quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

A Moeda - Gonçalo M. Tavares [Opinião]

T
Título: A Moeda (DN Contos Digitais #8)
Autor:
Gonçalo M. Tavares

Kartopeck, homem rude, avesso à cidade, vê o seu rosto desfigurado por manchas enigmáticas que lhe causam um enorme desconforto. Pensa que vai morrer. A prostituta que lhe vende os serviços conta-lhe as moedas, mas também as manchas. E ri-se.

A minha opinião:

Sem palavras para descrever este conto.

Kartopeck, um homem “labrego” como ele próprio se intitula, ruma à cidade com a mãe, doente mental, a fim de saber se as manchas que lhe vão desfigurando a cara são malignas. Apesar do enorme desconforto, o médico diz-lhe que não tem nada de mal.

Noutro cenário, vemos o homem com uma prostituta que lhe conta as manchas na cara ao mesmo tempo que lhe conta as moedas, pagamento pelo serviço...

É certo que o texto está pejado de metáforas, que nos remetem para uma outra visão do conto, no entanto, isso não foi suficiente para me prender.

Sem comentários: