segunda-feira, 18 de junho de 2012

Um Estranho Caso de Culpa - Harlan Coben [Opinião]


Título: Um Estranho Caso de Culpa  
Autor: Harlan Coben
P.V.P.: 20,19 €
Coleção: Minutos Contados
Nº na Coleção: 6
Data 1ª Edição: 04/04/2007
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-3738-0
Nº de Páginas: 368
Dimensões: 150x230mm
Peso: 543g


Sinopse: 
Numa briga entre estudantes, Matt Hunter mata acidentalmente outro jovem para defender um amigo. Após quatro anos passados na prisão, Matt é um homem feito, determinado a recuperar o tempo perdido e a reconstruir a sua vida. Graças à solidariedade do irmão consegue integrar-se numa firma de advogados e a vida parece começar a sorrir-lhe quando a encantadora Olive se torna sua mulher e espera agora um filho de ambos. Mas então Matt é atingido por novo golpe do destino ao receber, no seu telemóvel, um estranhíssimo vídeo de Olive. Um thriller complexo, sinuoso e cheio de reviravoltas inesperadas, que não deixa o leitor afrouxar a leitura até ter solucionado o enredo. Harlan Coben foi distinguido com três prestigiados prémios – o Edgar Award, o Shamus Award e o Anthony Award. A Presença publicou, deste autor, na colecção «O Fio da Navalha», Não Contes a Ninguém, Desaparecido para Sempre e Apenas Um Olhar.

A minha opinião: 
Harlan Coben não pára de me surpreender. Sempre que leio um livro dele quero ler mais e mais, tal é o vício da sua leitura. 
Em Um Estranho de Culpa, Coben elege como protagonista o ex-condenado Matt Hunter num thriller emocionante até à última página. A vida de um ex-condenado é sempre olhada de lado. Os amigos de escola e os antigos vizinhos esperam sempre por uma recaída, mas Matt deseja ser unicamente feliz coma mulher que ama e o filho que ela carrega no ventre. Mas tudo muda quando Matt recebe uma fotografia e um vídeo estranho que envolve a sua mulher, Olive. Sem nunca pensar que esta o traiu, Matt deseja mesmo assim tirar a limpo toda a história e contrata uma detective particular para que o ajude a deslindar tão estranho caso. 
A forma como Coben desenvolve o caso a partir daí é genial. Uma série de mortes que aparentemente não estão ligadas entre si vão fazer com que Matt seja o principal suspeito. Em busca da verdade, mas também para salvar a sua pele e a da mulher, Matt vai ver-se envolvido numa história que remete para o passado de muitas personagens, incluindo a sua mulher. 
Excelente.

Sem comentários: