segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Em Defesa de Jacob - William Landay [Opinião]

Título: Em Defesa de Jacob
Autor:
William Landay
Coleção: Romance
P.V.P: 22 €
Páginas: 388

Andy Barber é procurador-geral adjunto num pequeno condado no subúrbio de Massachusetts há mais de vinte anos. Bem-sucedido, é respeitado na sua comunidade como um advogado sério, obstinado e um homem de família feliz, junto da sua mulher Laurie e do filho Jacob. Mas tudo muda quando um crime chocante abala a pequena cidade de Nova Inglaterra. Um jovem de 14 anos é encontrado morto no bosque junto da casa de Barber que naturalmente assume a investigação do caso. Contudo o advogado não estava preparado para o que viria a acontecer: o seu filho Jacob é acusado de ser o assassino.
É preciso proteger Jacob que garante ao pai a sua inocência. Andy acredita nele. Tem de acreditar. Mas à medida que o julgamento ganha intensidade, com a descoberta de novos factos e revelações chocantes, que demostram como um pai sabe tão pouco acerca do seu filho, com a ameaça de um casamento prestes a ruir, Andy Barber vai enfrentar o seu próprio julgamento. Inicia então uma luta entre a lealdade e a justiça, entre a verdade e a alegação, entre um passado que tenta enterrar a todo o custo e um futuro que não consegue conceber. Este livro, aclamado pela crítica como o livro do ano, está recheado de mistério e suspense, fala-nos de culpa, traição, de amor incondicional e da forma como a nossa vida pode, num segundo, sair do nosso controlo, para nunca mais voltar a ser igual ao que era…

A minha opinião: 
Quando o corpo de um jovem de 14 anos é encontrado num bosque com três ferimentos de faca, o procurador-adjunto Andy Barber decide assumir o caso. Com um filho também de 14 anos, Andy revê-se na pobre família que fica sem o membro mais novo e quer a todo o custo ajudar. Mas o calcanhar de Aquiles de Andy é Jacob, o seu filho. Uma vez que Jacob também tem 14 anos e frequenta a mesma escola que a vítima faz com que Andy seja afastado do caso, por possível "conflito de interesses".

Com um suspeito em mente, Andy fica surpreendido quando o seu filho Jacob é acusado de ter assassinado o colega. Começa aí a luta desenfreada para provar a inocência do filho, lutando contra tudo e todos e até mesmo contra si próprio que, por vezes,desconfia do próprio filho.

Todo o respeito que aquela família tinha na comunidade é transformado em desprezo, sendo ignorada por todos eles. A vida desta família muda completamente.

Em Defesa de Jacob é muito mais que um romance policial, é sobretudo um livro que sobre a família, sobre como esta família lida com a crise, com as acusações, com a desconfiança, sobretudo com toda a mudança que se faz sentir desde que Jacob foi acusado.

Saber que o autor foi procurador-adjunto, tal como o narrador do livro, enriquece o livro e vê-se que William Landay sabe do que está a falar.

Em Defesa de Jacob surpreendeu-me pela forma como está (bem) escrito, pela história e pelo seu final.

Sem comentários: