quarta-feira, 23 de maio de 2012

Não Contes a Ninguém! - Harlan Coben [Opinião]


Título: Não Contes a Ninguém  
Autor: Harlan Coben
P.V.P.: 10,57 €
Coleção: O Fio da Navalha
Nº na Coleção: 56
Data 1ª Edição: 19/07/2003
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-3049-7
Nº de Páginas: 300

Sinopse: Bestseller internacional é um livro de leitura obrigatória para os grandes apreciadores do thriller. Não Contes a Ninguém, marca a estreia de Harlan Coben, na Colecção O Fio da Navalha. Reconhecido autor do género policial, Coben dá vida à história de David Beck, cuja mulher foi brutalmente assassinada num lago em Nova Iorque. Oito anos depois, perto desse mesmo lago, são descobertos dois corpos. E David começa a receber e-mails que pelo conteúdo só poderiam pertencer à sua mulher. Mas que deixam expressamente escrito - Não Contes a Ninguém! Intrigado, resolve investigar, envolvendo o leitor numa trama de suspense e inquietação da primeira à última página. Imperdível!

A minha opinião:

Mais um trhiller emocionante de Harlan Coben. Neste primeiro livro publicado pela Presença, fiquei desde logo apaixonada pelo médico David Beck, um homem completamente destruído desde que a sua mulher faleceu há oito anos. Desde essa noite, em que Beck viria a sofrer um grave traumatismo, e que resultaria na morte de Elizabeth, que os seus dias apenas são constituídos de trabalho e do amor que tem à sua melhor amiga e à cadela com quem partilha a casa.

Com um ritmo alucinante, a história vai desenrolando até ao momento em que é descoberto o que realmente se passou naquela fatídica noite. Beck acaba por ser acusado de ter assassinado a mulher, mas a sua defesa é apenas uma: Elizabeth pode ainda estar viva. Até porque começa a receber uns emails de conteúdo estranho que revelam apenas coisas que só o casal sabia.

À medida que vai investigando Beck descobre coisas sobre o passado de Elizabeth que até então desconhecia e, ao mesmo tempo, acaba por ser ameaçado por alguns capagandas. Aqui é-nos “apresentado” Eric Wu, um assassino que já tinha conhecido no anterior romance que li “Apenas um Olhar”.

Mais uma vez, Harlan Coben brinda os seus leitores com um final surpreendente deixando-os sequiosos por ler o próximo livro. Estou definitivamente rendida.

Sem comentários: