quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Novidades Saída de Emergência para Setembro

Título: As Serviçais
Autor: Kathryn Stockett
Género: Literatura Contempôranea
Palavras-Chave: Segregação racial, Movimento dos Direitos Civis, amizade, ódio, esperança.
Tradutor: Fernanda Semedo
Páginas: 464
Tiragem: 10000
PVP: 18,85€
Data de Lançamento: 10 de Setembro de 2010

Skeeter tem vinte e dois anos e acabou de regressar da universidade a Jackson, Mississippi. Mas estamos em 1962, e a sua mãe só irá descansar quando a filha tiver uma aliança no dedo.
Aibileen é uma criada negra, uma mulher sábia que viu crescer dezassete crianças. Quando o seu próprio filho morre num acidente, algo se quebra dentro dela. Minny, a melhor amiga de Aibileen, é provavelmente a mulher com a língua mais afiada do Mississippi. Cozinha divinamente, mas tem sérias dificuldades em manter o emprego… até ao momento em que encontra uma senhora nova na cidade.
Estas três personagens extraordinárias irão cruzar-se e iniciar um projecto que mudará a sua cidade e as vidas de todas as mulheres, criadas e senhoras, que habitam Jackson. São as suas vozes que nos contam esta história inesquecível cheia de humor, esperança e tristeza.
Uma história que conquistou a América e está a conquistar o mundo.

Sobre a autora:
O nome de Kathryn Stockett foi catapultado para a fama com o seu romance de estreia, As Serviçais, sobre a segregação racial na América sulista, na década de sessenta, e já é considerada a obra que maior sucesso conquistou nos últimos anos nos EUA. Natural do Mississippi, a autora
formou-se na Universidade do Alabama e vive atualmente em Atlanta, após ter trabalhado durante alguns anos em Nova Iorque, em edição de revistas.

Título: Anjos Pistoleiros
Autor: Paul McAuley
Género: Literatura Fantástica
Palavras-Chave: Revoluções, guerra nuclear, conspiração, mundos paralelos, história alternativa.
Tradutor: Fernanda Semedo
Páginas: 400
Tiragem: 1500
PVP: 21,84€
Data de Lançamento: 24 de Setembro de 2010

O primeiro portal Turing, pouco maior do que um grão de pó, é aberto em 1963. Três anos depois, o primeiro americano viaja para um mundo alternativo. E assim nasce um império.
Durante quinze anos, a América que se auto-denomina “a Real” utiliza os portais Turing para infiltrar Américas alternativas, incentivando revoluções para libertar as que estão sob regimes fascistas ou comunistas e reconstruindo as que foram destruídas por guerras nucleares. Mas quando Jimmy Carter chega ao poder, esgotada por esses combates infindáveis, a América Real
decide que chegou a hora de trocar a guerra pela paz.
Mas alguns acreditam que o destino da América Real é impor os seus ideais em todas as realidades alternativas e estão preparados para reverter a doutrina pacifista de Carter. Quando Adam Stone, um dos anjos pistoleiros da CIA que trabalhou noutras Américas, se voluntaria para apanhar um velho amigo que cometeu uma série de crimes em várias realidades alternativas, descobre uma terrível conspiração com os portais Turing. Uma conspiração que pode mudar a história de todas as Américas… incluindo a sua.

Sobre o autor:
PAUL J. MCAULEY nasceu em Inglaterra, no dia de S. Jorge, em 1955.
Foi investigador em várias universidades, incluindo Oxford e UCLA, e durante seis anos leccionou Biologia na universidade de St. Andrews. Começou a escrever depois de passar algum tempo em Los Angeles, e agora é escritor a tempo inteiro.
No conjunto da sua obra, Paul McAuley já recebeu os seguintes prémios: Philip K. Dick Award, Arthur C. Clarke Award, Sidewise Award, John W. Campbell Memorial Award e o British Fantasy Award.

Título: Wicked Lovely - Amores Rebeldes
Autor: Melissa Marr
Género: Literatura Fantástica
Palavras-Chave: Fadas, poder, fantasia, amor, sobrenatural
Tradutor: Luis coimbra
Páginas: 288
Tiragem: 5000
PVP: 17,95 €
Data de Lançamento: 10 de Setembro de 2010

REGRA # 3:
Não olhar para fadas invisíveis.
Desde que nasceu, Aislinn sempre viu fadas. Poderosas e perigosas, elas caminham ocultas entre os mortais. Aislinn tenta passar despercebida pois estes seres não gostam de ser descobertos e costumam castigar com crueldade as pessoas que detectam a sua presença.
REGRA # 2:
Não falar com fadas invisíveis.
Agora as fadas perseguem Aislinn. O rei das fadas Keenan, aterrorizante e sedutor, tenta cativar Aislinn, fazendo perguntas que ela tem medo de responder.
REGRA # 1:
Nunca chamar a atenção delas.
Agora é tarde demais… Keenan, o Rei do Verão anda numa busca incansável pela sua rainha há nove séculos e está determinado a converter Aislinn na sua rainha a qualquer custo.
Quando as regras secretas que sempre a tinham protegido deixam de funcionar, de repente está tudo em risco: a sua liberdade; o seu melhor amigo, Seth; a sua vida; tudo. Intrigas sobrenaturais, amores mortais, e confrontos entre reis antigos e expectativas modernas cruzam-se no enredo deste espantoso conto de fadas que Melissa Marr imaginou para o século vinte e um.

Sobre a autora:
Melissa Marr
Embora no liceu tenham votado em mim como aquela «que tem mais probabilidade de ir parar à cadeia», decidi fazer uma pósgraduação e ensinar Literatura e Estudos de Género a estudantes universitários por todo o país. Pelo caminho não tenho conseguido resistir a experimentar coisas novas – inclusive trabalhar numa escavação arqueológica, servir copos num bar de motards, e fazer tatuagens fabulosas.
Considero tudo isso pesquisa para a minha escrita. Para saciar a minha fome de experiências
novas, morei na Pensilvânia, na Carolina do Norte, e no Sul da Califórnia, e faço tensões de ir deambulando com a minha família para tão longe e com tanta frequência quanto me for possível. Este ano, acho que vou viver na Virgínia.
Peço-vos que ajudem a alimentar o meu vício em conhecer pessoas novas e que me façam uma visita na Internet em: www.melissa-marr.com.

Título: A Bíblia Satânica
Autor: Anton Szandor LaVey
Género: Ensaio / Filosofia
Palavras-Chave: Satanismo, poder, filosofia
Tradutor: Carla Braz e Henrique Pereira
Páginas: 208
Tiragem: 1000
PVP: 17,97€
Data de Lançamento: 24 de Setembro de 2010

Anton LaVey era seguramente um homem muito astuto e uma personalidade muito interessante.
Este livro pode ser um poderoso antídoto para os que nunca leram nada que não fosse mainstream; pode ser uma inspiração para os que procuram o caminho do poder, do controlo, e de outras emoções que geralmente são reprimidas; foge à ideia de violência e loucura dos sacrifícios; e mostra-nos que há uma filosofia subjacente a todo este mediatismo negativo.
A longo prazo, o verdadeiro poder do homem, é forjar a sua própria identidade e filosofia na vida. Assim, este livro trata-se apenas de uma abertura a uma nova escola de pensamento.

Sobre o autor:
Anton Szandor LaVey, (11 de abril de 1930 - 29 de outubro de 1997), foi o fundador Americano e Sumo Sacerdote da Igreja de Satanás, assim como um escritor, ocultista e músico. Ele foi o autor de A Bíblia Satânica e fundador da LaVeyan satanismo, um sistema de síntese da sua compreensão sobre a natureza humana e as ideias de filósofos que defendiam o materialismo e o individualismo, para a qual ele alegou ter inspiração sobrenatural.

Título: Pátria
Autor: R. A. Salvatore
Género: Literatura Fantástica
Palavras-Chave: Fantasia, elfos, épico, trevas, traição, crueldade, jogos de poder
Tradutor: Mário Matos
Páginas: 304
Tiragem: 12.000
PVP: 18,85€
Data de Lançamento: 10 de Setembro de 2010

Chegou a Portugal uma das maiores lendas da fantasia: Drizzt, o elfo negro.
Nas profundezas da terra e rodeada de trevas eternas, esconde-se a imensa cidade proibida de Menzoberranzan. Habitada pelos drows, os temidos elfos negros, Menzoberranzan é governada por um complexo sistema de Casas em constante batalha. No meio de uma dessas batalhas nasce
uma criança com olhos cor púrpura.
A criança, Drizzt Do’Urden, destinada a tornar-se príncipe de uma das Casas, cresce num mundo vil onde a sua própria família não hesita em conspirar, trair e assassinar. Surpreendentemente, Drizzt desenvolve um sentido de honra e justiça completamente estranho à sua cidade. Mas haverá lugar para ele num mundo onde a crueldade é a maior virtude?
Venha descobrir Drizzt, o elfo negro, uma das personagens mais lendárias da fantasia.
E acompanhe-o na épica e intrépida jornada para longe de um mundo onde não tem lugar… em busca de outro, na superfície, onde talvez nunca o aceitem.

Sobre o autor:
R. A. Salvatore é um autor norte-americano conhecido pelos seus romances da série Forgotten Realms e Vector Prime, pertencente à série New Jedi Order do universo Star Wars. O seu primeiro romance, The Crystal Shard, foi publicado em 1988, ao qual se seguiram várias trilogias, alcançando a popularidade com a sua criação de uma das personagens mais famosas da fantasia, o elfo negro Drizzt Do’Urden. R. A. Salvatore vive em Massachusetts, EUA, com a mulher e três filhos.

Título: O Apelo da Lua
Autor: Patricia Briggs
Género: Literatura Fantástica
Palavras-Chave: Lobisomens, vampiros, criaturas sobrenaturais, bruxas, paixão, perigo
Tradutor: Manuel Alberto Vieira
Páginas: 288
Tiragem: 5000
PVP: 17,75 €
Data de Lançamento: 17 de Setembro de 2010

A fantasia urbana tem uma nova heroína: Mercy Thompson. Ela é forte e independente, mas num mundo repleto de perigos, será isso suficiente?
Mercy Thompson é uma talentosa mecânica de automóveis que vive na zona de Washington. Mas ela é muito mais do que isso: também é uma metamorfa com o poder de se transformar num coiote. Como se não chegasse, o seu vizinho é um lobisomem, o seu antigo patrão um gremlin, e neste momento está a reparar a carrinha de um vampiro. Este é o mundo de Mercy Thompson, um que parece igualzinho ao nosso, mas cujas sombras estão repletas de estranhas e perigosas criaturas da noite. E se até agora Mercy sempre viveu bem nesse mundo, aproxima-se o dia em que a sua preocupação vai ser apenas sobreviver…

Sobre o autor:
Patricia Briggs tinha uma vida razoavelmente normal até ter aprendido a ler.
Depois disso, começou a passar as tardes de ócio a voar montada em dragões e à procura de espadas mágicas quando não estava a passear a cavalo nas Montanhas Rochosas. Depois de se ter licenciado em História e Alemão pela Montana State University, passou a dividir o seu tempo
entre a função de professora substituta e a escrita. Patricia Briggs e a sua família vivem no Pacífico Noroeste, e poderá visitar o seu sítio da Internet em www.patriciabriggs.com.

Título: Estrela de Narien - O Renascer Livro II
Autora: Susana Almeida
Género: Jovem Adulto / +14
Palavras-chave: Cavaleiro, Bravura, Honra, Poder, Império, Destino
Páginas: 352
Tiragem: 1200
PVP: 15,80 €
Lançamento: 10 de Setembro

Com a capital do Império tomada pelas forças do mal e Kyran retido para lá das portas da cidade, toda a esperança parece perdida.
Sabendo que tentarão recuperar o controlo da capital a todo o custo, a malévola Étaín recorre, uma vez mais, aos bárbaros Shatrus para impedir a perda da Capital.
Mensageiros partem para os quatro cantos do Império, convocando os seus governadores
para anunciar a morte do Rei e a subida ao trono do seu sucessor. Sob ameaça, os governadores não têm alternativa senão aceitar aquele que Étaín colocou no trono do Império.
Agora, com o Império assegurado, apenas Aheik se atravessa no caminho de Étaín, na busca pela Estrela de Nariën. Disposta a tudo para se apropriar de tal poder, Étaín será mais do que Aheik poderá suportar. E morrerá às suas mãos se não tiver ajuda do seu lado.
É então que um estranho fenómeno tem lugar perante o olhar de duas jovens. A Estrela de Nariën renasce trazendo consigo o poder que Étaín tanto ambiciona.

Título: Alex 9 - A Coroa dos Deuses
Autor: Martin S. Braun
Género: Jovem Adulto / +14
Palavras-chave: Batalhas, impérios medievais, traições, aventura, intriga política, tecnologia futurista, deuses, guerras
Páginas: 304
Tiragem: 1200
PVP: 17,90€
Lançamento: 17 de Setembro

Prepara-te para batalhas épicas de espada em punho e tecnologia de ponta e mergulha numa aventura onde as respostas parecem levar a mais perguntas. Quando se saberá a verdade sobre Alex 9?
“Um livro magnífico, fabuloso!” - Blogue Segredo dos Livros
“Um livro de qualidade superior.” - Livros & Leituras
“Uma história envolvente e original.” -Blogue As Leituras do Corvo

Sobre o autor:
Martin S. Braun nasceu em Lisboa a 5 de Agosto de 1971. Em 1994 ganhou uma menção honrosa no Concurso Nacional de Jovens Criadores, tendo vencido a edição de 1996 do mesmo concurso.
Este prémio levou-o a Turim, onde representou Portugal na Bienal de Jovens Criadores da Europa e do Mediterrâneo de 1997. O seu conto «Mindsweeper» foi publicado em «Contos Inéditos – Selecção dos Concursos Jovens Criadores ‘96», pelo Clube Português de Artes e Ideias em 1996, e foi traduzido e publicado em italiano pela editora Lindau.
Participou ainda nas Bienais de Roma em 1999 e na de Sarajevo em 2001. Entretanto, e em colaboração com a Associação GEIC, criou uma colecção de livros de jovens autores inéditos denominada. O Homem do Saco e onde publicou a sua primeira colectânea de contos, «O Massacre», em 1996. O seu conto O Nome do Rei foi editado na colectânea A República Nunca
Existiu, pela Editora Saída de Emergência.

Novidades Camões & Companhia para Setembro

Título: Titus - O Herdeiro de Gormenghast
Autor: Mervyn Peake
Género: Literatura Contemporânea
Palavras-chave: Literatura inglesa, castelo, loucura, magia, pesadelo
Tradutor: José Manuel Lopes
Páginas: 448
Tiragem: 850
PVP: 18,85 €
Data de lançamento: 24 de Setembro de 2010

No castelo de Gormenghast, uma vasta construção labiríntica e grotesca, nasce Titus, o filho herdeiro de Lorde Sepulchrave. O mundo de Gormenghast é predeterminado por rituais obscurecidos pela passagem do tempo e, ao longo dos corredores sombrios do castelo, a criança encontra algumas das estranhas personagens que irão moldar a sua vida: o taciturno e cadavérico Mr. Flay, o vulgar e obeso Swelter, mas, acima de todos, o ambicioso Steerpike que irá marcar a diferença na sociedade estagnada de Gormenghast com a sua mente maquiavélica e talento para manipulação.
Prepare-se para uma história de vingança, conspiração e violência, mas também
lágrimas e risos, sonhos e desencanto contidos no surreal labirinto de pedra que encerra a vida de Titus.

“Os livros de Peake acrescentam algo de novo às nossas vidas;
oferecem-nos sensações que nunca antes experienciámos, e engrandecem a nossa concepção do mundo.”
— C. S. Lewis

Sobre o autor:
Mervyn Peake nasceu em 1911 em Kuling, no sul da China, onde o seu pai era médico missionário. Alguns meses depois a sua família mudou-se para Tientsin, uma cidade mais a norte. Peake estudou no Tientsin Grammar School e mais tarde em Londres. Durante a Segunda Guerra Mundial, enquanto servia no exército, estabeleceu uma reputação de exímio ilustrador com os desenhos que fez para Ride a Cock Horse (1940), The Hunting of the Snark (1941) e The Rime of the Ancient Mariner (1943). Titus, O Herdeiro de Gormenghast, foi publicado em 1946, seguido por Gormenghast em 1950 e Titus Alone em 1959. Morreu em 1968 sem nunca lhe ter sido reconhecido o génio que hoje é incontestável.

Título: Pôr a Casa em Ordem
Autor: Matt Ruff
Género: Literatura Contemporânea
Palavras-chave: Personalidade múltipla, almas fragmentadas, segredos, crime
Tradutor: Fernanda Semedo
Páginas: 480
Tiragem: 1500
PVP: 23,85 €
Data de Lançamento: 17 de Setembro de 2010

Andy nasceu em 1965 e foi assassinado pouco depois pelo padrasto. Mas não foi um homicídio vulgar. Apesar da tortura que o matou ter sido real, a morte de Andy não o foi. Apenas a sua alma morreu e, quando morreu, quebrou-se em pedaços. Depois os pedaços tornaram-se em almas por si próprias, e co-herdeiras da vida de Andy Gage…
Enquanto Andy lida com o mundo exterior, mais de uma centena de almas partilham uma casa imaginária dentro da sua cabeça, esforçando-se por manter uma existência ordeira: Aaron, a figura paterna; Adam, o adolescente irresponsável; Jake, o rapazinho assustado; tia Sam, a artista; Sefaris, o defensor; e Gideon, que se quer livrar de todos e tomar conta da casa.

Sobre o autor:
Matt Ruff é um escritor norte-americano de thrillers, ficção científica e banda-desenhada.
É o autor dos romances Fool on the Hill e Sewer, Gas & Electric: The Public Sewer Trilogy. O seu terceiro romance Pôr a Casa em Ordem venceu o James Tiptree Jr. Award, o PNBA Book Award e o Washington State Book Award.
Vive em Seattle, Washington.

Novidade Chá das Cinco para Setembro

Título: O Beijo da Noite
Autor: Sherrilyn Kenyon
Género: Literatura Romântica / Paranormal
Palavras-chave: Paixão, vingança, amor eterno, imortalidade
Tradutor: Rita Guerra
Páginas: 304
Tiragem: 10.000
PVP: 18,85€
Data de Lançamento: 10 de Setembro de 2010

Predador da Noite… um guerreiro imortal que entregou a alma a Ártemis por uma oportunidade de vingança contra os seus inimigos. Em troca, jurou passar a eternidade a proteger a humanidade dos daemon e dos vampiros que se alimentam dela.
O Predador da Noite Wulf é um antigo guerreiro viking com um poder útil mas muito irritante: amnésia. Ninguém que o conheça pessoalmente se lembra dele passados cinco minutos. Torna fáceis os engates de uma noite, mas difícil qualquer relacionamento mais sério e, sem encontrar o amor verdadeiro, não poderá recuperar a alma. Depois conheceu Cassandra, a única mulher capaz de se lembrar de si. No entanto, enquanto princesa da raça amaldiçoada que Wulf jurou caçar, ela está-lhe proibida…
Mais uma obra fenomenal que coloca Sherrilyn Kenyon directamente no topo do melhor romance paranormal.

Sobre a autora:
A escritora norte-americana Sherrilyn Kenyon é uma das fundadoras do género do romance paranormal e conhecida pela sua aclamada série Predador da Noite, sobre guerreiros imortais. Publicada em mais de trinta países, e com milhões de cópias vendidas, os seus livros têm presença garantida nos topos de vendas do New York Times, Publishers Weekly e USA Today. Uma autora de culto a nível internacional, escreve também romances históricos com elementos paranormais sob o pseudónimo Kinley MacGregor.
Sherrilyn Kenyon vive em Nashville, Tennessee, com o marido, três filhos e os animais de estimação.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Passatempo Deixa o Grande Mundo Girar de Colum McCann

O blogue Marcador de Livros, em conjunto com a Civilização Editora, tem para oferecer 1 exemplar do livro de Colum McCann, Deixa o Grande Mundo Girar à venda a partir de 7 de Setembro.

Para ganhar este livro basta escrever uma frase com as palavras "romance" e "Civilização" e enviar para o email: marcadordelivros@gmail.com

A frase mais original ganha o livro.

Regras do Passatempo:
- O passatempo decorre até às 23:59 do dia 1 de Setembro.
-
Para participarem terão de elaborar uma frase com as palavras "romance" e "Civilização".
- A frase mais original ganha o livro e o vencedor será avisado por email.

- Só serão permitidas participações a residentes em Portugal e apenas uma por participante e residência.

Civilização publica em Setembro o livro vencedor do National Book Award 2009: Deixa o Grande Mundo Girar, de Colum McCann

Título: Deixa o Grande Mundo Girar
Autor: Colum McCann
Título Original: Let the Great World Spin
Tradução: Helena Lopes
Páginas: 432 pp.
Encadernação: Capa mole
Família: Literatura
Sub-família: Romance
PVP: 17,60 €

Considerado um dos livros mais importantes de 2009, Deixa o Grande Mundo Girar obteve críticas extraordinárias por parte da imprensa internacional.
Comovente e absolutamente excepcional pela sua força, este é um romance que fala sobre as vidas de umas pessoas que se cruzam em Nova Iorque no momento verídico em que Philippe Petit atravessou as Torres Gémeas, em 1974.

Sinopse:
Numa madrugada do final do Verão, os habitantes de Manhattan observam incrédulos e em silêncio as Torres Gémeas. Estamos em Agosto de 1974 e um misterioso funâmbulo corre, dança e salta entre as torres, suspenso a quatrocentos metros do chão. Em baixo, nas ruas da cidade, vidas banais tornam-se extraordinárias através deste retrato impressionante e complexo de
uma cidade e dos seus habitantes.

Sobre o autor:
Colum McCann nasceu em Dublin em 1965. É autor de bestsellers publicados em trinta línguas e ganhou vários prémios literários internacionais. Deixa o Grande Mundo Girar é o seu quinto romance. Escreve para The New Yorker, The New York Times Magazine, The Atlantic Monthly e The Paris Review e é professor no Hunter College MFA Creative Writing Program. Vive em Nova Iorque com a mulher e os três filhos.
Em Maio de 2011, a Civilização vai publicar um livro deste autor, intitulado This Side of Brightness.

Imprensa Internacional:
“Uma proeza emocional […] um dos romances mais profundos e electrizantes que já li.” - The New York Times Book Review
“Um romance de grande êxito – rico, humano, brilhantemente escrito e tão profundo como vasto.” - The Times
“A prosa de McCann pode ter o mesmo efeito que virar uma esquina e encontrar um homem a caminhar entre arranha-céus: pode assombrar e surpreender […] um romance dolorosamente bem escrito […] ficção iluminada de McCann.” - Financial Times
“É um escritor destemido, que experimenta estilos narrativos, saltando de uma história para outra.” - The Daily Telegraph
“McCann reinventou a cidade de Nova Iorque em todo o seu clamor de respirações, lutas, queixumes e alegrias.” - Peter Carey, The Observer Books of the Year


"Criaturas Maravilhosas" de Kami Garcia e Margaret Stohl, a próxima grande aposta da Gailivro.

“Havia uma maldição. Havia uma jovem. E, no final, havia uma sepultura.”

Criaturas Maravilhosas, de Kami Garcia e Margaret Stohl, não perde tempo e vai directo ao coração dos leitores logo na primeira página, com a intensidade e a inteligência de uma moderna história fantástica – uma história de amores cruzados e de um negro e perigoso segredo.

Bestseller do New York Times, aclamado pela crítica e pelo público, com um imenso sucesso internacional, "Criaturas Maravilhosas", segundo a editora, "dá continuidade ao objectivo da editora Gailivro em publicar, no âmbito da Colecção 1001 Mundos, os melhores autores do actual Fantástico, alargando os horizontes de um género que tem cada vez mais seguidores em Portugal".

Com uma inebriante atmosfera gótica, Criaturas Maravilhosas mergulha num mundo de escuridão, magia e mistério que o/a vai tocar profundamente, num misto de sedução e encantamento de que é difícil sair.

Apostado em repetir o êxito alcançado em outros países, Criaturas Maravilhosas está aí e vai ao seu encontro com a força e o charme dos grandes livros – aqueles que ficam para sempre consigo! “Criaturas Maravilhosas” chega às livraria no dia 7 de Setembro.


Civilização publica Pecados e Seduções de John Updike

Título: Pecados e Seduções
Autor: John Updike
Título Original: Villages
Tradução: Isabel Baptista
Páginas: 312 pp.
Encadernação: Capa mole
Família: Literatura
Sub-família: Romance
PVP: 16,60 €

A Civilização publica em Setembro de 2010 o romance de John Updike Pecados e Seduções (título original Villages). Considerado um dos três maiores escritores americanos do século XX e um dos maiores escritores anglo-saxónicos do mesmo século, Updike ganhou dois prémios Pulitzer e vários National Book Awards, tendo sido, no total, vencedor de 29 prémios de literatura. A Civilização volta a publicar o autor da história de Coelho, com mais uma grande crónica da vida americana.


Sinopse:
A história da vida de Owen Mackenzie abunda em pecados e seduções, domesticidade e deboche. O casamento com a sua namorada de liceu, a que logo se segue a sua primeira traição e, mais tarde, uma série de casos. A sua busca pela felicidade, numa sucessão de povoações desde a Pensilvânia até ao Massachusetts, condu-lo à beira do caos, do qual é salvo, mas a salvação
encerra um preço fatal.

Sobre o autor:
John Updike nasceu em 1932, em Shillington, na Pensilvânia. Licenciou-se na Universidade de Harvard em 1954. Trabalhou no The New Yorker nos anos 50, onde publicou poemas, contos, ensaios e recensões. Updike viveu em New England, cenário da maior parte dos seus livros. Os seus romances receberam inúmeros prémios, como o Pulitzer Prize, o National Book Award, o American Book Award e o National Book Critics Circle Award. É autor de uma obra extensa,
que abrange até mesmo crítica literária sobre alguns dos melhores escritores contemporâneos. Falecido em Janeiro de 2009, continua a ser um dos escritores americanos mais importantes e conhecidos, autor de vários livros já publicados em Portugal.

Imprensa Internacional:
“A verdadeira história é uma meditação chocantemente crua da sua vida sexual e interior. Desde Casais Trocados que… não era tão franco, mesmo ginecológico, sobre o sexo.” - THE INDEPENDENT
“Frase a frase, personagem a personagem, tem uma destreza que poucos, ou mesmo alguns, dos seus contemporâneos conseguem igualar. Todas as páginas têm a marca da mestria.” - DAILY TELEGRAPH
“Este livro dá grande prazer. Alguns escritores tornam-se mais aborrecidos com a idade, mas John Updike torna-se mais perspicaz.” - WASHINGTON POST
“Uma das maiores crónicas da vida americana.” - PUBLISHERS WEEKLY

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Porto Editora publica, a 3 de Setembro, O Tempo entre Costuras, de María Dueñas "o grande sucesso da Literatura espanhola depois de Carlos Ruiz Zafón"

Título: O Tempo entre Costuras
Autor: María Dueñas
Tradução: Carlos Romão
N.º de Págs.: 632
Capa: mole
PVP: 18,90 €

A rentrée da Porto Editora vai ficar marcada pela publicação, a 3 de Setembro, de O Tempo entre Costuras, de María Dueñas, o grande sucesso da Literatura espanhola depois de Carlos Ruiz Zafón. Já se vendeu mais de meio milhão de exemplares em Espanha de uma história que também passa por Portugal – mais concretamente pela zona dos antigos armazéns do Chiado.
Doutorada em Filologia Inglesa e Professora Titular da Universidade de Murcia, a espanhola de 45 anos diz que o êxito de O Tempo entre Costuras constituiu «uma surpresa». O livro destronou nomes como Stephenie Meyer, Stieg Larsson e Arturo Pérez-Reverte dos primeiros lugares dos tops de vendas espanhóis. Em curso estão adaptações para as televisões espanhola, australiana e neo-zelandesa. O romance foi comprado por inúmeras editoras prestigiadas em todo o mundo, entre as quais se destaca a norte-americana Simon & Schuster.

Vinda a Portugal
Segundo informações da própria editora, a Porto Editora está a ultimar pormenores relativos à vinda da autora a Portugal, em Outubro, para
contactos com a imprensa.

Sinopse:

O Tempo entre Costuras é a história de Sira Quiroga, uma jovem modista empurrada pelo destino para um arriscado compromisso; sem aviso, os pespontos e alinhavos do seu ofício convertem-se na fachada para missões obscuras que a enleiam num mundo de glamour e paixões, riqueza e miséria mas também de vitórias e derrotas, de conspirações históricas e políticas, de espias.
Um romance de ritmo imparável, costurado de encontros e desencontros, que nos transporta, em descrições fiéis, pelos cenários de uma Madrid pró-Alemanha, dos enclaves de Tânger e Tetuán e de uma Lisboa cosmopolita repleta de oportunistas e refugiados sem rumo.

Sobre a autora:
María Dueñas é doutorada em Filologia Inglesa e Professora Titular da Universidade de Murcia, depois de ter exercido em várias universidades norte-americanas.
É autora de trabalhos académicos e de muitos projectos educativos, culturais e editoriais.
María Dueñas nasceu em Puertollano (Ciudad Real) em 1964, é casada, tem dois filhos e reside em Cartagena.
O Tempo entre Costuras é o seu primeiro romance.

Críticas
E, de repente, um romance como os de antigamente, dos de sempre, dos de quase nunca, dos que prendem – pela sua alma, coração e vida – o leitor e já não o soltam até que o afortunado alcance a última linha. Um romance de verdade, de corpo inteiro, bem estruturado e cimentado, minuciosamente documentado, apaixonante e envolvente. - Fernando Sanchez Drago, El Mundo
Um dos romances mais fascinantes dos últimos anos. Uma enorme surpresa. Atenção a María Dueñas. - Lorenzo Días, escritor e crítico literário
Permitam-me um parêntesis para recomendar um romance com maiúsculas. Fascinante. - Eduardo Torres Dulce. Expansión

Novidades Planeta trazem novo livro Carlos Ruiz Zafón

Para os próximos meses a Planeta aposta em vários nomes da literatura entre eles Carlos Ruiz Zafón,com o livro Marina, que chega já em Setembro. Mas há mais, entre ficção e não ficção, passando pelo policial nórdico,que hão-de marcar o último trimestre de 2010.

Título: Marina
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Género: Literatura
Mês: Setembro
Marina é um dos livros favoritos de Zafón. Trata-se da obra que precedeu o bestseller A Sombra do Vento e, tal como esse, está ambientado na cidade de Barcelona dos anos 70 e 80.

Título: Múltipla Escolha
Autor: Lya Luft
Género: Literatura / Contos
Mês: Outubro
Múltipla Escolha surge na sequência de Perdas e Ganhos, (mais de 700 mil exemplares vendidos no Brasil e presença durante mais de 50 semanas no top dos mais vendidos). Múltipla Escolha é um ensaio sobre vários temas que afectam a sociedade actual. Escrito num registo informal, a autora, uma das mais lidas no Brasil, reflecte e convida o leitor a reflectir sobre questões importantes como a insegurança, a família, as pressões sociais, etc.

Título: Aurora Boreal
Autor: Asa Larsson
Género: Policial
Mês: Outubro
Na linha de Stieg Larsson, Asa Larsson estreia-se entre nós com um policial que já vendeu mais de um milhão de exemplares (só na Suécia) e está publicado em mais de 16 línguas. Venceu o Prémio para Melhor Estreia no Romance Policial (Associação Sueca de Escritores de Romance Policial) e o Prémio Melhor Policial Sueco.

Título: Anjo Caído
Autor: Lauren Kate
Género: Fantasia / Juvenil
Mês: Outubro
Direitos vendidos para a Disney (adaptação ao grande ecrã). Anjo Caído, que chega com a promessa de alcançar o sucesso da saga Crepúsculo, é um romance sobre o amor entre anjos e humanos e outras criaturas sobrenaturais. Vendido para mais 20 países, Anjo Caído é bestseller do New York Times e considerado pela Publishers Weekly uma das estreias mais promissoras.

Título: Julieta
Autor: Anne Fortier
Género: Literatura
Mês: Outubro
Romance sobre uma jovem que descobre ser descendente do casal que inspirou uma das mais populares e trágicas histórias de amor de todos os tempos, a de Romeu e Julieta. "Uma estreia fabulosa", diz a Publishers Weekly. Direitos para filme adquiridos pela Universal Pictures.

Título: Nicolau Breyner - É melhor ser alegre que ser triste
Autor: Sara Adamapoulos
Género: Biografia / Não ficção
Mês: Outubro
Extratextos. Fotos inéditas. Vida e obra de um dos nomes maiores das artes e dos espectáculos em Portugal.

Título: Os Mágicos
Autor: Lev Grossman
Género: Fantasia
Mês: Novembro
Os Mágicos é da autoria de Lev Grossman, autor do bestseller internacional Codex. Embora remeta para o universo de fantasia de Harry Poter, Os Mágicos é, na verdade, uma fábula sobre o amadurecimento. Como diz George R.R. Martin, autor da série A Song of Ice and Fire, "Os Mágicos está para Harry Poter como uma dose de isquei irlandês está para um copo de água pura".

Título: O Palestiniano
Autor: António Salas
Género: Testemunho / Não ficção
Mês: Novembro
Resultado de uma perigosa investigação, O Palestiniano relata a experiência de António Salas (jornalista) no seio de redes internacionais de terrorismo. Salas aprendeu árabe, converteu-se ao islamismo, assumiu a identidade de um muçulmano durante 6 anos e os seus testemunhos ajudaram entretanto a desmantelar alguns movimentos terroristas.

Título: Um Longo Caminho para a Liberdade
Autor: Nelson Mandela
Género: Testemunho / Não ficção
Mês: Novembro
Autobiografia de uma das figuras mais emblemáticas do século XX. Trata-se de uma narrativa épica de luta, contrariedades e esperança renovada. Eis, portanto, "o testemunho de um herói contemporâneo que tornou possível o milagre da reconciliação de uma nação." Newskeek

Civilização lança do livro Clarice Lispector - uma Vida

Título: Clarice Lispector – Uma Vida
Autor: Benjamin Moser
Título Original: Why This World
Tradução: Maria Beatriz Sequeira
Páginas: 664
Encadernação: Capa mole
Família: Literatura
Sub-família: Biografias e Memórias
PVP: 20,99 €

A Civilização publica em Setembro de 2010 a biografia de uma das melhores autoras do Brasil: Clarice Lispector. Clarice Lispector - Uma Vida (título original Why This World), da autoria de Benjamin Moser, foi distinguido como o New York Times Notable Book de 2009 e foi finalista do National Book Critics
Circle Award Amazon.com na categoria Best of the Month em Agosto de 2009.
Clarice Lispector - Uma Vida foi também favorito na categoria de não-ficção em 2009 do Los Angeles Times, além de ter sido considerado o Best of 2009 da Barnes & Noble Editors’ Choice.
Benjamin Moser vem a Lisboa em Setembro 2010 para divulgar esta notável biografia que conta a história da vida da Clarice Lispector desde o seu nascimento, na Ucrânia (durante a guerra), a sua vida cosmopolita como autora e mulher de diplomata, bem como o seu fim trágico.
Benjamin Moser nasceu em 1976 em Houston, Estados Unidos da América. Escreve a coluna New Books da Harper’s Magazine e é um colaborador regular da The New Yorker Review of Books. O seu trabalho apareceu em muitas publicações por todo o mundo, incluindo Condé Nast Traveler, Newsweek e American Scholar, e publicou traduções de holandês, espanhol, francês e português. Moser vive actualmente na Holanda.
O site oficial do autor é: http://www.benmoser.com/

Sinopse
Nascida em 1920, numa Ucrânia devastada pelo rescaldo da Primeira Guerra Mundial, vendo a família levada para um país distante pelos terríveis pogroms que mataram a mãe e arruinaram o pai, Clarice Lispector triunfou sobre as suas origens para se tornar, quase desde a adolescência, uma pessoa cuja beleza, génio e excentricidade intrigaram os escritores e artistas do Brasil.
Clarice Lispector - Uma Vida conta como uma rapariga precoce, depois de um longo exílio no estrangeiro e de difíceis lutas pessoais, se tornou uma grande escritora e mostra, pela primeira vez, as profundas raízes da mística tradição judaica que fizeram dela a verdadeira herdeira de Kafka.
Atravessando o mundo, da Ucrânia ao Brasil, de Nápoles, Berna e Washington ao Rio de Janeiro, Clarice Lispector - Uma Vida mostra como Clarice Lispector transformou as lutas de uma mulher em obras de arte de carácter universal.

Imprensa Internacional
Moser permite que Lispector permaneça uma mulher de assombrosas contradições e desvenda um complexo retrato de uma artista com um sentido estético e uma criatividade muito à frente do seu tempo…
As intersecções de factos e ficção, vida e literatura, são habilmente afastados por este biógrafo sensível e inteligente.
Rigoberto González, National Book Critics Circle Finalist Nomination [Clarice Lispector] ainda tem de conquistar o lugar que lhe compete nos cânones literários. A biografia de Benjamin Moser, viva, ardente e intelectualmente rigorosa, promete emendar esta falha. - New York Times
Uma biografia digna do seu grandioso sujeito… Uma das escritoras mais misteriosas do século XX é finalmente revelada com as suas cores vibrantes. - Orhan Pamuk
Viva, ardente e intelectualmente rigorosa. - The New York Times Book Review
Com uma pesquisa meticulosa... Bem escrito e notável... Moser é impressionante. - New York Review of Books
Louvores para a tradução brasileira: “Os melhores livros de 2009”, O Globo
Cosac Naify, 2009

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

A menina que não sabia ler - John Harding [Opinião]

-->
Título: A menina que não sabia ler
Autor: John Harding
N.º de Páginas: 288
Editora: Livros d'Hoje
Colecção: Ficção Clássica
Ano de Edição: 2010
PVP: 14€

1891. Nova Inglaterra. Numa mansão distante e decadente, onde nada é o que parece, dois irmãos são deixados à mercê de criados e regras ditadas por um tio negligente. A jovem Florence, de apenas 12 anos, passa os dias a tomar conta do seu irmão mais novo Giles e a deambular pelos corredores, numa rotina entediante e desinteressante. Até que, um dia, a menina encontra na mansão um lugar proibido: uma biblioteca fechada e empoeirada, pela qual se apaixona. Mas naquela casa existem segredos sombrios que não deveriam ser revelados. Porque é que Florence sonha sempre com uma mulher misteriosa que insiste em ameaçar o seu irmão? Que segredo esconde a nova preceptora e porque Florence tem dela um medo sobrenatural? E porque é que o seu tio não permite que ela aprenda a ler? Florence precisa de encontrar muitas respostas – sejam elas inventadas ou não, e soluções nem sempre fáceis para proteger Giles, e o seu amor pelos livros, antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas daquele mundo literário.

A minha opinião:
Florence é inteligente, solitária e amante de livros. Giles, seu meio-irmão, é ingénuo, influenciável e muito imaturo. Estas duas crianças estão sozinhas, praticamente abandonadas à sua sorte e cuidadas por criados que pouco conhecem a história da sua família.
A única ordem que os criados têm é de não ensinar Florence a ler, pedido esse feito pelo seu tutor, um tio que a criança nunca conheceu.
No entanto, a curiosidade da jovem Florence pelo conhecimento leva-a a descobrir a biblioteca existente na casa onde vive e acaba por aprender a ler sozinha, enredando-se no mundo maravilhoso dos livros, conhecendo Poe, Shakespeare, Walter Scott, Janes Austen, Dickens, Withman... Aí se isola e passa a maior parte do dia, sobretudo quando Giles é enviado para um colégio interno.
Porém, o seu meio-irmão regressa a casa pouco tempo depois, por não se adaptar ao ensino e aos seus colegas. É aí que surge uma preceptora nas suas vidas. A primeira morre afogada, mas logo surge uma segunda, Miss Taylor, bastante misteriosa que deixa aterrada Florence que começa a descobrir muitas coisas a seu respeito.
Uma delas é o seu desejo de desaparecer com Giles. Será que o mundo que vive nos livros passou para a sua realidade? Ou será que a própria Florence se está a deixar influenciar pelas histórias que lê diariamente? Um livro espantoso que nos deixa enredados na trama de John Harding. Fenomenal!