sexta-feira, 22 de abril de 2011

Em Abril na Guerra & Paz

Em Abril, a Guerra & Paz lança três novos livros. O destaque vai para Papisa Joana, o clássico assinado por Lawrence Durrell.

Lawrence Durrell é um dos gigantes da literatura do século XX. Ficou fascinado pela figura da Papisa Joana, romance de que fez uma magnífica adaptação. Pode uma mulher ser Papa? Esta é a insólita história de uma jovem mulher que viaja pela Europa do século IX disfarçada de monge e acaba a comandar a cristandade durante dois anos como Papa João VIII. A revista Spectator considerou Papisa Joana uma «sátira acutilante e divertida».

Quem mata? Porque é que alguém mata? Todos os dias sabemos de crimes violentos e incompreensíveis. Em Profiler, conhecemos alguns dos casos mais fascinantes e misteriosos que Pat Brown investigou, revelando os perfis das vítimas e os retratos psicológicos dos assassinos.
A autora é uma das poucas mulheres profilers no universo criminal. O seu trabalho de investigação com a polícia e com as famílias das vítimas consiste na análise de elementos físicos e comportamentais para determinar quem cometeu os crimes.

Início do século XX, Lourenço Marques. De um lado, um inventor que revoluciona a vida na colónia; do outro, uma mulher de reputação duvidosa e coração imenso. Segundo romance de Joaquim de Oliveira Ribeiro, Correntes do Índico conta a saga de uma família que viajou das Ilhas Maurícias até Lourenço Marques, revelando a singularidades dos seus membros. Louis Baldini Vissenjou é um ilustre e esquecido inventor que cria a máquina de descasque industrial da castanha de caju. Madame Félix é mulher de espírito inquieto e idade indefinida. Baseado em personagens e histórias reais, este é um livro em que o real e o onírico têm um encontro feliz.

Campanha presença para o Dia da Mãe

Presença: Últimas Novidades de Abril a -10%

Título: É um livro
Autor: Lane Smith
P.V.P.: 8,01 €
Colecção: Diversos
Nº na Colecção: 114
Data 1ª Edição: 19/04/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4518-7
Nº de Páginas: 40

Sinopse: «Envia mensagens? Faz blogues? Sobe e desce o texto? Tem Wi-Fi? Tuíta?
Não... é um livro.»

Uma história divertida e irónica, sobre os prós e os contras de dois tipos de tecnologias - quase duas formas diferentes de ver o mundo - contada através da interacção de duas personagens inesquecíveis. Recomendado para todas as idades.

Título: O Castelo dos Pirenéus
Autor: Jostein Gaarder
P.V.P.: 12,51 €
Colecção: Grandes Narrativas
Nº na Colecção: 498
Data 1ª Edição: 19/04/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4523-1
Nº de Páginas: 176

Sinopse: Depois de trinta anos sem se verem, Solrun e Steinn reencontram-se, inesperadamente, no mesmo hotel onde viveram um amor apaixonado. Mas esse mesmo hotel, que em tempos testemunhara a força do seu amor, esconde também o mistério que envolveu o seu fim. Regressados às suas vidas presentes, os dois iniciam uma intensa e secreta troca de emails que volta a incendiar a antiga paixão, fazendo-os questionar os seus casamentos. Um romance fascinante que nos leva a reflectir sobre a natureza da fé, do acaso, do universo e de tudo o que nele existe.

Título: O Regresso dos Deuses - Rebelião
Autor: Pedro Ventura
P.V.P.: 17,01 €
Colecção: Via Láctea
Nº na Colecção: 95
Data 1ª Edição: 19/04/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4516-3
Nº de Páginas: 392

Sinopse: Após um longo sono de várias décadas, Calédra, a bela guerreira aurabrana, desperta subitamente para uma realidade que lhe é estranha, um tempo que não é o seu. Antiga rainha dos aurabranos, Calédra está destinada a protagonizar uma missão quase impossível - salvar o mundo e os humanos da crescente ameaça do domínio Holkan. Ao longo desta saga extraordinária, são muitos os aliados que Calédra vai encontrando, e muitas as vezes em que enfrenta inimigos terríveis e se vê às portas da morte. Mas o seu espírito inquebrantável promete dar luta aos seus inimigos e cativar-nos desde logo, levando-nos a ler com insaciável voracidade as páginas deste épico vibrante.

Título: Justin Bieber
Autor: Chas Newkey-Burden
P.V.P.: 11,61 €
Colecção: Vidas d´Escritas
Nº na Colecção: 17
Data 1ª Edição: 19/04/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4530-9
Nº de Páginas: 160

Sinopse: Tem 17 anos, já vendeu mais de 2 milhões de álbuns e é adorado por adolescentes de todo o mundo. Quando os seus primeiros vídeos aparecerem no YouTube, ninguém imaginava que Justin Bieber, então com apenas 13 anos, iria transformar-se num dos maiores fenómenos da cultura pop dos últimos tempos. Neste livro, Chas Newkey-Burden traça o percurso do jovem ídolo, revelando a sua história inspiradora às legiões de fãs que seguem com devoção todos os seus passos.

Título: A Mala Assombrada
Autor: David Machado
P.V.P.: 11,25 €
Colecção: Diversos
Nº na Colecção: 115
Data 1ª Edição: 19/04/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4521-7
Nº de Páginas: 72

Sinopse: Dragões e ladrões, tempestades, aranhas e leões:
o meu irmão não tem medo de nada.
E ele só tem cinco anos.
(Eu tenho nove. E assusto-me com tudo.)

Levei a mala para a casa, mostrei-lha e disse-lhe:
«Há um fantasma dentro desta mala.»
«Há?», perguntou o meu irmão.
«Há», repeti eu. «O Fantasma do Casarão.»


Um conto cheio de magia para leitores infantis, que encanta da primeira à última página, contado com um humor cheio de subtileza.

Título: Henriqueta, a Grande Vedeta
Autor: Martine Murray
P.V.P.: 6,75 €
Nº na Colecção: 2
Data 1ª Edição: 19/04/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4485-2
Nº de Páginas: 104

Sinopse: «Olá! Sou eu, a Henriqueta. Já me deves conhecer do meu primeiro livro - Henriqueta - A Melhor do Planeta. E também já deves saber que tenho um irmão ainda bebé, o Alberto, que está sempre a babar-se, e uma grande amiga, a Olívia Inácio, que adora picles. Mas agora temos um grande problema. A Riqueta, uma criatura muito especial, que parece uma galinha, tem umas manchas avermelhadas e é muito marota, está triste porque está perdida e precisa de um sítio para morar. Temos arranjar rapidamente uma casa para a Riqueta! Queres vir ajudar-nos?»

Título: Henriqueta e a carta secreta
Autor: Martine Murray
P.V.P.: 6,75 €
Nº na Colecção: 3
Data 1ª Edição: 19/04/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4486-9
Nº de Páginas: 104

Sinopse: «Eu sou a Henriqueta, e estou a ouvir uns barulhos muito estranhos debaixo da minha cama. Será um crocodilo? Um rinoceronte? Um monstro perigoso? O que poderá ser? Espreito com muito cuidado e… Ah! é uma criaturinha minúscula, com asas e uma cara sorridente e cintilante. Uma pequena fada! Mas o que fará ela debaixo da minha cama? Queres vir comigo descobrir o plano da pequena fada Amélia? Esperam-nos grandes aventuras!»

Título: O Claustro do Silêncio
Autor: Luís Rosa
P.V.P.: 13,60 €
Relançamento
Colecção: Grandes Narrativas
Nº na Colecção: 176
Data 1ª Edição: 12/07/2002
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-2902-6
Nº de Páginas: 224

Sinopse: O Claustro do Silêncio, a estreia na ficção de Luis Rosa, foi uma obra galardoada por unanimidade com o Prémio Vergílio Ferreira e constituiu uma verdadeira revelação. Luis Rosa surge como um mestre na arte de recriar o tempo histórico no seu universo próprio, que apela a todos os nossos sentidos e a que as mentalidades da época conferem realidade. Do fragor das batalhas aos ecos dos claustros do icónico Mosteiro de Alcobaça, encontramo-nos no conturbado contexto do final das Invasões Francesas e da extinção do Império Cisterciense. Uma belíssima obra literária.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Luís Miguel Rocha apresenta A Mentira Sagrada na livraria Leitura

O escritor Luís Miguel Rocha vai estar na livraria Leitura books & living Shopping Cidade do Porto, esta sexta-feira, 22 de Abril, às 18h30, para a apresentação do seu novo romance, A Mentira Sagrada, um livro com a chancela da Porto Editora.
Os seus títulos anteriores, O Último Papa e Bala Santa, foram ambos bestsellers e o seu novo livro, publicado em 22 países, é o primeiro de um autor português a entrar para o top de vendas do New York Times – país em que foi lançado o mês passado, pela Putnam.
“O Vaticano que se cuide! Este livro é imperdível”, garante o reputado escritor e ensaísta, Eric Frattini. Afinal, A Mentira Sagrada levanta questões polémicas sobre a origem, a vida e a morte de Jesus, inclusive sobre quem ordenou a sua crucificação, mas também sobre os segredos da Igreja e do Vaticano.

Luís Miguel Rocha nasceu no Porto em 1976 e passou a infância e adolescência em Viana do Castelo. Actualmente, dedica-se em exclusivo à escrita. Os seus livros anteriores foram:

O Último Papa (2006) Saída de Emergência (Brasil, China, Croácia, Alemanha, Grécia, Hungria, Itália, Japão, Holanda, Polónia, Roménia, Rússia, Espanha, Turquia, Reino Unido, Irlanda, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, Canadá, Estados Unidos da América)
A Bala Santa (2007) Cavalo de Ferro (Paralelo 40) (Itália, Polónia, Roménia, Reino Unido, Irlanda, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, Estados Unidos da América, Canadá).

terça-feira, 19 de abril de 2011

Amanhã... Tertúlia sobre novos autores portugueses na Bulhosa

Os escritores Afonso Cruz, João Tordo, Pedro Vieira e David Machado vão estar na livraria Bulhosa de Campo de Ourique, amanhã, quarta-feira, 20 de Abril, às 18h30, para mais uma tertúlia Conversas de Bairro.
“Os novos autores portugueses” é o mote para esta conversa conduzida por Sérgio Lavos, livreiro e blogger do Arrastão.

Afonso Cruz nasceu em 1971 na Figueira da Foz e estudou nas Belas Artes de Lisboa, no Instituto Superior de Artes Plásticas da Madeira e na António Arroio. É escritor, músico, cineasta e ilustrador. Escreveu cinco livros: A Carne de Deus (Bertrand), Enciclopédia da Estória Universal (Quetzal – Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco 2010), Os Livros Que Devoraram o Meu Pai (Caminho – Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2009), A Contradição Humana (Caminho – Prémio Autores 2011 SPA/RTP) e A Boneca de Kokoschka (Quetzal). Ilustrou, desde 2007, cerca de trinta livros para crianças, trabalhando com autores como José Jorge Letria, António Torrado, Alice Vieira. O livro Bichos Diversos em Versos foi seleccionado pela Biblioteca Internacional de Juventude /White Ravens 2010 e Galileu à Luz de uma Estrela ganhou o Prémio Ler/Booktailors 2011 - Melhor Ilustração Original.
João Tordo nasceu em Lisboa a 28 de Agosto de 1975, filho do cantor Fernando Tordo e de Isabel Branco, ligada ao cinema e mais tarde à moda. Formou-se em Filosofia e estudou Jornalismo e Escrita Criativa em Londres e Nova Iorque. Trabalha como guionista, depois de ter passado pelo jornalismo, tendo publicado, entre outros, n' O Independente, Sábado, Jornal de Letras, ELLE e a revista Egoísta. Escreveu, em parceria, o guião para a longa-metragem “Amália, a Voz do Povo” (2008). Foi vencedor do prémio Jovens Criadores em 2001. Publicou quatro romances, O Livro dos Homens Sem Luz, Hotel Memória, As Três Vidas (vencedor do Prémio José Saramago 2009) e O Bom Inverno, o seu último romance que tem a chancela da Dom Quixote.
Pedro Vieira nasceu em Lisboa em 1975, cidade onde reside. Licenciado em Publicidade e Marketing pela Escola Superior de Comunicação Social, trabalha como criativo no Canal Q das Produções Fictícias, sendo actualmente um dos responsáveis pelo programa “Ah, a Literatura!”. Trabalhou como livreiro nos grupos Almedina e Bulhosa Livreiros e como designer no Centro Cultural Olga Cadaval. Fez formação adicional na área de ilustração, que exerce em regime freelance, em cursos promovidos pela Ar.Co e pela Fundação Calouste Gulbenkian. É ilustrador residente da revista Ler. Blogger indefectível, criou o Irmaolucia e é co-autor do Arrastão.
David Machado nasceu em Lisboa em 1978. É autor do romance O Fabuloso Teatro do Gigante e do livro de contos Histórias Impossíveis. Em 2005 o seu conto infantil A Noite dos Animais Inventados recebeu o Prémio Branquinho da Fonseca, da Fundação Calouste Gulbenkian e do Jornal Expresso, e desde então publicou mais três contos para crianças: Os Quatro Comandantes da Cama Voadora, Um Homem Verde Num Buraco Muito Fundo e O Tubarão na Banheira, distinguido com o Prémio Autor SPA/RTP 2010 de Melhor Livro Infanto-Juvenil. Tem livros publicados em Itália e Marrocos e contos presentes em antologias e revistas literárias em Itália, Alemanha, Noruega, Reino Unido, Islândia e Marrocos. Traduziu os livros O Herói das Mulheres, de Adolfo Bioy Casares e Obrigada Pelo Lume, de Mario Benedetti.

Novidade Planeta: A Favorita do Rei

Título: A Favorita do Rei
Autor: Sandra Worth
PVP: 19,95€
N.º de Páginas:392
Tradução: Maria Filomena Duarte
Disponível desde 13 de Abril


Sinopse:

Ferozmente dedicada ao pai adorado e ao rei, Isabel de York, de dezassete anos, acredita que ele quis deixar a Inglaterra nas mãos de um dirigente justo e meritório. Como o jovem sucessor não está pronto para reinar, o poder passa para o tio de Isabel, Ricardo de Gloucester – um homem no qual a mãe nunca confiou. Pouco depois, Isabel receia que a sua própria confiança não se justifique. Após a subida de Ricardo ao trono, a família dela sofre desaires sucessivos e devastadores: o pai, já falecido, é exposto como um bígamo; ela e os irmãos são estigmatizados como bastardos; e os irmãos são presos pelo novo rei e, segundo consta, assassinados. Como pôde o pai acreditar num homem capaz de tamanha perfídia?

Mas numa noite fatídica, Isabel é levada a questionar todos os seus preconceitos. Através dos olhos da rainha consorte de Ricardo, que está doente, ela vê um homem digno de respeito e de uma adoração eterna. A dedicação dele ao povo inspira um amor proibido e acaba por dar a Isabel coragem para aceitar o seu destino, casar com Henrique Tudor e ser rainha.

Embora a sua alma pertença secretamente a outro, o seu coração pertence para sempre à Inglaterra...

Sobre a autora:
Sandra Worth é a autora premiada de quatro romances históricos anteriores. Faz palestras frequentes sobre as Guerras das Rosas e a sua obra tem sido publicada em revistas ricardianas nos Estados Unidos e em Inglaterra. Vive no Texas. Para saber mais sobre a vasta obra de Sandra Worth, visite a sua página oficial: www.sandraworth.com

Novidade Antígona: Ondina, de La Motte-Fouqué

Título: Ondina
Autor: La Motte-Fouqué
Tradução:
Manuela Gomes
Prefácio: Teolinda Gersão
N.º de Páginas: 196
PVP: €15,00
À venda nas livrarias a partir de 26 de Abril

«Que adorável poema é Ondina!

Este poema é, ele próprio, um beijo.»
HEINRICH HEINE

Na vasta obra de La Motte-Fouqué (1777-1843), que inclui desde poesia de inspiração diversa a contos, narrativas, romances e teatro, destaca-se Ondina – o conto maravilhoso agora publicado pela Antígona. Um dos textos mais lidos e celebrados no seu tempo, Ondina (1811) é a reactualização de um mito – o da ninfa e espírito das águas que abandona o seu admirável mundo subaquático, onde árvores de coral resplandecem com frutos azuis, e parte em busca de uma alma humana.
Elogiada por Heine e Poe, a obra Ondina exerceu um genuíno fascínio sobre os leitores no período romântico, pela mestria literária, pelos novos moldes a que a matéria mitológica foi sujeita e pelos temas intemporais: Ondina como metáfora da condição do Homem, como ser imperfeito e condenado à errância, dissolvendo-se simbolicamente nas águas ou perdendo-se no vento.
Como obra intemporal, o legado de Ondina reflectiu-se no campo literário (por exemplo, n’ A Sereiazinha, de Hans Christian Andersen, e em Ondine, de Jean Giraudoux) e em várias expressões artísticas, da ópera e do bailado (Undine, de E.T.A. Hoffmann) ao cinema, destacando-se recentemente Ondine, o filme de Neil Jordan.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Arturo Pérez-Reverte em Lisboa

Título: O Assédio
Editora: ASA
N.º Páginas: 672
Preço: 18,90€
1ª Edição: Abril de 2011


Sinopse:
Cádis,1811. Nas ruas da mais liberal cidade europeia trava-se uma batalha muito singular. Jovens mulheres são encontradas mortas. E em cada lugar, momentos antes da descoberta do cadáver, explode uma bomba francesa. Estes acontecimentos traçam um estranho mapa sobre a cidade: um complexo tabuleiro de xadrez em que a mão de um misterioso jogador – um assassino impiedoso, o acaso, a direcção do vento, o cálculo das probabilidades – move as peças que determinam o destino dos protagonistas. Enredados neste enigmático jogo estão um polícia corrupto, a herdeira de um império comercial, um corsário sem escrúpulos, um taxidermista misantropo e espião, um guerrilheiro bondoso e um excêntrico artilheiro francês. O Assédio reconstrói a extraordinária pulsação de um mundo de oportunidades perdidas. Retrata o fim de uma era e um grupo de personagens condenadas pela História, sentenciadas a levar uma vida que, tal como a cidade que os alberga – uma Cádis equívoca, enigmática e contraditória –, nunca mais será a mesma.


Sobre o autor:
Arturo Pérez-Reverte nasceu em Cartagena (Espanha), em 1951. Depois de ter feito carreira como jornalista, nomeadamente como repórter de guerra, dedicou-se à escrita de romances e tornou-se no autor espanhol mais lido no mundo, estando já traduzido em 34 idiomas. É autor de uma extensa obra, com frequência adaptada ao cinema. Desde 2003 é membro da Real Academia Espanhola. Entre as suas obras destacam-se O Mestre de Esgrima, O Cemitério dos Barcos Sem Nome, A Rainha do Sul, O Hussardo, O Pintor de Batalhas, Um Dia de Cólera e A Tábua de Flandres. Em 2006, a ASA deu início à consagrada série “As Aventuras do Capitão Alatriste”.
Mais informações sobre Arturo Pérez-Reverte em www.perezreverte.com.


O Arturo Pérez-Reverte estará em Lisboa, nos próximos dias 2 e 3 de Maio.

20 de Abril: Ricardo Pais apresenta Contra a Literatice e Afins

Dorothy Koomson regressa com "Amor e chocolate"

Títulos: Amor e chocolate
Coleção: Dorothy Koomson
Tradução: Irene Ramalho
Págs: 416
Capa: mole com badanas
PVP: 16,60 €

No dia 28 de Abril, primeiro dia da Feira do Livro de Lisboa, a Porto Editora publica um novo romance de Dorothy Koomson – o sexto editado em Portugal –, intitulado Amor e chocolate. Depois do enorme sucesso de A filha da minha melhor amiga (12.ª edição, mais de 80 mil exemplares vendidos), Dorothy Koomson tornou-se numa das autoras mais queridas das leitoras portuguesas.
Em Amor e chocolate revisitamos o melhor do drama emocional que partilhámos em A filha da minha melhor amiga, mas no registo mais jovial que conhecemos em O amor está no ar. Este novo romance da escritora aborda de forma simultaneamente divertida e comovente uma dolorosa escolha entre a lealdade a uma amiga e o amor por um homem. O melhor de Dorothy Koomson e, seguramente, mais um caso de sucesso em Portugal.
Amor e chocolate vai estar em destaque na Feira do Livro de Lisboa.

O enredo:

Uma história deliciosa de amor, luxúria e chocolate.
Amber Salpone não queria sentir-se atraída pelo amigo Greg Walterson, mas não consegue evitar. E, de cada vez que a atração se concretiza em algo mais, a aventura secreta fica mais perto de se tornar numa relação séria, o que, sendo ele um mulherengo e tendo ela fobia ao compromisso, constitui um grande problema.
Enquanto Amber luta para aceitar o que passou a sentir por Greg, apercebe-se também de que ela e Jen, a sua melhor amiga, estão cada vez mais afastadas. Pouco a pouco, à medida que as duras verdades das vidas de todos vão sendo reveladas, Amber tem de enfrentar

Sobre a autora:
Apaixonada desde sempre pela palavra escrita, Dorothy Koomson escreveu o seu primeiro romance aos 13 anos. A filha da minha melhor amiga foi o seu livro de estreia em Portugal. A história comovente de duas amigas separadas pela mentira e unidas por uma criança encantou os leitores portugueses. Pedaços de ternura, Bons sonhos, meu amor, O amor está no ar e Um erro inocente foram igualmente bem-sucedidos, consagrando a autora como
uma referência para as leitoras portuguesas.
Descubra mais em: www.dorothykoomson.co.uk

A Mentira Sagrada - Luís Miguel Rocha [Opinião]


Título: A Mentira Sagrada
Autor: Luís Miguel Rocha
Págs: 406
Capa: mole com badanas
PVP: 17,50 €

O enredo:
Será que Jesus foi mesmo crucificado? Terá tudo acontecido como a Bíblia descreve? Na noite da sua eleição para o Trono de São Pedro, o Papa Bento XVI, como todos os seus antecessores, tem de ler um documento antigo que esconde o segredo mais bem guardado da História – a Mentira Sagrada.
Em Londres, um Evangelho misterioso na posse de um milionário israelita contém informações sobre esse segredo. Se cair nas mãos erradas pode revelar ao mundo uma verdade chocante.
Rafael, um agente do Vaticano, é enviado para investigar o Evangelho… e descobre algo que pode abalar não só a sua fé mas também os pilares da Igreja Católica.

Que segredos guardará o Papa? E que verdade esconde o misterioso Evangelho?

Este é o mote deste livro. O Papa Bento XVI toma posse e é-lhe entregue uma carta. Um escrito que passa de Papado em Papado e só o Sumo Pontifício pode ler.
A minha opinião:
Luís Miguel Rocha centra a narrativa na noite de eleição do Papa Bento XVI, em que este, como todos os seus antecessores, tem de ler um manuscrito antigo, que revela um segredo muito bem guardado.
Por outro lado, o autor coloca-nos em Londres, ao lado de Ben Isaac, um milionário Israelita, responsável por proteger dois pergaminhos encontrados no vale de Qumran há 50 anos.
A morte de quatro dos cinco cavalheiros do Stato Quo, investigadores que validaram as descobertas de 1946 no vale de Qurman e assinaram um voto de silêncio que nunca foi quebrado e o rapto do filho de Ben Isaac leva novamente a intervir a já conhecida jornalista luso-britânica, dos thrillers de Luís Miguel Rocha, Sarah e o padre Rafael, que seguem no encalço dos assassinos, assim como no impedimento da revelação do segredo.
Um dos secretos documentos que Ben Isaac protege é o Evangelho de Jesus e o outro coloca Ieshua bem Joseph em Roma, na era de Cláudio, no ano de 45 d. C. pondo em causa a crucificação de Cristo.
Esta é uma obra novamente polémica, à semelhança das obras anteriores: Bala Santa e O Último Papa, mostrando algumas contradições na Bíblia obrigando, mais uma vez, o leitor a questionar-se sobre determinados assuntos.