terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Um Romance - Rui Zink [Opinião]

Título: Um Romance
Autor:
Rui Zink

Anos 80. O narrador improvável. Um restaurante ao lado de uma sala de cinema. Ele, Artur. Ela, Carolina. Cannelloni e lasagna. Romance anunciado? Já agora, também a vida.

A minha opinião:

Rui Zink encarna aqui o papel de narrador, que qual voyeur, ouve uma conversa privada entre um casal com um problema entre mãos. De forma irónica, comparando o tempo dos anos 80 à actualidade, Zink vai contando o teor da conversa ao mesmo tempo que faz o seu próprio juízo do tema.

É o momento em que Artur termina com Carolina que mostra o lado mais sarcástico do autor. Num tempo em que a inexistência de telemóveis, e em que as pessoas iam ao teatro e em que ainda havia bailado na Gulbenkian...

Gosto da escrita de Zink, gosto da forma como ele crítica a sociedade, e gostei deste conto, tendo ficado com vontade de ler mais.

Excerto:

Uma análise comezinha à realidade provaria, suponho, que a crise é permanente. Sempre foi mais fácil destruir do que construir. Criticar do que fazer.

Sem comentários: