sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Disponível excerto de "A Dança dos Dragões"

Palavras para quê?
Trata-se “apenas” do livro mais aguardado dos últimos 3 anos.Para quem quiser começar já a espreitar o que se irá passar, basta dar uma vista de olhos em:

http://www.saidadeemergencia.com/index.php?page=Articles.ArticleView&article_id=999

Novidades Presença para a 2.ª quinzena de Agosto

Título: O Canto do Anjo
Autor: Richard Harvell
P.V.P.: 17,90 €
Colecção: Grandes Narrativas
Nº na Colecção: 511
Data 1ª Edição: 17/08/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4602-3
Nº de Páginas: 432
Sinopse: Quando Moses Forben, soprano conhecido como Lo Svizzero, morre, é encontrado no seu espólio um maço de papéis onde o cantor da voz de anjo conta a sua atribulada vida. A narrativa na primeira pessoa dá conta da infância miserável nos Alpes suíços até à participação, em Viena, na ópera de Gluck, Orfeo ed Eridice, em 1762 - facto histórico que aqui coincide com o clímax do enredo ficcional. Richard Harvell escreve num impressionante registo que nos transmite a vibração da infinidade de sons que o seu personagem distingue e reproduz com a voz, e recria o grau de melodramatismo que é parte da ópera na sua essência.

Título: A Resistência
Autor: Gemma Malley
P.V.P.: 14,31 €
Colecção: Noites Claras
Nº na Colecção: 11
Data 1ª Edição: 17/08/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4583-5
Nº de Páginas: 320
Sinopse: A Resistência é a obra que vem dar continuidade a O Pacto - o Crime de Ter Nascido, que a Presença publicou também nesta coleção. Continuamos no ano de 2140. A imortalidade foi alcançada, mas à custa de renunciar à descendência, através de um compromisso, o Pacto. Peter e Anna são dois Excedentes, duas crianças que não deviam ter nascido. Peter recebe a missão de desvendar o que se passa no programa secreto de Longevidade e é então que descobre uma verdade aterradora que o fará questionar tudo aquilo em que sempre acreditou.

Título: O Crime de Lord Arthur Savile e Outros Contos
Autor: Oscar Wilde
P.V.P.: 13,41 €
Nº na Colecção: 16
Data 1ª Edição: 17/08/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4581-1
Nº de Páginas: 156
Sinopse: «O Crime de Lord Arthur Savile coloca-se com muita graça para lá do Bem o do Mal. Trata-se da história de um assassínio, mas o ato é perpetrado num mundo que, pela sua própria frivolidade, não é menos irreal do que aquele, deliberadamente fantástico, das Mil e Uma Noites. Para acentuar esta semelhança, todo o conto, que se desenrola numa Londres onírica, se rege pelo conceito islâmico de Destino. O tema de O Fantasma de Canterville pertence ao romance gótico, mas, felizmente para o leitor, o seu tratamento não. Nesta divertida história, os americanos não levam a sério o fantasma, e nem os leitores nem Wilde levam a sério os americanos. O Príncipe Feliz, O Rouxinol e a Rosa e O Gigante Egoísta são contos de fadas concebidos de um modo sentimental que faz lembrar Hans Christian Andersen, porém embebidas daquela ironia melancólica que é atributo peculiar de Oscar Wilde.» Jorge Luis Borges


Título: Maya Fox - A Escolhida
Autor: Silvia Brena e Iginio Straffi
P.V.P.: 13,41 €
Colecção: Maya Fox
Nº na Colecção: 1
Data 1ª Edição: 17/08/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4582-8
Nº de Páginas: 320
Sinopse: Maya Fox descobriu que tem um poder inquietante: a capacidade de dialogar com o além. Tem apenas cinco dias para aprender a viver com isso… e para salvar a própria pele. Mas, nesta luta contra o tempo, em quem poderá confiar Maya? Rodeada pelo seu grupo de amigos, pela mãe e pelo pai, Maya terá de enfrentar o seu destino… e uma profecia enigmática, que apenas se cumprirá no ano de 2012. Maya é a única a possuir a chave para decifrar o mistério e salvar-se a si mesma. E a toda a humanidade.

Título: Não quero crescer Mais!
Autor: Sandra Pinto
P.V.P.: 7,10 €
Relançamento
Colecção: Tudo Sobre Nós
Nº na Colecção: 5
Data 1ª Edição: 18/08/2009
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4600-9
Nº de Páginas: 160
Sinopse: Qualquer adolescente chega àquela altura em que se apercebe que crescer nem sempre traz muitas vantagens mas, no caso de Gabriela, é um autêntico drama. É que, com apenas 13 anos, Gabriela já mede 1,70 m, ou seja, mais que qualquer uma das suas amigas… e do que os rapazes também. A única exceção é Alexandre, um rapaz da sua escola que a deixa totalmente derretida. Mas será que as coisas vão correr bem ou será mais um ano repleto de instabilidade amorosa, dúvidas, confusões e muitas alegrias e oportunidades para rir à mistura?
Recomendado a partir dos 13 anos


Título: A minha escola é muito louca!
Autor: Yvonne Coppard
P.V.P.: 7,10 €
Relançamento
Colecção: Tudo Sobre Nós
Nº na Colecção: 6
Data 1ª Edição: 29/09/2000
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4601-6
Nº de Páginas: 184
Sinopse: Os pais de Annie Tompkin ganham a lotaria e mandam-na para um colégio interno, muito caro e famoso, para que ela receba uma educação a sério! Mas o que eles não sabem é que a King Arthur’s Academy é, de facto, a escola aonde vão parar as criaturas mais excêntricas. No início, Annie receia ser a única pessoa normal naquela escola, mas em breve arranja um grupo de amigos superfixes e divertidos. As surpresas não cessam de acontecer, e no final Annie e os seus colegas veem-se envolvidos num episódio surpreendente de espionagem e investigação!
Recomendado a partir dos 11 anos


Título: A bolsa para iniciados
Autor: Fernando Braga de Matos
P.V.P.: 13,63 €
Relançamento
Colecção: Sociedade Global
Nº na Colecção: 29
Data 1ª Edição: 16/10/2008
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4025-0
Nº de Páginas: 224
Sinopse:
Com uma estrutura de manual prático, o livro começa por introduzir os conceitos e noções básicos, indicando as formas e as fontes de informação a que um leigo poderá recorrer para analisar o mercado e o comportamento dos vários produtos financeiros, conduzindo progressivamente o leitor, com clareza e elegância, às questões mais complexas. Como em todos os jogos, é preciso aprender tácticas e estratégias que aqui são abordadas com suficiente profundidade para que possa entrar na bolsa com planos bem estruturados e a cautela necessária para evitar perdas e tentar optimizar os ganhos. Depois, só dependerá de si, leitor, tornar-se um verdadeiro iniciado!

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Resultado do passatempo Delicadeza

Obrigada a todos que participaram no passatempo "Delicadeza" realizado entre o Marcador de Livros e a Editorial Presença, num total de 233 participações.

O feliz contemplado com um exemplar do livro foi:
232 - Bruno Miguel Lobato (Massamá)


Além de o seu nome figurar no blogue, o contemplado foi ainda avisado através de email.

Amores Proibidos - Jill Mansell [Opinião]


Título: Amores Proibidos
Autor:
Jill Mansell
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 400
Editor: Edições Chá das Cinco
PVP: 18,85€


Sinopse: Durante anos Jessie manteve em segredo a identidade do pai do seu filho Oliver, e fica em estado de choque quando descobre que o homem em questão, o famoso ator Toby Gillespie, acaba de se mudar para a casa ao lado. Será que a verdade está prestes a ser revelada?
Bastaria um olhar de relance em direção a Oliver e alguma aritmética mental para Toby deslindar a situação. Mas será que ele é capaz de tal aritmética? E se for, qual será a sua reação perante um filho que desconhecia?
Se acha que a vida de Jessie já está muito complicada imagine só como vai ficar quando Toby se declarar: afinal, Jessie sempre foi a mulher da sua vida. E o pior é que Toby é casado e a sua deslumbrante mulher pode assistir a tudo da janela ao lado!

A minha opinião:
Com um sem número de personagens completamente diferentes Jill Mansell consegue fazer deste Amores Proibidos mais um livro de sucesso, dentro do género. Muito ao estilo de Donas de Casas Desesperadas a história centra-se numa pequena aldeia onde todos se conhecem e onde se sabe facilmente a vida uns dos outros. Mas o que pode ser uma vida aparentemente normal e pacata, depressa se esconde um segredo que nunca se imaginaria. O lindo filho de Jessie afinal é filho de um conhecido actor. No meio de casamentos aparentemente felizes pode esconder-se traição, homossexualidade, transsexualidade... e o que se espera numa casa com três homens jovens e solteiros? Muitas balbúrdia e muito sexo... pelo menos para um deles.
Gostei de conhecer a sensata Jessie, a insegura Lili, a coscuvilheira Eleanor, a enigmática Bernardette, o jovem veterinário Drew.
No fundo, o livro tem muito mais a oferecer do que o que a sinopse nos dá, até porque o principal segredo é revelado nos primeiro capítulos do livro. Mas muitos mais se seguirão, o que colocará muitas risadas no leitor, como já vem sendo habitual nos livros de Mansell.

domingo, 14 de agosto de 2011

O ladrão de sombras - Marc Levy [Opinião]


Título: O ladrão de sombras
Autor: Marc Levy
Editora: Contraponto
PVP: 15,50€

No seu novo romance, Marc Levy conta a história de um rapazinho com um dom invulgar: ele consegue "roubar" as sombras das pessoas com quem se cruza. Ao princípio, acontece-lhe involuntariamente e isso chega a assustá-lo. Sempre que se cruza com alguém - seja um amigo, um inimigo ou um perfeito desconhecido -, a sombra da outra pessoa passa a segui-lo. Por vezes contra a vontade do rapaz, as sombras contam-lhe os mais profundos desejos, temores e aspirações das pessoas a quem pertencem. E o rapaz vê-se em mãos com um dom que traz uma grande responsabilidade: ao saber estes segredos, terá de ajudar as pessoas - ajudá-las a recuperar "essa pequena luz que lhes iluminará a vida". Durante umas férias de Verão à beira-mar, apaixona-se por uma rapariga muda, chamada Cléa, com quem comunica através da sua sombra. E a sombra deste primeiro amor acompanhá-lo-á durante anos... Mais tarde, o nosso "ladrão de sombras" torna-se estudante de Medicina, e debate-se com a questão de usar ou não o seu dom para ajudar a curar - tanto os seus pacientes como os seus amigos. Afinal, será ele verdadeiramente capaz de adivinhar o que poderá fazer felizes aqueles que o rodeiam? E ele próprio, saberá onde o espera a felicidade?

A minha opinião:
O ladrão de sombras é daqueles livros que nos marcam desde as primeiras páginas. Uma história cheia de ternura, de amizade, de amor pelo próximo, mas que também fala de solidão e de abandono paternal.
Fiquei rendida a este rapazinho ladrão de sombras que sem querer, tem o dom natural para “roubar” as sombras daqueles que lhe são próximos e assim saber o que lhes vai na alma. Mas não “rouba” apenas as sombras dos seus amigos. Até do seu maior inimigo de infância, e que disputa a mesma menina, ela “rouba” e descobre porque é que ele, afinal, é assim tão mau para ele e se porta tão mal na escola. Afinal, as coisas más até podem ter algum fundamento…
Dividido em duas partes, na primeira visionamos o rapazinho na sua infância, na fase em que o seu pai sai de casa e de quem não sabe mais notícias, o seu primeiro amor e, consequentemente, o seu primeiro desgosto amoroso, o seu companheiro de brincadeiras, e o guarda da escola, que acaba por ser o seu primeiro confidente, Yves. Todas as estas personagens vão marcar o jovem rapazinho sem nome, mas que pode ser qualquer um de nós, basta que fechemos os olhos e nos espelhemos em algumas destas situações, e torná-lo na pessoa que ele é.
Mas também é nesta fase que conhece a pequena Cléa, uma criança surda, por quem se apaixona quando passa férias com a mãe. A amizade crescente entre ambos e o primeiro amor, marcou para sempre o jovem rapaz, a quem faria juras de amor não cumpridas…
Na segunda parte encontramos o rapazinho já crescido e a estudar medicina. Atarefado com um curso absorvente, o “ladrão de sombras” deixaria para trás as relações humanas e nem a amizade colorida com a colega de curso Sophie o faz investir nessa relação. Até que uma viagem à sua terra natal o faz reencontrar Luc, o seu amigo de infância. Aí o valor da amizade vai voltar a ter relevância.
Gostei da candura de Yves em lidar com o rapazinho triste. Adorei a personalidade e simpatia de Cléa, uma rapariga forte e perseverante. E Luc um amigo como não há muitos e que todos gostariam de ter.
Para mim, o melhor livro de Marc Levy que me colocou com uma lágrima no canto do olho em alguns momentos.

Excerto:
“… cada pessoa é diferente, o importante é encontrar a diferença que melhor nos convém”.