segunda-feira, 25 de março de 2013

Férias em Saint-Tropez - Elizabeth Adler [Opinião]

Título: Férias em Saint-Tropez
Autor:
Elizabeth Adler

 
Um mistério cheio de glamour no encantador sul da França…
Numa villa em St. Tropez, no sul da França, cinco turistas que não se conhecem - todos eles a fugirem da sua vida do dia-a-dia – veem-se reunidos à força no pequeno Hotel dos Sonhos.

Chez Violette parecera ser o refúgio perfeito para o detetive privado Mac Reilly e a sua namorada/parceira, Sunny Alvarez, e para os seus cães Pirate e Tesoro. Sunny chega primeiro e descobre que foram enganados, juntamente com várias outras pessoas que julgaram estar a alugar aquela elegante casa na riviera francesa. De repente e de forma inesperada, são forçados a solucionar um crime e a desvendar um homicídio, tendo como pano de fundo a soalheira e glamorosa Saint-Tropez.

ALUGA-SE CASA DE VERÃO EM SAINT-TROPEZ
Ao mês ou por períodos mais longos
Encantadora villa tradicional em pedra adaptada de um pequeno mosteiro antigo. Terraços soalheiros, piscina forrada a azulejos, pátio com cobertura abobadada e oliveiras, terreno generoso e isolado, dando para encosta de pinheiros e com vista direta para o mar.
Cinco quartos, cinco casas de banho. Elegantemente mobilada. Cozinha bem equipada. Empregados disponíveis se solicitado.
Com perfeita privacidade

A minha opinião: 
Apesar de não ter lido o primeiro livro da série Mac Reilly, "De Malibu, com Amor" e se não me tivessem chamado a atenção para tal passava-me completamente ao lado a série, consegui lê-lo perfeitamente, tendo a autora o cuidado de não estabelecer muitos paralelismos com o passado. Portanto, não me senti perdida.

Mac Reilly é um apresentador famoso nos Estados Unidos. Dirige um programa cujo objectivo é descobrir crimes. Como tal, a veia de detective fala mais alto e quando vê que foi enganado por um falso anúncio na internet decide tentar descobrir o que está por detrás da burla. Sem sequer imaginar, Mac, juntamente com umas adoravéis crianças, vai descobrir uma perigosa rede de roubo de obras de arte, mas também um homicidio, cujo autor ainda ainda não tinha sido descoberto.

A fotografia no anúncio da internet levava a crer que iam passar umas férias idílicas. Mac e a noiva Sunny estavam com esperança que iam passar umas férias de sonho. Mas eis senão quando chegam ao local, um à frente do outro devido a um último percalço e deparam com uma casa em ruínas, e mais cinco pessoas que cairam na mesma burla.
Por solidariedade decidem todos procurar um outro lugar para passarem as merecidas férias e acabam por formar um grupo divertido.

Todos diferentes, com características únicas, mas todos com o mesmo objectivo: descobrir quem está por detrás da burla. E é precisamente este o ponto forte do romance: aliar persongans fortes, ao mistério que os envolve em Saint-Tropez, um local que adorava conhecer.

Se por um lado o casal Mac e Sunny se destacam à primeira vista até porque são as personagens principais, o que mais teve graça para mim foi o estranho Bertrand Olivier, um rapaz que gostava de viver nas sombras e passar despercebido. Mas que se vai revelando aos poucos...
Depois há a lindíssima e escultural Belinda Lord, que foge de um mafioso russo que a persegue como se fosse sua propriedade, e Sara, que também foge de um namorado que a trai, mas que apresenta muitas fragilidades.
Temos ainda Billy Bashford e a estranha filha que aparece sempre vestida de bailarina. Logo no início descobrimos o porquê de tão estranha indumentária.
Existe ainda a história por detrás da casa em ruínas, outrora uma das casas mais bem frequentadas de Saint-Tropez, que tornou a leitura deste romance ainda mais fantástica.

A série Mac Reilly é constituída por dois volumes, faltando publicar "It all began in Monte Carlo" e "From Barcelona, with love". Até lá vou ter de ler o primeiro "De Malibu, com Amor" que me deixou bastante curiosa.


Excerto:
"Ambos escondiam o seu sentimento de perda: ela a mãe que morrera e ele a mãe que simplesmente o deixaram para trás. Eram parecidos."




 

Sem comentários: