quarta-feira, 21 de março de 2012

O Vale dos Cinco Leões - Ken Follett [Opinião]


Título: O vale dos cinco leões
Autor: Ken Follett
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 400
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722522021
Coleção: Grandes Romances


Sinopse: Jane, uma inglesa corajosa e sensual, é apanhada num triângulo amoroso mortífero, entre os espiões rivais Ellis e Jean-Pierre. Amor, ódio e engano levam-nos de conspirações terroristas em Paris à guerra e aos guerrilheiros no Afeganistão.

A minha opinião:
Quando pego num livro de Ken Follett sei de antemão que vou desfrutar plenamente da sua leitura.
Repleto de aventuras e intriga O Vale dos Cinco Leões inside, sobretudo, na Invasão Soviética no Afeganistão, local para onde as personagens principais partem em missão. Partindo de um triângulo amoroso, Ken Follett, relata com mestria as duas facções: a dos espiões russos (KGB) e dos espiões norte-americanos (CIA). Jane, uma jovem inglesa a viver em Paris vê-se envolvida com os dois espiões, embora nada saiba a respeito da vida secreta de ambos.
Quando descobre a vida secreta de Ellis, o seu companheiro, Jane decide dar uma oportunidade ao médico amigo que está sempre por perto: Jean-Pierre. Não sabe ela que também ele guarda um segredo, partindo com ele numa missão, que julga humanitária, para uma localidade remota do Afeganistão.
Passado na década de 80 do século XX, é descrito ao leitor o que passavam os afegãos nas mãos do inimigo: a Rússia. Mas a outra parta também é relatada, sobretudo a crueldade com que encaravam o inimigo, a forma como tratavam (e ainda tratam) as mulheres, e o estatuto de heróis que ganhavam caso vencessem uma guerrilha.
É certo que Follett nos coloca sempre do lado da CIA, pondo sempre o KGB como os maus da fita, não deixando espaço de manobra para que a facção russa se “defendesse”. No entanto, aprendi um pouco mais sobre esta parte da história, praticamente desconhecida para mim.

Sem comentários: