sexta-feira, 8 de março de 2013

Beijo - Jill Mansell [Opinião]

Título: Beijo
Autor:
Jill Mansell

Izzy um dia vai ser famosa. A indústria da música é que ainda não a descobriu. A irrepreensível Izzy tem um talento fascinante, dois namorados perfeitos e uma filha para lhe organizar a vida. Basicamente, uma vida de sonho.
Já a vida de Gina não podia ser mais infernal. O cretino do marido acaba de fugir com a amante grávida. E ela sente-se destroçada quando derruba acidentalmente Izzy da sua moto. Porém, não é propriamente o fim do mundo, pois não? Apenas uma perna partida.
Mas o mundo de Gina, como ela o conhece, está prestes a ficar de pernas para o ar. Izzy e a filha Kat foram catapultadas para dentro da sua vida, antes tão metódica. Pior, Izzy está de olho no melhor amigo de Gina, Sam, que é lindo de morrer. Como acabará tudo? Numa torrentede lágrimas ou num beijo inesquecível? 


A minha opinião:
Quem já leu Jill Mansell certamente que se lembra das suas tiradas engraçadas, com romances tempestuosos e mais que um triângulo amoroso. Beijo não é excepção. Sem ser uma obra-prima, é um romance para se ler numa tarde fria junto à lareira, ou num dia de completo tédio, para daí retirar algumas gargalhadas ou alguns sorrisos. Confesso que já gostei mais da autora, até porque quem já leu vários livros, como eu, acaba por se cansar um pouco da fórmula, quase sempre empregue nos seus romances: uma mulher linda de morrer, mas infeliz ao amor, que vive inúmeras peripécias até encontrar o amor eterno.

Em Beijo Jill Mansell dá vida uma personagem peculiar. Izzy namora com dois homens ao mesmo tempo que só vão descobrir que estão a ser enganados no momento em que visitam a namorada, vítima de um atropelamento, no hospital. Acabam tudo com ela, mas Izzy não fica sozinha. Tremendamente arrependida do que fez, Gina decide redimir-se e convida a falida Izzy e a sua filha adolescente, Kate, a ir morar para casa dela. Gina tem mais espaço em casa desde que o seu marido lhe disse que queria o divórcio.

O livro gira em volta destas três personagens, mas muitas mais virão por arrasto. Amores, desamores, gravidezes à mistura e uma profunda confusão de relacionamentos, faz com que este livro se torne numa divertida, embora com uma dose excessiva de personagens.

Gostei.

 

Sem comentários: