sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Três é Demais - Jill Mansell [Opinião]

Título: Três é Demais
Autora:
Jill Mansell
Edição: Set/2012
Páginas: 336
ISBN: 9789897100390
Editora: Chá das Cinco

Não há família mais glamorosa que os Mandeville. O casal de celebridades Jack e Cass Mandeville parece ter tudo — boa aparência, carreiras coroadas de êxito e um casamento maravilhoso.
Os filhos também são incrivelmente talentosos: a Cleo é supermodelo; o Sean é um comediante de sucesso; e embora Sophie, uma adolescente de 16 anos, esconda a sua aparência sob uns enormes óculos redondos e roupa larga, todos veem que existe um belo cisne ansioso por desabrochar. Aos olhos da imprensa, a família Mandeville é simplesmente exemplar.
Mas uma ruiva lindíssima, de seu nome Imogen, aparece para entrevistar Jack e Cass na manhã do quadragésimo aniversário de Jack… e a família fabulosa descobre que afinal talvez não seja assim tão perfeita.
Com Jill Mansell, o amor está sempre ao virar da esquina, com muitas surpresas e grandes doses de humor.

A minha opinião: 

Eu que costumo divertir-me a ler os livros de Jill Mansell e até a recomendar a sua leitura fiquei completamente decepcionada com o seu mais recente livro Três é demais. O que foi demais foi mesmo a sua leitura, que não me cativou de todo. Não me ri uma única vez, o que não é normal nos livros dela. 
Desta vez Mansell decidiu contar a história de uma família, inicialmente perfeita, de Cass e Jack. Casados há muitos anos, este casal vivia feliz com os seus três filhos, até que Cass decide aceder a um pedido de uma reportagem sobre a sua família. O que Cass não imagina é que a repórter e o seu marido a vão trair...
No fundo, o livro anda à volta desta história e não sai muito daí. Pelo meio há ainda as aventuras amorosas dos seus filhos, que fazem lembrar também a do casal mais velho, ou seja, há quase sempre uma terceira pessoa a atrapalhar os relacionamentos. Nunca acrescentando nada de novo à leitura, este livrinho não me conseguiu seduzir ao contrário de tantos outros que já li de Mansell. A autora foi mesmo infeliz na escolha das personagens e do próprio tema, nada divertido ao contrário do que nos costuma oferecer. 
No entanto, não vou deixar de ler os próximos livros da autora até porque adorei os anteriores.  

2 comentários:

Carol disse...

olA! Posso te perguntar qual os teus preferidos de Jill Mansell?

Maria Manuel Magalhaes disse...

Dela gosto de muitos: Romance Atribulado, Encontro inesperado; Paixões à solta; Resistir ao amor; Amores proibidos; Pura malícia. O que eu menos gostei foi este: Três é demais