sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Perseguição escaldante - Janet Evanovich [Opinião]

Título: Perseguição escaldante
Autor: Janet Evanovich
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 312
Editor: TopSeller
PVP: 16,49€

Sinopse:
Em New Jersey, os cadáveres surgem em catadupa. Ninguém sabe quem é o assassino em série nem o motivo por que anda a matar, mas o nome e Stephanie Plum, a caçadora de recompensas, está na lista do homicida. Stephanie corre contra o tempo para descobrir o que se passa, mas ainda tem de enfrentar outras complicações na sua vida. A sua família e amigos insistem que chegou o momento de escolher entre o seu eterno namorado, o detetive Joe Morelli, e o rebelde mas sedutor Ranger, dono de uma empresa de segurança. E a sua mãe está apostada em juntá-la com Dave, uma ex-estrela do futebol americano, antigo colega do secundário, entretanto regressado à cidade.
Com um assassino implacável no seu encalço, um punhado de homens sedutores e fogosos atrás de si, e assombrada por uma lista de faltosos a tribunal que incluem um urso bailarino e um vampiro de idade já avançada, a vida de Stephanie parece prestes a entrar em brasa.
Perseguição Escaldante é um policial divertido e autêntico, que vai arrancar muitas e muitas gargalhadas. É um novo estilo de policial, repleto de personagens únicas e inesquecíveis, que em muitos países já criou uma legião de fãs eternamente ansiosos pelo lançamento do próximo êxito da autora.

A minha opinião:

Este é o primeiro livro que leio de Jane Evanovich, por isso mesmo não estava nada à espera do que ia encontrar neste livro. Um livro carregado de humor, com pouco polícial, que junta uma caçadora de recompensas, Stephanie Plum, a um implacável serial killer, que junta aos corpos mensagens para ela.

Stephanie Plum é uma jovem de bem com a vida, mas que vive num dilema: tem dois amores. Indecisa em relação ao amor da sua vida, a jovem continua nem estabilizar a sua vida amososa, para desespero da sua mãe, que a quer ver casada com um bom partido. E tudo faz para que Stephanie encontre o seu príncipe encantado, até organizar jantares surpresa com o “genro” eleito por ela.

Como escritório tem uma auto-caravana e como colega de profissão uma ex-prostituta, Lula, uma mulher que adora comer e que consegue correr perfeitamente com uns saltos de 12 centímetros.

Para quem espera ler um policial sai desiludido, mas para quem quer soltar umas boas gargalhadas num cenário caricato este é o livro ideal.

Sem comentários: