segunda-feira, 9 de julho de 2012

Não Quero Dizer-te Adeus - David Baldacci [Opinião]


Título: Não Quero Dizer-te Adeus  
Autor: David Baldacci
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 344
Editor: Clube do Autor
PVP: 16€

Sinopse
Não quero dizer-te adeus é sobre o destino de uma família marcada pela perda e salva pelo amor. Centrado na resiliência espiritual de um pai e na revelação do amor que une uma família, neste e no outro mundo, Não quero dizer-te adeus está predestinado a tocar profundamente o coração dos seus leitores.
Jack enfrenta uma doença terminal e os médicos não lhe dão qualquer esperança de cura. Jack passa então os últimos dias a preparar-se para a iminente despedida da sua família: a esposa, Lizzie, e os seus três filhos. Então, inesperadamente, a tragédia volta a atacar: Lizzie morre num acidente de viação…

A minha opinião:

Jack está na fase final da sua vida, lutando apenas para chegar ao Natal, momento em que espera reunir a sua família pela última vez. Pai de três a atravessarem fases completamente diferentes, vamo-nos deparando com o dia a dia desta família que arranja diversas formas para viver com a doença do pai e marido. Lizzie vive praticamente para garantir o bem estar do marido, enquanto Mikki, claramente a filha predilecta de Jack, o ignora completamente, vendo-se que não consegue lidar com a decadência a que a doença rara votou o seu pai.

Mas tudo muda, quando Lizzie sai para comprar um medicamento de que se tinha esquecido e acaba por morrer num acidente. De um momento para o outro, o seu apoio na sua última caminhada deixa-o sozinho, vendo como última alternativa por parte dos sogros colocá-lo num lar para doentes de doenças em fases terminais. Os filhos, claro, serão distribuídos pelos diversos parentes, deixando o pai completamente sozinho.

Durante a estada no lar, Jack vai presenciando a morte dos seus companheiros de infortúnio, mas isso vai fazer com que ganhe forças para viver. E sem que ninguém consiga explicar, a sua doença vai desaparecendo, sendo mais tarde apelidado de homem milagre.

Não quero dizer-te adeus é a caminhada de um pai que ganha forças para sobreviver a uma doença que o condenara com o intuito de unir novamente os seus filhos e rumar a uma casa de infância da sua mulher, uma promessa que esta tinha feito nos últimos dias da vida de Jack. Na pequena localidade, as coisas vão mudar completamente esta família, tornando-os mais unidos e felizes.

Um livro comovente, que nos leva a pensar em como são importantes os grandes momentos familiares.

Estou curiosa para ler David Baldacci num outro registo: os trhillers!

1 comentário:

Ines Santos disse...

Gostei muito ! parece-me um livro bastante comovente, aliás todos os livros que contam histórias entre familias o são ! :)