sexta-feira, 15 de março de 2013

Gente Gira - Luísa Ducla Soares [Opinião]

Título: Gente Gira
Autores: Luísa Ducla Soares / Pedro Leitão
Coleção: Álbuns
Pág.: 32, a cores
P.V.P.: 9,52 €

Três divertidas histórias bem ao estilo inconfundível de Luísa Ducla Soares - "A Menina Verde", "O Homem das Barbas" e "O Sr. Pouca Sorte" - reunidas num livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura, aqui na 3ª edição já com a grafia atualizada segundo as normas do Novo Acordo Ortográfico.
As ilustrações são de Pedro Leitão, tratando-se esta de uma prolífera dupla no panorama da literatura infantil em Portugal, com mais quatro livros publicados com sucesso pela Livros Horizonte: Todos no Sofá, Arca de Noé, O Maluquinho da Bola e Doutor Lauro e o Dinossauro.

A minha opinião:
Desde que fui mãe, a minha curiosidade por livros infantis aumentou. Aumentou porque nunca deixei de gostar das histórias para os mais novos. Estas têm o condão para nos levar mais longe, onde o nosso imaginário quiser ir. Normalmente para locais encantados, onde tudo é permitido.
Com este livro Luísa Ducla Soares dá a conhecer três histórias engraçadíssimas de gente peculiar. A primeira conta a história de uma menina verde, que nasceu assim sem ninguém saber porquê. Confundia-se com a paisagem pela qual ia passando, mas era uma menina feliz, apesar da diferença.
A segunda é sobre um homem com umas enormes barbas. Nunca as cortou e utilizava-as como se doutro braço se tratasse. Fazia tudo com elas, desde limpar chaminés, a salvar pessoas e a neta gostava delas para saltar à corda. A ultima história, e para mim a mais engraçada é sobre um homem que acha que nunca tem sorte nenhuma. Retratando um facto: nunca estamos contentes com aquilo que temos. Ou é porque tem muitos carros, mas não tem carta, ou porque lhe rebentava um cano e o senhoria não lhe pagava o conserto por ser ele o dono da casa, ou então porque queria abrir um poço no quintal para extrair água e dele saía petróleo.
Em suma, três histórias muito engraçadas para contar aos mais novos.

Sem comentários: