1953. Uma lenda viva do mundo da banda-desenhada, a sua longa carreira, recheada de prémios e sucessos comerciais, produziu obras notáveis como
League of Extraordinary Gentlemen, Watchmen, From Hell e V for Vendetta que o consagraram como um dos maiores argumentistas de BD de sempre. O seu romance de estreia, A Voz do Fogo,
leva o leitor numa fascinante viagem no tempo, através de seis mil anos da história de Northampton, cidade onde vive.

Título: Uma Noite em Lisboa
Autor: Erich Maria Remarque
Género: Lit. Contemporânea
Palavras-chave: 2ª Guerra Mundial, Lisboa, Fascismo, Coragem, Traição, Risco, Amor
Tradutor: Luís Coimbra
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 232
Tiragem: 2000
PVP: 17,96 €
Data de Lançamento: 09 de Julho de 2010

“Remarque é um dos poucos escritores com um profundo conhecimento da alma humama.” - Times

A Alemanha Nazi ocupava grande parte da Europa. Terra de todos e de ninguém devido ao jogo duplo de Salazar, Lisboa foi durante toda a guerra um território neutro. Num cenário de guerra e perseguição, tornou-se o paraíso à beira-mar plantado. Para além da sua beleza natural e da paz, foi uma das poucas portas de saída para os que desejavam uma oportunidade para construir uma nova vida do outro lado do Atlântico. Depois… uma noite em Lisboa, quando um refugiado olha cobiçosamente para um transatlântico, um homem aproxima-se dele com dois bilhetes de
embarque e uma história para contar. É uma história perturbante de coragem traição, risco e morte. Onde o preço do amor vai para além do imaginável, o legado do mal é infinito. À medida que a noite evolui, os dois homens a própria cidade criam um laço que vai durar o resto das suas vidas…

Sobre o autor:
Erich Maria Remarque nasceu a 22 de Junho de 1898 para se vir a tornar num dos mais importantes escritores do séc. XX. Banido pelos nazis por ser alegadamente descendente de judeus franceses, viu os seus livros serem atirados para a fogueira e foi exilado em 1933 sob acusação de fazer propaganda contra o nacionalismo alemão. Remarque viu, ainda assim,
o seu trabalho reconhecido ao mais alto nível da literatura e chegou mesmo a ser um dos grandes candidatos ao Nobel na sua época. Este foi o seu último trabalho completo e a sua obra foi eternizada pelos seus leitores em todo o mundo. Dono de uma escrita magistral e de um profundo
conhecimento da alma humana, Remarque ficará para sempre na história da literatura.

Bertrand descobre Mulher do Peter Pan

Título: As ciência contadadas à minha neta
Autor: Henriette e Gérard Walter

Chancela: Bertrand Editora
Género: Divulgação Científica
N.º dePáginas: 256
PVP: €16,50
Lançamento dia 2 de Julho


Sem fórmulas ou jargões técnicos, uma conversa entre avô e neta resulta numa visita guiada pela história das ciências naturais, percorrendo o mundo da Física e da Química, de forma simples e divertida. Através de exemplos práticos do dia-a-dia e com alguns exercícios à mistura, as questões que muitas vezes ignoramos são explicadas e demonstradas de forma muito fácil e didáctica. Da rotação da Terra à leveza da Torre Eiffel, de Copérnico a Galileu, um livro para todos, desde o aprendiz até ao génio.


Sinopse:
Através de uma estrutura de pergunta-resposta, um avô vai respondendo às dúvidas e questões da sua neta em relação ao modo como o mundo funciona. De um modo original, rigoroso mas acessível, vão-se explicando e desvendando as grandes descobertas e noções científicas, da Física à Química, Astronomia ou Matemática.

Sobre os autores:
Henriette & Gérard Walter Henriette Walter é professora emérita de Linguística na universidade de Haute-Bretagne. Tem inúmeros títulos e ensaios publicados, muitos em colaboração com importantes nomes das ciências linguísticas.

Gérard Walter é professor associado em física e química, licenciado na área de Letras. Colaborou com a sua esposa em diversas publicações de relevância.


Título: Os Diários da Mulher de Peter Pan
Autor: Teresa Lopes Vieira
Chancela: Bertrand Editora
N.º de Páginas: 216
PVP: €14,90
Lançamento dia 2 de Julho


Neste primeiro livro de Teresa Lopes Vieira descobrimos o relato de uma mulher que vê a sua vida mudada quando menos esperava, numa viagem alucinante pela América do Sul, onde a beleza, o exotismo e a violência de um continente testemunham a redescoberta da vida. Os Diários da Mulher Peter Pan é sem dúvida um bom começo nesta não menos alucinante viagem que é a escrita.

Sinopse:
Diana leva uma vida monótona com a família no centro de Lisboa. Em plena crise da meia-idade, ela é constantemente assolada por dúvidas em relação ao rumo da própria existência, que se agravam quando se vê obrigada a viajar para o Equador em negócios. Desadaptada e infeliz, assombrada por tendências depressivas, faz planos para regressar o mais depressa possível a casa. Um grave acidente, ao qual sobrevive milagrosamente, salva por uma tribo em plena Amazónia, produz uma revolução na sua maneira de ser, levando-a a ficar. Wendy, uma estranha e misteriosa jovem que se torna na sua companheira de viagem, arrasta-a então por aventuras inesperadas. Equador, Colômbia, e Venezuela: três cenários tão maravilhosos quanto agressivos que a transportam para uma outra vida em que tudo pode acontecer, desde as teias do narcotráfico colombiano, aos meandros da política venezuelana. Esta é a história de uma mulher que nasce pela segunda vez, redescobrindo ingenuamente o mundo que encontrou à sua espera, decifrando-o com olhos de criança.

Sobre a autora:
Teresa Lopes Vieira Teresa Lopes Vieira nasceu em Lisboa, em 1984. Licenciou-se em Direito pela Universidade Nova de Lisboa e, desde então, tem vindo a dedicar-se à escrita. Os Diários da Mulher Peter Pan foram escritos enquanto viajava pela Europa e pela América do Sul. É o primeiro livro da autora.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Novidades Chá das Cinco para Julho

Título: Vingança Mortal
Autor: J. D. Robb (pseudónimo de Nora Roberts)
Género: Lit. Romântica
Palavras-chave: Crimes, Loucura, Jogos Psicológicos, Passado, Romance
Tradutor: Marco Neves e Joana Taborda
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 304
Tiragem: 5000
PVP: 18,85 €
Data de Lançamento: 09 de Julho de 2010

Nora Roberts, sob o pseudónimo J. D. Robb, está de volta aos policiais românticos com Vingança Mortal. Todo o seu talento para criar personagens apaixonantes, enredos tortuosos e experiências de leitura inesquecíveis, estão patentes neste fabuloso romance onde Eve Dallas se depara com o mais perigoso assassino da sua carreira. Ele é um especialista nas últimas tecnologias. Um louco com a mente de um génio. Um assassino sem coração que persegue silenciosamente as suas presas. Antes de cada homicídio, assombra a tenente Eve Dallas com adivinhas sobre os crimes que está prestes a cometer – mas
Eve não consegue resolvê-las a tempo de salvar nenhuma das vítimas. Vítimas essas que, aparentemente, só têm em comum uma coisa: a forma atroz como são torturadas antes de morrerem. Mas é então que Eve descobre algo assustador: as vítimas estão ligadas a um antigo
mistério sobre o passado de Roarke, o seu marido. Estará Eve preparada para o que vai descobrir?

Sobre o autor:
J. D. ROBB é o pseudónimo de Nora Roberts, uma das autoras mais lidas, acarinhadas e respeitadas do mundo. Com mais de 200 milhões de cópias vendidas em todo o mundo e cerca de 90 bestsellers na lista do New York Times, Nora Roberts foi a primeira autora a ser convidada para o Romance Writers of America Hall of Fame. Nascida em Silver Spring, Maryland, é a mais nova de cinco filhos e vive em Keedysville, onde continua a escrever.

Título: Resistir ao Amor
Autor: Jill Mansell
Género: Literatura Romântica
Palavras-chave: Paixão, história de Romeu e Julieta, segredos, amor, fantasmas do passado
Tradutor: Susana Serrão
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 336
Tiragem: 3000
PVP: 18,85€
Data de Lançamento: 09 de Julho de 2010

Enquanto adolescente, Maddy Harvey era um patinho feio com óculos grandes, cabelo despenteado e dentes tortos. Felizmente cresceu e tornou-se num deslumbrante cisne. Quando numa noite de verão conhece o irresistível Kerr McKinnon, pensa que está no Céu. Mas uns dias depois, quando descobre a que família ele pertence, tem a certeza que está no Inferno. É que
toda a gente em Ashcombe sabe o que aconteceu há onze anos, e a mãe de Maddy prefere destruir todos os McKinnon com as próprias mãos a permitir que a filha namore com um deles. Maddy sabe que deve resistir ao amor, mas que culpa tem ela que o seu príncipe encantado seja um fantasma do passado?
A história de Romeu e Julieta renasce com o charme e o delicioso sentido de humor que só Jill Mansell possui.

Sobre o autor:
Jill Mansell vive com o seu companheiro e os seus filhos em Bristol e é escritora a tempo inteiro. Bem... isso não é inteiramente verdade: ela vê televisão, gosta de comer fruta, admira os jogadores de rugby que treinam no campo desportivo atrás da sua casa, e passa horas na internet maravilhada com o facto de tantos escritores terem blogues. Com uma vida movimentada, só quando é obrigada a ficar em casa é que de facto escreve. Os seus livros são já
bestsellers e já venderam mais de três milhões de cópias.

Novidades Saída de Emergência para Julho

Título: Traição de Sangue
Autor: Charlaine Harris
Género: Horror / Lit. Fantástica
Palavras-chave: Vampiros, Herança, Passado, Pulseira, Roubo, Perigo, Sobrenatural
Tradutor: Renato Carreira
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 288
Tiragem: 9000
PVP: 17,85 €
Data de Lançamento: 16 de Julho de 2010

Sookie Stackhouse, uma empregada de bar na pequena vila Bon Temps em Louisiana, tem tão poucos parentes vivos que a entristece perder mais um; neste caso a sua prima Hadley, amante da rainha dos vampiros de Nova Orleães. Hadley deixou tudo o que tinha a Sookie, mas reclamar
essa herança tem riscos elevados. Há quem não queira que ela vasculhe demasiado o passado e as posses da prima - nomeadamente uma pulseira valiosa que faz parte de um conjunto oferecido pelo rei vampiro do Arkansas à rainha do Louisiana, e que Hadley roubou e escondeu antes de ser assassinada. Sookie tenta evitar um conflito diplomático entre os dois reis mas, mais uma vez, a sua vida está em perigo pois alguém fará qualquer coisa para a travar...

«É impossível não adorar a sensual e vivaz Sookie, certamente uma das
heroínas mais cativantes a guiar-nos pelo mundo das trevas em muito tempo. Possivelmente desde sempre.» - BOOKPAGE

Sobre a autora:
Charlaine Harris escreve romances de mistério além dos livros de Sookie Stackhouse. Vive no Sul do Arkansas com o marido, três filhos, dois cães, dois furões e um pato. Leitora ávida, cinéfila moderada e halterofilista ocasional, o seu passatempo preferido é incentivar os filhos em desportos variados, instalada em bancadas desconfortáveis.

«Harris escreve com competência e segurança.»
- THE NEW YORK TIMES BOOK REVIEW
«Uma autora de raro talento.»
- PUBLISHERS WEEKLY

Título: Highlander Amante Imortal
Autor: Karen Marie Moning
Género: Lit. Fantástica
Palavras-Chave: Highlander, Sedução, Imortalidade, Erotismo, Maldição, Magia
Tradutor: Teresa Martins de Carvalho
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 272
Tiragem: 2500
PVP: 17,96 €
Data de Lançamento: 09 de Julho de 2010

ATENÇÃO: Macho alfa letalmente sedutor, de uma força imensa e sombrio erotismo. Não olhar. Não tocar. Não se deixe tentar. Não se deixe seduzir…
Com os seus longos cabelos negros e olhos escuros magnetizantes, Adam
Black significa Sarilhos com S maiúsculo. Imortal, arrogante e intensamente sensual, ele vive através dos tempos e dos continentes em perseguição dos seus apetites insaciáveis. Até ao dia em que uma maldição o destitui da sua imortalidade e o torna invisível - cruel destino para homem tão irresistível.
Agora a única esperança de sobrevivência para Adam está nas mãos da única mulher que o pode realmente ver. Para Gabrielle, uma estudante de Direito amaldiçoada com a capacidade de ver ambos os mundos, é o início de uma longa e perigosa sedução. Quando a demanda de Adam para recuperar a sua imortalidade os faz mergulhar num mundo de magia intemporal, o preço da rendição bem pode ser a própria vida. Tudo por um destino que poucos mortais jamais conhecem: um glorioso, assombroso, infindável amor…

Sobre o autor:
Karen Marie Moning nasceu em Cincinnati, Ohio, uma de quatro crianças. Graduou-se pela Universidade de Purdue com um Bacherlato em Lei e Sociedade. Depois de uma década a trabalhar no ramo da advocacia, deixou o seu trabalho para perseguir o sonho de ter uma carreira como escritora. Quatro manuscritos e inúmeros trabalhos em part-time mais tarde, O Beijo do Highlander foi publicado e nomeado para os prestigiados prémios RITA. As suas
histórias já foram publicadas no The New York Times, USA Today e apareceram nas listas de bestseller do Publishers Weekly.

Título: A Ferro e Fogo
Autor: Simon Scarrow
Género: Romance Histórico
Palavras-Chave: Génios Militares, Estratégia, Batalha, Coragem, Heróis e Inimigos de Guerra
Tradutor: Manuel Alberto Vieira
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 560
Tiragem: 2000
PVP: 23,94€
Data de Lançamento: 23 de Julho de 2010

Nos primeiros anos do século XIX, Arthur Wellesley (mais tarde conhecido como o Duque de Wellington) e Napoleão Bonaparte são homens de génio militar reconhecido. Wellesley acaba de regressar da Índia, onde a sua coragem e talento impressionaram grandemente os seus superiores. Irá enfrentar obstáculos e muitas tribulações a nível político antes de se envolver militarmente em Copenhaga, depois Portugal e Espanha. Napoleão, proclamado como Imperador, está a firmar o seu controlo sobre a Europa com o objectivo final de despedaçar o seu inimigo do outro lado do Canal: a Grã-Bretanha. Está iminente o confronto face a face entre ambos os militares mas apenas um homem emergirá vitorioso…

Sobre o autor:
SIMON SCARROW é professor no colégio de Norwich. Apaixonado pelo período romano, organizou muitos encontros para levar os seus alunos a ruínas e museus por toda a Inglaterra. Grande fã das obras de Forester, Cornwell e O’Brian, um dia decidiu escrever precisamente aquilo que gostava de ler: romances passados no seio das míticas legiões romanas. E ainda bem
que o fez, pois os seus livros, tal como as legiões sobre as quais escreve, conquistaram leitores em todos os países onde foram publicados.

Título: A Demanda do Visionário
Autor: Robin Hobb
Género: Literatura Fantástica
Palavras-Chave: Demanda, Magia, Profecias, Batalhas, Traição, Intriga
Tradutor: Jorge Candeias
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 480
Tiragem: 2500
PVP: 18,85 €
Data de Lançamento: 09 de Julho de 2010

O verdadeiro rei dos Seis Ducados desapareceu numa missão misteriosa em busca dos Antigos para salvar o reino da ameaça dos Navios Vermelhos. O seu irmão usurpador está determinado a impor uma tirania cruel e não abrirá mão do poder, a não ser com a própria morte.
Fitz sabe que a única forma de por fim ao reinado do príncipe usurpador é iniciar uma demanda em direção ao reino das Montanhas onde irá descobrir a verdade sobre as profecias do Bobo. Mas a sua missão enfrenta um novo perigo com a magia do Talento a precipitar a sua alma para a beira do abismo. Conseguirá resistir à magia e ainda enfrentar os obstáculos que surgem à sua
demanda?

Sobre o autor:
ROBIN HOBB, pseudónimo de Margaret Ogden, nasceu na Califórnia em 1952 e licenciou-se em Comunicação na Universidade de Denver, Colorado.
É também autora de livros de fantasia contemporânea sob o pseudónimo Megan Lindholm. Após alguns anos a viver no Alasca, reside actualmente em Tacoma, Washington.

Francisco José Viegas estreia-se no género infantil

É pela mão da BOOKSMILE que Francisco José Viegas vai aventurar-se, pela primeira vez, no género infantil.

Se Eu Fosse... Nacionalidades é o primeiro título de uma colecção que representa a estreia do premiado autor na literatura para crianças, depois de ter já conquistado o público através da ficção, poesia e viagens.

O lançamento do livro realiza-se na quarta-feira, dia 23 de Junho, na Fábrica dos Pasteis de Belém.
Neste primeiro volume, Francisco José Viegas faz-nos descobrir a vida que o Lio teria se fosse japonês, brasileiro, norueguês ou italiano. Ilustrado a quatro cores, oferece às crianças, a partir dos 5 anos, a oportunidade de conhecer a realidade gastronómica, linguística e patrimonial de diferentes países. Humorada, lúdica e didáctica, é uma obra para ser lida com os pais e descobrir, em cada país, aquele pormenor, contribuindo para a construção da memória referencial das crianças relativamente às diferentes nacionalidades do mundo.

Porto Editora: "O Projecto Janus" inaugura colecção policial

Título: O Projecto Janus
Autor: Philip Kerr
N.º de Págs.: 400
Colecção: ALTA TENSÃO
Capa: mole
PVP: 16,50 €
Tradução: Isabel Alves

Com O Projecto Janus, de Philip Kerr, obra a publicar a 24 de Junho, a Porto Editora inicia uma colecção de policiais “com assinatura”, intitulada
ALTA TENSÃO. Nela vão ser publicados alguns dos nomes mais importantes do policial contemporâneo – o de Tara Moss é o próximo, no mês de Julho.
Assiste-se, actualmente, a um ressurgimento da ficção policial em todo o mundo. Manuel Alberto Valente, director editorial da Porto Editora, considera que isso tem sido «facilitado pela emergência do policial nórdico» e explica que a colecção ALTA TENSÃO «vai ao encontro do desejo de muitos leitores portugueses» e lhes vai permitir tomar contacto «com o que de melhor se escreve actualmente no género policial». O editor considera que o romance de Philip Kerr constitui uma opção bastante feliz para o início da colecção, tanto pela «qualidade do livro», como pela «notoriedade do autor». Por outro lado, começar com O Projecto Janus constitui também «uma forma de homenagem ao policial britânico, que tantas horas extraordinárias de leitura tem proporcionado aos leitores de todo o mundo».
Autores como Ian Rankin, Fred Vargas, Michael Connelly, Arnaldur Indridason vão ser publicados nesta colecção.

O enredo:
Alemanha, 1949. No rescaldo da guerra, por entre o caos da derrota, o país é palco de todo o tipo de negócios obscuros, fraudes e intrigas políticas. Para Bernie Gunther, Berlim tornou-se demasiado perigosa e decide partir para Munique, onde voltará a trabalhar como detective privado. No entanto, o negócio está fraco e os clientes são poucos. Quando a bela Britta Warzok o procura – o marido, responsável por um dos piores campos de concentração da Polónia, desapareceu –, Bernie está longe de imaginar a terrível conspiração que se esconde por detrás deste caso aparentemente simples. Na Alemanha do pós-guerra, nada é o que parece ser e, de um momento para o outro, Bernie ver-se-á envolvido numa intriga política que o ultrapassa. Quem ditará as regras do jogo serão antigos médicos das SS, ex-nazis em fuga à justiça, agentes da CIA e organizações secretas que apoiam a fuga dos carrascos do Terceiro Reich. Conseguirá Bernie Gunther enfrentar os fantasmas do seu passado e destruir o legado de Hitler?

Sobre Bernie Gunther
:
Bernhard Gunther é o detective criado por Philip Kerr para a série Bernie Gunther. O primeiro livro foi publicado em 1989 – March Violets –, seguindo-se The Pale Criminal (1990) e A German Requiem (1991). Depois de um interregno de 15 anos, Gunther reaparece em O Projecto Janus.
O último título da série If the Death Rise Not, que recebeu o Premio Internacional de Novela Negra RBA, vai ser publicado pela Porto Editora em 2011.

Sobre o autor:
Philip Kerr nasceu em Edimburgo em 1956 e estudou Direito na Universidade de Birmingham. Colabora assiduamente em publicações como o Sunday Times, o Evening Standard e o New Statesman. Para além dos catorze romances publicados, escreveu uma série de livros juvenis com o pseudónimo de P. B. Kerr. Traduzido em 25 idiomas, galardoado com inúmeros prémios importantes e com várias obras adaptadas ao cinema e televisão, Philip Kerr é um dos nomes mais consagrados do policial inglês. O Projecto Janus recebeu, em 2009, o Prix du Polar Européen no Festival Quai du Polar de Lyon e foi finalista do prémio CWA Ellis Peters Historical em 2007.

Críticas:

Kerr conseguiu captar magistralmente o espírito do pós-guerra.
Sunday Telegraph
Mais um relato envolvente e implacável sobre a perversidade do ser humano. São vários os elementos que contribuem para a excelência dos livros de Kerr. [...] Estamos perante um romancista excepcional.
The Washington Post
Uma verdadeira odisseia através do mundo das SS, experiências médicas abomináveis e duras realidades do mundo do pós-guerra, numa narrativa chandleresca. Um romance fantástico!
The Times
O Projecto Janus é o resultado de uma transferência brilhante de um livro de Raymond Chandler para a Alemanha do pós-guerra. Poderoso e impressionante.
The Observer

Feira do Livro do Porto

Este ano fui à Feira do Livro do Porto duas vezes. e não fui mais porque ficaria, com toda a certeza, perdida com tantas promoções, com tantos livros interessantes e atractivos. Comprei alguns livrinho para mim e para a minha filhota, principalmente para a filhota, para começar a incutir, desde pequenina, o gosto pela leitura. O que é certo é que ela já gosta de ouvir histórias e ver as imagens dos livros.
No sábado tive oportunidade para conhecer uma escritora que tanto aprecio, Deana Barroqueiro. As minhas expectativas perante ela não se desvaneceram, muito pelo contrário. É uma escritora muito acessível, sem tiques de vedetismo como muitos escritores, por vezes, têm. Penso que a empatia que é criada entre escritor e seus leitores é importante para ambos. Foi mesmo um dia em cheio.
Deana Barroqueiro esteve no stand da Ésquilo para promover o seu novo livro, o relançamento de "O Romance da Bíblia" e o "Espião de D. João II".
Mais ao fim da tarde ainda houve oportunidade para assistir à apresentação do livro de Tiago Rebelo "O Homem que sonhava ser Hitler", que contou com a presença de Júlio Magalhães.

Oportunidade ainda para conhecer a simpática Rosa Soares do blogue Conta-me Histórias, que eu sigo fielmente.