quinta-feira, 12 de setembro de 2013

O Olhar do Amor: Os Sullivan - Bella Andre [Opinião]

 Título: O Olhar do Amor: Os Sullivan
Autor: Bella Andre
N.º de Páginas: 192
PVP: 14,95 €

Sinopse:
Chloe Peterson está a ter uma noite péssima. Uma discussão terrível, uma contusão na cara e, para culminar, um acidente de carro deixam-na convencida de que nada mais lhe poderá acontecer. Sente-se desesperada e sozinha, mas de repente ergue os olhos e vê um homem lindíssimo. Chase Sullivan, fotógrafo de êxito, regressa a casa, mas sente-se apreensivo, pois sabe que um dos sete irmãos irá tentar arranjar-lhe uma namorada. Enquanto pensa como dissuadi-los, depara-se com o carro de Chloe atolado numa valeta, na estrada. O fotógrafo fica fascinado com a beleza da jovem, mas depressa se apercebe que ela tem mais problemas além do acidente e sente que a quer proteger a todo o custo.
Chloe jurou nunca mais confiar em homem algum, só que a cada olhar de Chase e a cada carícia trocada à medida que a atracção entre ambos é cada vez mais forte, pergunta-se se não terá conhecido o único em quem poderá confiar.
Apesar de se aperceber que a sua vida poderá mudar para sempre, Chase está determinado a lutar pelo coração de Chloe.

A minha opinião: 
Não tenho grandes palavras para descrever este livro. Pegando na história da família Sullivan, Bella Andre decidiu fazer uma saga em que cada livre corresponderá aos oito membros da família.

O primeiro livro da saga é leve, sem grande história e que me fez lembrar os livros das edições Harlequin, daqueles primeiros romances de Nora Roberts.

Pejado de cenas de sexo, nada mais restou da sua leitura, tornando-se desinteressante e maçador.

A autora pouco explorou as personagens, deixando para o fim apenas o desvendar daquela mulher misteriosa, Chloe, que aparece assim na vida de Chase, com uma nódoa negra no olho, já se adivinhando que tinha sido vítima de violência doméstica.

Chase também é pouco explorado. Fotógrafo, aproveita que está numa casa maravilhosa, a sua casa de família, para fazer sessões fotográficas com as diversas modelos contratadas e Chloe será uma ajuda preciosa.

O estranho é que duas pessoas completamente desconhecidas transformem num grande amor o relacionamento fugaz entre ambos. Na primeira noite Chloe, enquanto toma banho, masturba-se e, por coincidência, é surpreendida por Chase quando atinge o orgasmo e sussurra o seu nome ao mesmo tempo. Depois disso vivem noites de amor intensa e mostram uma cumplicidade como se já conhecem há muito.

Além disso, Chloe integra-se de tal forma na família que aceita como se de um membro se tratasse, embora não conheça nada acerca dela.

Tudo isto torna a história deste livro um tanto ou quanto irreal.


Sem comentários: