sexta-feira, 20 de setembro de 2013

«O Homem de Constantinopla», o novo romance de José Rodrigues dos Santos lançado amanhã em Lisboa

A apresentação de O Homem de Constantinopla está marcada para amanhã, sábado, 21 de Setembro, pelas 17h00, na Sociedade de Geografia de Lisboa (Rua das Portas de Santo Antão, nº 100 - ao Coliseu), e contará com uma breve apresentação de Danças Orientais. Michael Gulbenkian, da família de Calouste Gulbenkian, já confirmou presença na sessão de lançamento.

O Homem de Constantinopla é o primeiro de dois romances que José Rodrigues dos Santos lançará este ano. Numa iniciativa editorial inédita na sua carreira de escritor, José Rodrigues dos Santos lança no espaço de três meses duas obras literárias que vão marcar este Natal – O Homem de Constantinopla, a 21 de Setembro e Um Milionário em Lisboa e 23 de Novembro.

Com O Homem de Constantinopla e Um Milionário em Lisboa, ascende a doze o número de romances que compõem a obra de José Rodrigues dos Santos, autor da Gradiva que está publicado em vinte línguas e já vendeu globalmente cerca de dois milhões de exemplares. À semelhança do que acontece em Portugal, José Rodrigues dos Santos tem conquistado consecutivamente os primeiros lugares nos tops de vendas em diversos países, tendo em Portugal sido votado pelos leitores Escritor de Confiança Reader’s Digest pelo segundo ano consecutivo.

Ver a sinopse aqui

Novidades Esfera dos Livros para Setembro

Título: Mães e Filhas com História 
Autor: Fátima Lopes

Colecção: História Divulgativa
P.V.P: 16 €
Páginas: 264 + 16 Extratextos
Livro à venda a partir do dia 28 de Setembro

Apresentação dia 3 de Outubro, 19h, Fnac Colombo.Rita Ferro apresenta a obra.
O amor entre uma mãe e uma filha pode ser vivido e sentido de diferentes formas. Pode ser um amor incondicional. Um amor abnegado. Um amor cúmplice, baseado na mais profunda amizade. Um amor temeroso ou respeitador. Castrador ou potenciador.
Foi na procura destas diferentes formas de amor que Fátima Lopes enveredou pela História, para descobrir estas Mães e Filhas.
Catarina de Bragança foi Rainha de Inglaterra, mas sempre viveu na sombra da sua poderosa e demasiado exigente mãe Luísa de Gusmão.
D. Maria II assistiu ao sofrimento da sua adorada mãe, maltratada pelo marido e jurou a si própria não seguir o seu exemplo.
Catarina de Áustria é Rainha de Portugal, mulher de poder, austera, que nunca esqueceu os terríveis anos de cativeiro vividos ao lado da sua mãe, Joana a Louca, no Mosteiro de Tordesilhas.
Filipa de Lencastre, mãe da Ínclita Geração, fez questão de educar os filhos na fé e em valores fortes. Isabel sua filha irá honrar a sua memória ao se tornar na distinta Duquesa de Borgonha.
Sissi, Imperatriz da Áustria e da Hungria viu os seus filhos serem afastados de si por uma sogra controladora. Apenas a última filha Maria Valéria viveu a seu lado e tornou-se na sua verdadeira obsessão.
Já Maria Antonieta confessava em surdina o medo que sentia da sua mãe a imperatriz Maria Teresa.
Estas são algumas das figuras históricas retratadas por Fátima Lopes que depois dos seus anteriores bestsellers, a autora e apresentadora de televisão, regressa à escrita de forma surpreendente. Uma visita à História, que nos permite ficar a conhecer cada uma destas mulheres, no seu papel menos conhecido e explorado, o de mães e filhas.

Sobre a autora:
Fátima Lopes é um dos rostos mais conhecidos dos portugueses. O seu trabalho de vários anos tem sido reconhecido regularmente através de prémios como «Prémio Profissional do Ano» atribuído pelo Rotary Club de Setúbal-Sado, em 2007, o «Troféu da Verdade», atribuído pela revista Eles & Elas, em 2007, ou o prémio «Melhor Apresentadora de Entretenimento», atribuído pela Casa da Imprensa, em 2004. Em 2006, Fátima Lopes publicou o seu primeiro romance Amar Depois de Amar-te que vendeu cerca de 100 mil exemplares em Portugal, tornando-se num dos bestsellers de 2006. Em 2007, foi também editado em Espanha com grande sucesso. Editou Um pequeno Grande Amor e A Viagem de Luz e Quim. Atualmente, podemos vê-la na TVI, todas as tardes, no programa A Tarde é sua.


Título: Guerreiros Medievais Portugueses

Autor: Miguel Gomes Martins
Coleção: História
P.V.P: 22 €
Páginas: 424 + 8 Extratextos

A figura de Geraldo Geraldes é quase mítica. Mais conhecido por O Sem-Pavor, lutou tanto do lado cristão, como do lado muçulmano durante a década de 1160; Gualdim Pais, cujo prestígio adquirido na Palestina o elevou a Mestre da Ordem do Templo em Portugal; o Prior hospitalário Álvaro Gonçalves Pereira, presente em alguns dos mais importantes episódios militares das décadas de 1340 a 1380, desde a Batalha do Salado até às Guerras Fernandinas, passando pela Guerra Civil de 1355-1356; Nuno Álvares Pereira, um dos mais brilhantes generais da Idade Média Europeia, cujo percurso como comandante militar é longo, fulgurante e recheado de vitórias; Álvaro Vaz de Almada, o célebre conde de Avranches, figura fascinante da primeira metade do século XV e cujo trajeto o leva a combater nos mais variados teatros de operações, desde o Norte de África até às fronteiras orientais do Império, passando pelo Mediterrâneo, pelos palcos da Guerra dos Cem Anos e, claro, pelo território português, onde encontrou a morte, na Batalha de Alfarrobeira.
Estes são alguns dos 13 Guerreiros Medievais Portugueses cujo retrato é traçado pelo historiador Miguel Gomes Martins.
A guerra é feita de homens. E, por isso, para melhor compreender as estratégias e táticas militares que estiveram por detrás das grandes campanhas, é fundamental conhecer os percursos dos comandantes que lideraram os exércitos, que conduziram homens para os campos de batalha e cujas decisões em momentos-chave os levaram às grandes vitórias ou às grandes derrotas. Pela sua mão revisitaremos algumas das mais emblemáticas guerras, campanhas, batalhas e cercos, entre meados do século XII e meados do século XV.

Sobre o autor:
Miguel Gomes Martins nasceu em Lisboa em Fevereiro de 1965. É licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e é mestre e doutor em História da Idade Média pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, É técnico superior do Gabinete de Estudos Olisiponenses, colaborador do Centro de Estudos de História da Sociedade e da Cultura da Universidade de Coimbra e investigador integrado do Instituto de Estudos Medievais, da Faculdade de Ciências Sociais Humanas da Universidade Nova, onde leciona a cadeira opcional de História da Guerra na Idade Média.

Título: Ladies de Espanha
Autor: Andrew Morton
Coleção: Fora de Coleção
P.V.P: 19,50 €
Páginas: 256 + 16 Extratextos

Autor em lisboa nos dias 24 e 25 de Setembro para promover o livro.

Quando o príncipe Filipe casou com a plebeia Letizia Ortiz assistiu-se a uma autêntica revolução no Palácio da Zarzuela. Contudo em poucos anos, a princesa das Astúrias passou de ser considerada inadequada para o trono espanhol, a potencial salvadora da casa de Borbón, atualmente imersa em escândalos.
A infanta Cristina está no centro das atenções graças ao processo judicial em que está envolvido o seu marido Iñaki Urdangarin, que arrastou para os tribunais o nome da Casa Real, vendo-se agora num dilema difícil de resolver: afastar-se do marido pelo dever à monarquia ou apoiá-lo, arriscando manchar ainda mais a imagem da sua família.
A infanta Helena protagonizou um polémico divórcio, ao ser a primeira filha de um monarca espanhol reinante a separar-se, depois de anos de uma relação conturbada onde as atitudes snobs e metrossexuais de Jaime Marichalar colidiam com a forma de viver pacata da infanta.
A rainha Sofia vive uma vida solitária, marcada pelas constantes traições do marido Juan Carlos, levando uma vida independente do rei. Neste livro revelador, Andrew Norton, analisa a vida destas quatro mulheres marcadas por um conflito constante entre o dever e o amor, num mundo onde os antigos valores aristocráticos como a obrigação e o sacrifício são frequentemente postos em causa em benefício do amor e da felicidade pessoal.

Sobre o autor:
Andrew Morton, um dos mais aclamados biógrafos da atualidade e autor da biografia de Diana de Gales, que vendeu mais de 7 milhões de exemplares em todo o mundo, relata-nos a história fascinante destas mulheres feita de sobressaltos e escândalos, apresentando novas perspetivas e revelando factos inéditos.Andrew Morton é provavelmente um dos mais aclamados biógrafos de celebridades da atual geração. Ao longo de trinta anos como profissional, escreveu mais de vinte biografias de grandes personalidades com a princesa Diana, Madonna, Monica Lewinski, os Beckham, Tom Cruise ou Angelina Jolie e que figuram na lista dos mais vendidos segundo o New York Times. Morton alcançou o êxito com a publicação em 1992 de Diana: a sua verdadeira história, a biografia que desvendava o mundo secreto da malograda princesa Diana.

Título: O Gato Comeu-te a Língua?
Autor: Joana Rombert
Coleção: Manuais e Guias
P.V.P:
18 €
Páginas:
264


A Maria tem três anos, compreende tudo mas quase não fala, será normal? O Francisco gagueja, o que posso fazer para ajudar? O Filipe não mastiga, usou chucha até muito tarde e agora fala à sopinha de massa. Acha que me devo preocupar ou é só uma fase?
O meu filho tem 6 anos e fala à «bebé»! A minha filha a falar troca o «r» pelo «l». Como posso ajudá-la a distinguir os sons? O Gonçalo chega a casa sempre rouco depois das aulas. Será normal? Nos ditados e cópias, o meu filho troca o «d» pelo «t», será disléxico?
O meu dia a dia como terapeuta da fala é passado, no hospital ou em consulta, a responder a estas e outras dúvidas e ansiedades dos pais. O tema da linguagem e da fala é, sem dúvida, um tema que nos preocupa a todos. É pois preciso identificar os sinais de alerta, as dificuldades dos vossos filhos e atuar com estratégias próprias para cada caso. Este livro, amplamente ilustrado, pretende ser uma ferramenta prática de ajuda para pais, mas também para educadores e professores que se debatem com alguns destes problemas nas suas salas de aula.
- Sabia que há jogos divertidos para tratar a dislexia?
- É fundamental diminuir a ansiedade e frustração de uma criança gaga. As rimas e lengalengas podem ajudar.
- Sabia que respirar pelo nariz e mastigar alimentos duros melhora a fala do seu filho?
Neste livro começo por explicar o desenvolvimento da linguagem na criança que se inicia pelo choro, os gestos e a expressão facial. O que esperar em cada idade e em cada etapa e como os pais podem potenciar uma melhor comunicação. Abordo a compreensão e expressão verbal, problemas da audição que muitas vezes não são detetados, problemas de mastigação e respiração que podem levar a problemas de fala e linguagem. Questões como a imaturidade da fala, problemas de voz e as perturbações de aprendizagem na leitura e na escrita, como dislexia ou a disortografia que podem ter impacto no percurso escolar. Inclui jogos e estratégias práticas, quadros explicativos com as etapas de desenvolvimento. Identifica sinais de alerta e risco.

Sobre o autor:
Joana Rombert é licenciada em Terapia da Fala pela Escola Superior de Saúde do Alcoitão (2001), e pós-graduada em Terapia Miofuncional no ISEP Universidade de Vic, Madrid. Trabalha no Hospital de Santa Maria – Departamento de Pediatria Médica – Unidade de Desenvolvimento/Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais. Colabora com a Fundação Brazelton/Gomes-Pedro. Supervisora de estágios da Escola Superior de Saúde do Alcoitão, Escola Egas Moniz, Universidade Atlântica, Instituto Politécnico de Setúbal e Instituto Politécnico de Leiria.

Título: Jogada Ilegal
Autor: Luís Aguilar
Coleção: Atualidade
P.V.P: 18 €
Páginas: 264

Em março de 2009, a pouco menos de um ano da decisão de quem organizaria o Campeonato do Mundo de Futebol de 2018, o presidente da FIFA piscou o olho à Inglaterra ao garantir que era um «candidato bastante sólido.» Não é pois de estranhar as caras de desilusão dos ingleses, quando ouviram da boca do mesmo Sepp Blatter que o vencedor era a Rússia.
Afinal quais são as qualidades para organizar um mundial? Estádios, bons hotéis, acessos, segurança, capacidade de organização… ou simplesmente dinheiro? Mourinho garantiu, sem grandes explicações, que não ia estar presente na gala da Bola de Ouro da FIFA 2012 em Zurique, onde era forte candidato a receber o título de melhor treinador do mundo. A explicação veio depois à RTP e como sempre envolta em polémica: «Quando me ligaram mais de duas ou três pessoas a dizer “eu votei em ti e o voto foi para outro”, decidi não ir. Acuso a FIFA de irregularidades na eleição do melhor treinador do mundo. Houve falta de transparência.»
O ex-jogador brasileiro e campeão do Mundo Romário, aquando dos protestos no Brasil contra os elevados gastos na organização do Mundial de Futebol de 2014, deixou um vídeo na Internet com uma mensagem clara que dizia tudo: «A FIFA chega, monta o circo, não gasta nada e leva tudo.» A FIFA é não só dona do Mundial, mas também do país anfitrião, durante o período da competição, graças às garantias governamentais que exige.
No mundo do futebol há jogadas que se fazem sem bola. Jogadas ilegais onde os ingredientes principais são a intriga, subornos, compra de votos, venda ilegal de bilhetes, dirigentes e políticas internas racistas, discriminação, amizades com governantes violadores dos direitos humanos, suspeitas de tráfico de droga e armas. Tudo sob a égide do fairplay e do amor pelo jogo. É deste mundo obscuro que trata este livro de investigação inédita, do jornalista desportivo e escritor Luís Aguilar que desvenda os bastidores desta organização que representa o futebol, o desporto mais amado no mundo.

Sobre o autor:
Luís Aguilar nasceu no Entroncamento, a 23 de Fevereiro de 1982. Jogada Ilegal (Esfera dos Livros, 2013) é o seu sexto livro. Antes escreveu Jogo Sujo (biografia do ex-futebolista Fernando Mendes), Sexo, Morte e Futebol (romance), El Portugués parte I e parte II (as duas biografias de Paulo Futre) e Correio de Droga (não-ficção). Começou por estudar Antropologia, mas foi no jornalismo que desenvolveu os seus primeiros trabalhos e o gosto pela literatura. Tem colaborado com diversas órgãos de comunicação, entre os quais se destacam Record, A Bola, Sábado, Playboy e SIC.

Título: Os Melhores Truques de Futebol

Coleção: Fora de Coleção
P.V.P: 4,95 €
Páginas: 64


Ronaldo, Messi, Iniesta, Marta e muitos outros – os melhores futebolistas do mundo – encantam os fãs com os seus truques surpreendentes, desde as famosas pedaladas duplas ao incrível pontapé de letra, sem esquecer o «croquete» e a rotação de 360 graus.

Este livro apresenta as maiores estrelas do futebol mundial e explica as suas jogadas mais importantes. Com a ajuda de ilustrações claras e textos muito simples, são descritos os vários passos dos 30 truques mais conhecidos. Com algum treino é possível aprender e reproduzir todos os truques.



 
 

Dias de Paixão - Sarah Pekkanen [Opinião]

Título: Dias de Paixão
Autor: Sarah Pekkanen
N.º de Páginas: 352
PVP: 16,99€ 

Sinopse:
Quatro mulheres juntam-se com os seus maridos para uma semana paradisíaca na Jamaica, em pleno mar das Caraíbas. O motivo da reunião é o aniversário de Dwight, um amigo dos tempos da faculdade, que de rapazinho tímido e inseguro se transformou num empresário rico e bem-sucedido.
Todas elas anseiam fugir temporariamente às suas vidas. Tina sente o peso e o cansaço de ser mãe de quatro crianças pequenas. Allie está abalada pela notícia de que uma doença genética degenerativa é comum na sua família. Savannah carrega o segredo da infidelidade do marido. Finalmente, Pauline, a mulher que não olha a despesas para organizar ao seu marido rico aquela festa inesquecível, esconde segredos de Dwight, e espera, com esta semana, reparar as falhas no casamento de ambos.
O que começa por ser uma semana idílica, com lânguidas horas passadas numa praia privada, jantares gourmet, aventuras radicais e noites de paixão, transforma-se em algo mais profundo com a chegada de uma poderosa tempestade que acaba por atingir a ilha. Redemoinhos tumultuosos atingem este grupo, forçando cada uma das mulheres a reavaliar tudo o que sabe sobre os seus amigos, e sobre si própria, sobre o amor e sobre a paixão.

A minha opinião: 
Quem não gostaria de, num dia banal, receber pelo correio um convite para viajar para um lugar paradisíaco, com tudo pago? Savanah, Tina e Allie recebem um convite para viajarem para a Jamaica (com os respectivos maridos), por parte de Dwight um rapaz que não vêem desde os tempos da faculdade.

Mas este convite fá-las pensar seriamente nas suas vidas. Tina vive um casamento de sonho com Gio, mas os quatro filhos de ambos levam-na a um estado de desmazelo, sem ter tempo para ela, vivendo unicamente em função da família. Allie, casada com Ryan, com suas filhas pré-adolescentes, vive na incerteza de poder "herdar" uma doença congénita que matou o seu pai e o seu avô. Savanah, deseja imenso ir na viagem, mas ainda não ganhou coragem para dizer às suas amigas que o seu casamento acabou, que foi traída pelo marido. E Pauline, a anfitriã, que organizou toda a viagem para o seu marido, mas que guarda segredos sobre a sua própria família que nem o marido sabe.

Quando chegam à Jamaica, sob a perspectiva de uma tempestade tropical, todas estas mulheres nem sonham que vai ser as suas próprias vidas que vão sofrer uma reviravolta, um espécie de tempestade pessoa. Além de uma viagem de descanso, mas também de diversão, esta vai servir também para uma introspecção daquilo que é a vida de cada uma. Aquilo que fizeram e que podiam ter feito de outra forma, a sua vida actual, as doenças congénitas e degenerativas que poderão padecer, amores antigos que surgem agora, os filhos...
Este foi o meu primeiro livro de estreia de Sarah Pekkanen, mas arrebatou-me. De uma forma leve, descontraída, a autora leva-nos a pensar na nossa própria vida, e a rever-nos em cada uma destas personagens.

Muito bom.
 

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Porto Editora: "A Sentinela" é o novo livro de Richard Zimler

A 4 de outubro, chegam às livrarias o mais recente romance de Richard Zimler, A Sentinela, e ainda O Último Cabalista de Lisboa, que catapultou o autor para o sucesso internacional. É com estes dois livros que a Porto Editora inicia a publicação da obra deste escritor americano radicado em Portugal, cujos livros podem ser encontrados por toda a Europa, Estados Unidos e Brasil.
Conhecido pelos seus romances históricos, Richard Zimler surpreende-nos desta vez com A Sentinela, um policial psicológico passado na Lisboa dos nossos dias, em que o olhar do autor está sempre presente, denunciando os erros que têm vindo a marcar a nossa sociedade.

Título: A Sentinela
Autor:
Richard Zimler
Tradução: José Lima
Págs.: 424
PVP: 16,60 €


Sobre A Sentinela:
6 de julho de 2012. Henrique Monroe, inspetor-chefe da Polícia Judiciária, é chamado a um luxuoso palacete de Lisboa para investigar o homicídio de Pedro Coutinho, um abastado construtor civil. Depois de interrogar a filha da vítima, Monroe começa a acreditar que Coutinho foi assassinado ao tentar defender a perturbada adolescente do violento assédio sexual de algum amigo da família. Ao mesmo tempo, uma pen que o inspetor descobre escondida na biblioteca da casa contém alguns ficheiros com indícios de que a vítima poderá também ter sido silenciada por um dos políticos implicados na rede de corrupção que o industrial montara para conseguir os seus contratos.
Tendo como pano de fundo o Portugal contemporâneo, um país traído por uma elite política corrupta, que sofre sob o peso dos seus próprios erros históricos, Richard Zimler criou um intrigante policial psicológico, com uma figura central que se debate com os seus demónios pessoais ao mesmo tempo que tenta deslindar um caso que irá abalar para sempre os muros da sua própria identidade.


Título: O Último Cabalista de Lisboa
Autor:
Richard Zimler
Tradução: José Lima
Págs.: 352
PVP: 15,50 €

O ÚLTIMO CABALISTA DE LISBOA
Em abril de 1506, durante as celebrações da Páscoa, cerca de dois mil cristãos-novos foram mortos num pogrom em Lisboa e os seus corpos queimados no Rossio. Reinava então D. Manuel, o Venturoso, e os frades incitavam o povo à matança, acusando os cristãos-novos de serem a causa da fome e da peste que flagelavam a cidade.
Berequias, sobrinho e discípulo de Abraão Zarco – iluminador e membro respeitado da célebre escola cabalística de Lisboa –, vai encontrar o tio e uma jovem desconhecida mortos na cave que servia de templo secreto desde que a sinagoga fora encerrada pelos cristãos-velhos. Um valioso manuscrito iluminado também desapareceu do seu esconderijo. Estarão os dois incidentes relacionados? Terá sido um cristão ou um judeu, como os indícios fazem crer, a assassinar o tio? Quem será a rapariga morta?
Publicado originalmente em Portugal, O Último Cabalista de Lisboa é um extraordinário romance histórico, que catapultou o seu autor para um sucesso internacional, tendo sido publicado em toda a Europa, nos Estados Unidos e Brasil, onde depressa se tornou um bestseller.

EVENTOS DE LANÇAMENTO
Lisboa:
Dia 8 de outubro, às 18:30, no El Corte Inglés de Lisboa.
Apresentação de Daniel Sampaio
Porto:
Dia 2 de novembro, às 17:00, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no âmbito do Porto de Encontro.
Apresentação de Elisa Ferreira


Sobre o autor:
Richard Zimler nasceu em 1956 em Roslyn Heights, um subúrbio de Nova Iorque. Fez um bacharelato em Religião Comparada na Duke University e um mestrado em Jornalismo na Stanford University. Trabalhou como jornalista durante oito anos, principalmente na região de São Francisco. Em 1990 foi viver para o Porto, onde lecionou Jornalismo, primeiro na Escola Superior de Jornalismo e depois na Universidade do Porto. Tem atualmente dupla nacionalidade, americana e portuguesa. Desde 1996, publicou dez romances, uma coletânea de contos e dois livros para crianças.

Ideias de Ler: O livro da supermulher apresentado em Lisboa e Porto

A 20 de setembro, a Ideias de Ler publica De Corpo e Alma, o livro da supermulher, da autoria de Alexandra Macedo, diretora da agência Best Models. O livro vai ser apresentado por Marisa Cruz, tanto em Lisboa (dia 24, El Corte Inglés, 18:30) como no Porto (dia 25, Palácio do Freixo, 18:30).

Mais informações sobre o livro aqui

 

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Claudio Magris em Portugal para receber o primeiro Prémio Europeu Helena Vaz da Silva


O autor de Danúbio, considerado um dos livros mais importantes sobre a cultura europeia, virá a Portugal em outubro para receber o Prémio Europeu Helena Vaz da Silva para a divulgação do Património Cultural.
Instituída pela Europa Nostra, pelo Centro Nacional de Cultura e pelo Clube Português de Imprensa, a distinção foi atribuída ao escritor italiano por um júri que destacou “uma obra notável sobre a identidade europeia, como realidade diversa que se deve preservar enquanto património material e imaterial”.
Do autor a Quetzal já publicou, para além de Danúbio, E Então Vai Entender, A História Não Acabou e Às Cegas. No dia 18 de outubro chega às livrarias Alfabetos, um conjunto de ensaios sobre literatura.

Sobre o autor:
Claudio Magris nasceu em Trieste, em abril de 1939. É romancista, ensaísta e colabora regularmente com revistas e jornais europeus, nomeadamente o Corriere della Sera. Depois de uma passagem pela Universidade de Freiburg, foi professor de Língua e Literatura Germânicas na Universidade de Turim. Atualmente ensina na sua cidade natal. Magris exerceu também o cargo de Senador entre 1994 e 1996. Os seus livros contribuíram para o conhecimento literário da cultura europeia. Ano após ano, Claudio Magris é apontado como um dos favoritos ao Prémio Nobel da Literatura.


Novidades Civilização para Setembro

FICÇÃO/NÃO FICÇÃO

Título: Regresso ao Suez – Stevie Davies
Autor: Stevie Davies
N.º de Páginas: 400
Tradução: Maria João Freire de Andrade
Capa: Mole
PVP: 17,90€

Sinopse: 
Regresso ao Suez é um drama humano e político envolvente, passado no período pós-guerra quando a Grã-Bretanha, o vencedor falido da Segunda Grande Guerra, tentou assumir-se como potência imperial num mundo totalmente alterado. O romance tem lugar imediatamente antes da Crise do Suez, que acabou por ser um modelo das futuras invasões do Iraque e do Afeganistão.
Nesta história comovente, a tragédia de Joe é a de um trabalhador comum da sua geração: e um homem encantador, bem-humorado e sentimental em quem a dose comum de racismo e misoginia ganha proporções doentias e dolorosas.
Ailsa, inteligente, curiosa e ansiosa por explorar a realidade do Egito a que acaba de chegar, conhece, na viagem, Mona, uma palestiniana que a incentiva a desejar um mundo que está para lá dos seus horizontes. Quando o melhor amigo de Joe é assassinado por terroristas egípcios, a relação entre Joe e Ailsa entra numa espiral de tragédia. Apesar de tudo, o amor resiste. Na velhice, a sua filha Nia recorda o passado e segue o rasto dos pais, atravessando o Canal do Suez acompanhada da agora idosa Mona. Foi dito a Nia que o seu pai era um herói da guerra: agora ela irá encarar uma dolorosa verdade.

Título: Vasco da Gama – O Caminho da Índia
Autor: Elaine Sanceau
N.º de Páginas: 240
Tradução: António Álvaro Dória
Capa: Mole
PVP: 13,99

Sinopse:
O relato da mais extraordinária aventura da era das descobertas: uma viagem épica, liderada pelo génio, coragem e perseverança daquele que foi uma das maiores figuras da história universal da navegação.
A 8 de julho de 1497, Vasco da Gama largou amarras do Tejo em demanda da Índia. A sua viagem, a mais difícil e perigosa até então empreendida, pode considerar-se o início de uma época, não só do ponto de vista  náutico e geográfico, mas também do político. Foi Vasco da Gama o pioneiro que pôs em contacto para sempre as civilizações de dois continentes. O intercâmbio por ele iniciado jamais voltou a interromper-se. As suas repercussões foram tão vastas e as suas consequências tão múltiplas, que é para duvidar se qualquer outra exerceu tal influência na Terra.


INFANTO-JUVENIL

Título: O Mistério das Grutas dos Assobios – A Ilha da Aventura
Autor: Helen Moss
N.º de Páginas: 168
Tradução: Mafalda Acebey
Capa: Mole
PVP: 8,50

Sinopse:
Quando o Scott e o Jack Carter têm de ficar com a sua tia-avó durante o verão, preparam-se para as férias mais aborrecidas de sempre. Mas depois conhecem a Emily e o seu amoroso cão, o Drift. A Emily mostra-lhes o farol, o castelo e as fantásticas grutas dos assobios. Segundo a lenda, quando as grutas pararem de assobiar, o castelo será atacado e é exatamente isso que acontece!
São roubados tesouros incalculáveis e a Emily e os rapazes estão determinados a investigar o caso. Como é que o tesouro foi roubado do castelo? Porque é que as grutas deixaram de assobiar? Será que os três amigos vão conseguir resolver o mistério a tempo de apanharem o ladrão?
Esta é a primeira de uma nova séria de emocionantes aventuras com muitos mistérios para descobrir!


Título: O Mistério do Fantasma da Meia-Noite – A Ilha da Aventura
Autor: Helen Moss
N.º de Páginas: 168
Tradução: Mafalda Acebey
Capa: Mole
PVP: 8,50

Sinopse:
Quando o Scott, o Jack e a Emily descobrem que está a ser rodado um filme no casarão das redondezas, não resistem a ir ver. Mas quando a deslumbrante atriz principal desaparece, os três amigos apercebem-se de que têm um novo mistério para desvendar! 
Será que a estrela do filme foi raptada por um fã louco? Será que fugiu com o namorado? Ou ter sótão do casarão e perturbado o lendário fantasma que o assombra? Este é o segundo intrigante mistério de uma nova série de fantásticas aventuras!
 

Porto Editora publica novo livro de Mário de Carvalho: A liberdade de pátio

Título: A liberdade de pátio
Autor:
Mário de Carvalho
Págs.: 104
PVP: 13,30 €

Após O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel, considerado pela crítica um dos melhores livros de 2012, a Porto Editora lança A liberdade de pátio, o novo livro de Mário de Carvalho. Nas livrarias a partir do dia 27 de setembro, esta novidade vai ser apresentada no início de outubro no festival literário Escritaria, onde Mário de Carvalho será o escritor homenageado.
As paixões, a resignação, a angústia ou a melancolia são alguns dos temas destas histórias que decorrem em universos diversos, a que o autor já nos habituou, sempre numa linguagem cuidada, sarcástica, rica e cortante.
O festival Escritaria decorre nos dias 4, 5 e 6 de outubro, em Penafiel. Brevemente serão anunciadas novas sessões de apresentação deste livro.

Sobre o livro:
Um homem é incumbido de transportar uma estranha caixa contendo uma cabeça. Um excelso professor vê-se condenado a passar o resto dos seus dias numa prisão deveras invulgar. A história por detrás da internacionalização de uma das maravilhas culinárias de Portugal. Quatro professores reformados que o destino uniu num jardim municipal decidem aliar as suas bibliotecas. Um frequentador assíduo do metro calha em faltar com a sua palavra, despertando a indignação de um dos funcionários. Um comandante da Marinha incapaz de aceitar um não. As memórias da iniciação sexual de um jovem, num tempo em que os tios tomavam a seu cargo essa tarefa. Sete contos. Sete histórias que representam a multiplicidade de registos na escrita inigualável de Mário de Carvalho.

Sobre o autor:
Mário de Carvalho nasceu em Lisboa em 1944. O seu primeiro livro, Contos da Sétima Esfera, causou surpresa pelo inesperado da abordagem ficcional e pela peculiar atmosfera, entre o maravilhoso e o fantástico. Desde então, tem praticado diversos géneros literários, percorrendo várias épocas e ambientes, sempre em edições sucessivas. Nas diversas modalidades de Romance, Conto e Teatro, foram atribuídos a Mário de Carvalho os prémios literários portugueses mais prestigiados (designadamente os Grandes Prémios de Romance, Conto e Teatro da APE, o prémio do Pen Clube e o prémio internacional Pégaso). Os seus livros encontram-se traduzidos em várias línguas.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Novidades Planeta para Setembro

Título: A Voz dos Deuses - A Idade dos Cinco – Livro III
Autor: Trudi Canavan
PVP: 21,95 €
N.º de Páginas: 552 páginas
Disponível a partir de 19 de Setembro

Depois de A Sacerdotisa da Luz, e O Tecedor de Sonhos, chega agora o último livro desta trilogia, que tem cativado os fãs de autores como George R.R. Martin e Juliet Marillier.
Uma fascinante e envolvente saga de um mundo mágico, de heróis e heroínas, de deuses e de amores proibidos.
Uma história que chega agora ao fim, soberbamente escrita, e uma trama intensa que tornam este livro obrigatório para os amantes de fantasia com qualidade.
Como a promessa de paz morre, os dois povos estão mais uma vez a caminhar inexoravelmente para a guerra.
Apesar da sua esperança de paz como protectora de Siyee, Auraya não consegue evitar ser apanhada no meio do conflito. Ela sente que tem de escolher entre aqueles que ama e os que jurou servir. Mirar desfruta a aceitação e o respeito que recuperou entre o seu povo, e Emerahl é por fim capaz de se juntar aos Pensadores para a busca do Pergaminho dos Deuses.


Título: O além existe
Autor:
Therese Cheung
PVP: 16,65€
N.º de Páginas: 224
À venda a partir de 19 de Setembro

Uma nova e surpreendente colecção de histórias verídicas de pessoas que tiveram experiências de quase-morte ou contacto com o outro lado.

Depois do êxito dos guias espirituais Um Anjo Chamou por Mim, Um Anjo ao Meu Lado, Como Ver, Ouvir e Sentir os Nossos Anjos e Um Anjo Falou Comigo, Theresa Cheung, a autora dos best-sellers mais lidos do jornal Sunday Times, responde às grandes questões que todos queremos saber em algum momento das nossas vidas. O que acontece quando morremos?
Será que um dia remos rever os nossos entes queridos?

Existe vida após a morte?
O objectivo de Theresa Cheung é partilhar com os leitores o conhecimento de que existem respostas, esperança e vida no meio do caos, da incerteza e da morte.
A autora ensina os leitores a procurar os sinais de comunicação dos espíritos e como os podemos desenvolver.
Um aviso poderoso e reconfortante de que há mais à nossa espera.

Theresa Cheung é uma estudiosa de anjos, guias espirituais, sonhos e visões da outra vida, e sente que os  anjos guiam e orientam a sua vida e escrita. Ela própria teve também várias experiências angélicas, algumas das quais partilha neste livro.

Sobre a autora:
Theresa Cheung nasceu numa família de espiritualistas com poderes psíquicos. Desde que se formou no King’s College, em Cambridge, tem estado envolvida no estudo sério dos fenómenos paranormais, há mais de 25 anos, tendo sido aluna do College of Psychic Studies, em Londres. É autora de diversos livros, incluindo o best-seller internacional The Element Encyclopedia of 20,000 Dreams, bem como The Element Encyclopedia of the Psychic World, The Element Encyclopedia of Birthdays e Working with Your Sixth Sense.
Os seus livros já foram traduzidos em mais de 20 línguas e objecto de artigos nas revistas It’s Fate, Spirit and Destiny e Prediction. Colaborou também em livros de Derek Acorah, Yvette Fielding e Tony Stockwell.Editou em Portugal, na Planeta, os livros Um Anjo Chamou por Mim, Um Anjo ao Meu Lado,  Como Ver, Ouvir e Sentir os Nossos Anjos e Um Anjo Falou Comigo.

Título: Desenvolva uma Mente Prodigiosa
Autor: Ramón Campayo
N.º de Páginas: 240
PVP: 15,90 €
Disponível a partir de 19 de Setembro

Todos nós podemos aperfeiçoar e desenvolver a nossa mente até limites que nunca imaginámos. Para isso, basta desejá-lo, aceder a um método eficaz e usar este manual de neurofitness.
Com uma ampla experiência didáctica, e com numerosos recordes  mundiais de memorização, Ramón Campayo apresenta-nos um manual de ginástica mental, com um conjunto de métodos, técnicas e exercícios que permitem:
Aumentar a capacidade de concentração.
Aumentar a velocidade e capacidade de leitura e compreensão do que foi lido.
Melhorar a capacidade de retenção e memorização.
Preparar e desenvolver técnicas de estudo efectivas, com o objectivo de conseguir um melhor desempenho.
Um instrumento fundamental para estudantes, para prepararem exames de forma prática, rápida e eficaz. Mas também essencial para os que querem multiplicar a sua força mental e utilizá-la no seu dia-a-dia.
Ramón Campayo vem a Lisboa nos dias 5, 6 e 7 de Outubro para participar no IV Campeonato Mundial de Memória. O autor está inteiramente disponível para entrevistas.

Nunca se esqueça: se entender os segredos da sua mente e como utilizá-la correcta e positivamente, poderá acabar com grande parte das suas preocupações.
«Os exercícios de neurofitness que nos são propostos por Ramón Campayo incentivam a actividade plástica do cérebro, ampliando e reforçando as suas múltiplas aptidões e talentos. É lícito acreditar que um cérebro activo e estimulado por diferentes desafios se revele mais perspicaz, mais hábil e naturalmente mais capaz de responder às solicitações do pensamento.» Nelson S Lima, director do Instituto de Inteligência, in prefácio

Sobre o autor
Ramón Campayo detém todos os recordes mundiais de memória rápida. Bateu mais de 100 recordes do mundo, participou em mais de 60 torneios internacionais, e permanece imbatível. Entre as suas proezas, destacam-se:
 Primeiro classificado no Campeonato do Mundo aberto de memória rápida realizado nos dias 28 e 29 de Abril de 2007 em Espanha.
Primeiro classificado nos Campeonatos Mundiais realizados em 2009 em Munique e em 2011 em Roma.
Memorizou 23 200 palavras em 72 horas, após as ouvir uma só vez, recordando a posição exacta de cada palavra e a sua ordem. De 500 palavras escolhidas à sorte acertou 498 e falhou duas.
Enumerou todas as cartas sem erros de seis baralhos de 240 cartas dispostas numa mesa, sem as ver, após as ouvir uma só vez de forma aleatória, em 18 minutos.
Memorizou meia lista telefónica, sinais estranhos, figuras, cores.
A sua velocidade de leitura compreensiva é superior a 2500 palavras por minuto, 12 vezes superior a um estudante universitário.
A velocidade do seu cérebro é a mais alta conhecida.
Possui um QI de 194, um dos mais altos do mundo.
É o criador de Speed-Memory (www.speedmemory.com), programa e web oficiais para os torneios internacionais de memória rápida.

Título: Scarlet 
Autor: Marissa Meyer
N.º de Páginas: 384
PVP: 18,85 €
Disponível a partir de 19 de Setembro

Em Cinder, o primeiro livro, recontava-se a história da Cinderela. Neste segundo livro, ficamos a conhecer a história futurista do clássico Capuchinho Vermelho.
Neste livro temos duas histórias paralelas: a continuação das aventuras de Cinder que se cruza com Scarlet, uma rapariga do campo que vive no outro lado do mundo e que se depara com o misterioso  desaparecimento da sua avô.
A par destas duas personagens femininas não podia falta uma nova personagem masculina – Wolf -, enigmática e fascinante que irá cativar os leitores.
A história revela-nos mais sobre a vida de Cinder na Terra, da sua natureza cyborg e a plena consciência dos seus dons particulares e da sua natureza lunar...
«Este conto futurista do clássico Cinderela, será do agrado de quem leu o original e dos que nunca o leram. Marissa Meyer é brilhante na forma como pega na história e a rescreve com grande imaginação, que nos transporta para uma outra dimensão» Publishers Weekly
Cinder elabora um plano para fugir da prisão e, se for bem-sucedida, irá tornar-se a fugitiva mais procurada da Comunidade.

Do outro lado do mundo, a avó de Scarlet Benoit desapareceu. Scarlet entra em pânico e, na sua busca, acaba por descobrir que existem muitas coisas sobre a avó que desconhece, assim como ignorava o grave perigo que correu toda a vida.
Quando Scarlet encontra Wolf, um lutador de rua que poderá ter informações sobre o paradeiro da avó, sente-se relutante em confiar nele, mas ao mesmo tempo sente-se inexplicavelmente atraída. Scarlet e Wolf tentam desvendar o mistério do desaparecimento da avó, mas deparam-se com outro quando encontram Cinder.
Além de todos os problemas em que estão mergulhados, ainda terão de antecipar os passos da maléfica rainha Levana, que fará qualquer coisa para que o belo príncipe Kai se torne seu marido, seu rei, seu prisioneiro.
 «Meyer cria aqui um conto de fadas feminista para os adolescentes modernos.» Wall Street Journal

Sobre a autora:
Vive em Tacoma, Washington, na companhia do marido e de dois gatos. É fã de coisas bizarras, como Sailor Moon ou Firefly e organiza a biblioteca por cores. Desde criança que é apaixonada por contos de fadas, um mundo que não tenciona abandonar. Pode ser que seja cyborg, ou talvez não. Cinder é o seu primeiro romance.

Título: A Bibliotecária
Autor: Logan Belle
N.º de Páginas: 328
PVP: 17,76 €
Disponível a partir de 19 de Setembro

A vida controversa da lendária sex-symbol americana dos anos 50, Bettie Page, serviu de inspiração a esta história de sexo, excitante, sedutora, com personagens fortes e memoráveis, ambientada no universo dos livros. Best-seller nos EUA, Austrália, Nova Zelândia e Canadá.

Mais de um milhão de livros vendidos.
Sempre pensei em Bettie Page como um símbolo sexual. E quando  investiguei mais sobre a sua vida percebi que ela personificava o expoente máximo da sexualidade. Ela explorou a BDSM na sua vertente artística, numa altura em que era maioritariamente consumida por homens.
Bettie é o ícone perfeito deste momento actual de transição das Cinquenta Sombras de Grey para a cultura popular, onde a literatura e imagens de BDSM são agora consumidas pelas mulheres comuns. Ela inspirou-me e senti que precisava de escrever o meu tributo ao legado que nos deixou: uma história sobre uma mulher que vai autodescobrir-se e despertar sexualmente. Ajudada por quem? Pelas imagens icónicas de Bettie Page.
O resultado está aqui à vista. Espero que goste!» Logan Belle
«Tem grande fluidez nas histórias múltiplas que se fundem perfeitamente. As cenas de sexo são muito bem descritas, evitando a sordidez. Apenas dando pormenores suficientes para pintar um quadro sólido para o leitor, mantendo-se fiel ao seu próprio estilo». Romantic Times Book Reviews
«Uma das melhores escritoras de e-book na América.» The Washington Post
A jovem Regina Finch adora livros e sente-se feliz porque conseguiu o seu emprego de sonho: trabalhar na New York Public Library. Mas o que parecia ser a promessa de uma rotina tranquila no meio de clássicos da literatura revela-se um irresistível jogo de sedução quando conhece o enigmático Sebastian Barnes, mecenas da biblioteca e um dos homens mais cobiçados da cidade.
Um dia Regina descobre por entre os corredores do santuário bibliotecário uma tórrida cena sexual entre Sebastian e uma funcionária. Incapaz de desviar o olhar, esconde-se e observa. Uma mistura de repulsão e desejo consome Regina e uma paixão despertará na jovem sensações jamais imaginadas.
Sentindo-se perdida com o misto de emoções que sente, uma tarde repara num livro e mergulha na vida de Bettie Page, a rapariga ingénua que foi convertida na modelo-fetiche mais popular do mundo, e no próprio despertar sexual de Bettie Page.
Com estes trunfos, Regina espera descobrir a sua destreza sexual e seduzir o homem que ama.

Sobre a autora:
Logan Belle (pseudónimo de Jamie Brenner) tem a escrita erótica no seu currículo de livros publicados. Estreou-se na literatura com uma trilogia erótica intitulada Blue Angel, seguida de A Bibliotecária.
Os romances da autora estão traduzidos em várias línguas e têm obtido excelentes críticas, além de serem best-seller do New Yok Times. Vive em Manhattan, onde se ocupa da educação das duas filhas, que não têm permissão para ler os seus livros.




Novidades Gradiva para Setembro


Título: O Homem de Constantinopla
Autor: José Rodrigues dos Santos
Coleção: «Fora de Colecção» n.º 379
N.º de Páginas: 592
PVP:€22,00

Sessão de apresentação: 
Sessão apresentação do novo romance de José Rodrigues dos Santos – O Homem de Constantinopla -, em Lisboa. A sessão terá lugar no dia 21 de Setembro, sábado, pelas 17 horas, na Sociedade de Geografia de Lisboa, na Rua das Portas de Santo Antão, n.º 100 (ao Coliseu dos Recreios). O lançamento contará com uma breve sessão de Danças Orientais por Cris Aysel.

A ENTRADA É LIVRE.
http://www.gradiva.pt/?q=C/BOOKSSHOW/7477




Título: Biliões e Biliões - Pensamentos Sobre a Vida e a Morte no Limiar do Milénio
Autor: Carl Sagan
Coleção: «Obras de Carl Sagan», n.º 10
N.º de Páginas: 304
PVP: €17,95

Neste derradeiro livro da sua carreira fulgurante, Carl Sagan examina de forma brilhante questões candentes sobre a vida, o mundo e o universo. Estes ensaios luminosos e lúdicos atravessam simultaneamente a vastidão do cosmos e a intimidade da mente humana, analisando, entre outros, os temas fascinantes da origem do mundo, do seu final, do modo como poderemos combinar ciência e compaixão para responder aos desafios dos próximos séculos. Neste livro é ainda possível obter um vislumbre raro e privado dos pensamentos de Sagan sobre o amor, a morte e a espiritualidade, na altura em que o autor se debatia com a doença que o vitimou. Sempre de olhos no futuro e vibrante, com a centelha viva de uma curiosidade inesgotável, Biliões e Biliões só nos poderia ter sido legado por Carl Sagan, um dos espíritos mais irradiantes do nosso tempo.

Título: Cabo Verde e S. Tomé e Príncipe
Autor: Armindo do Espírito Santo
Empresariado como Fator de Desenvolvimento e Transformação: Outros Olhares Sobre a Economia
Coleção: «Fora de Colecção», n.º 398
N.º de Páginas: 424
PVP: €19,50

Um estudo no âmbito da economia do desenvolvimento que, embora manifestamente do interesse de todos os leitores e a eles acessível, foi feito com a seriedade e o rigor que o mundo académico exige e reconhece. Numa área de grande actualidade, o autor procede a um estudo comparatista entre Cabo Verde e S. Tomé e Príncipe no que diz respeito ao seu empresariado dito «informal». Analisa com exaustão e lucidez as diferenças encontradas, no que toca à atitude e às práticas, fornecendo vários exemplos e casos de estudo. Uma obra que, sem deixar de privilegiar o método quantitativo, procura noutras fontes, nomeadamente históricas, culturais e até espirituais, causas e razões para a diferença comportamental evidenciada pelos agentes económicos dos dois países em estudo. Um livro surpreendente, inovador e estimulante, essencial para a compreensão da realidade africana nos tempos da globalização.


Título: Mimi e os Piratas
Autor: Valerie Thomas e Korky Paul
Coleção: «Gradiva Júnior», n.º 140
N.º de Páginas: 28
PVP: €13,00

E se a Mimi se transformasse em pirata? E o Rogério em papagaio do pirata? Isto é, em papagaio da Mimi, que era pirata? Huumm, uma confusão, não é? Pois, é o que acontece neste livro e, como sempre nas aventuras desta bruxinha trapalhona e simpática, a confusão transforma-se em diversão e acaba tudo bem, graças à magia e à esperteza da Mimi. A não perder, esta nova aventura divertida da bruxa mais apreciada pelos pequenos leitores!



A não esquecer, publicado em Agosto:

Título: Como Governar um País - Um guia clássico para líderes actuais
Autor: Marco Túlio Cícero
Coleção: «Fora de Colecção», n.º 400
PVP: €9,50

Com uma actualidade desconcertante, este é o livro que todos - líderes e cidadãos - devem ler. Algumas lições de Cícero:

1) Os líderes têm de possuir um carácter e uma integridade excepcionais;

2) Deve-se manter os amigos perto - e os inimigos ainda mais perto;

3) «Inteligência» não é uma palavra feia: os que governam o país devem ser os melhores e os mais inteligentes da nação;

4) Nunca aumentem os impostos - a menos que não haja mesmo alternativa;

5) A corrupção destrói um país: a ganância, o suborno e a fraude minam um país a partir do seu interior, deixando-o fraco e vulnerável.


Um Bom Filho Volta Sempre é a novidade Matéria-Prima

Título: Um Bom Filho Volta Sempre
Autor: Fernando Alberca
Género: Livro Prático
Número de páginas: 224
PVP: € 15,50

Como educar e deixar crescer um adolescente com tranquilidade e sabedoria.
Descubra e aproveite a adolescência, aprenda a torná-la mais fácil (para si e para eles) e disfrute de uma fase decisiva na vida do seu filho.
Um livro de referência sobre a disciplina e psicologia na adolescência.
O que pensa e sente o adolescente?
Porque tem certos comportamentos e como devem reagir os pais?
Como se aumenta a auto-estima de um adolescente?
Como podemos interpretar os seus gestos e palavras?
Como fazê-lo compreender que os seus pais não são o inimigo e estão do seu lado, mesmo quando o corrigem?
De acordo com Fernando Alberca a adolescência é uma das fases mais importantes na definição da personalidade do ser humano. É aqui, mais do que na infância, que os pais podem ter um papel determinante e decisivo no que será o adulto de amanhã.
Com este livro os pais irão sentir-se mais seguros e orientados na relação nem sempre fácil com o seu filho adolescente.


Sobre o autor:
Fernando Alberca nasceu em Córdoba, em 1966. É licenciado em Filosofia e Letras, doutorado em Psicologia e Mestre em Neuropsicologia e Educação. Foi membro do Conselho Escolar do Principado das Astúrias e é assessor em Rendimento Escolar e Relações Familiares, Conduta da Criança e do Adolescente. Trabalha principalmente áreas como a Estimulação e Motivação da Inteligência, Auto-estima, Concentração, Memória, Técnicas de Estudo e Vontade da Criança e do Adolescente. Além da sua actividade como conferencista, colabora com os principais meios de comunicação social espanhóis. É casado e pai de oito filhos, com idades entre os 4 e os 18 anos.


Misery - Stephen King [Opinião]

Título: Misery
Autor: Stephen King

Tradutor: Magda Viana
N.º de Páginas: 480

PVP: 9€

Paul Sheldon, um escritor famoso de romances cor-de-rosa, tornado célebre pela personagem principal das suas obras, Misery Chastain. Porém, Sheldon entendeu que estava na hora de virar a página e decidiu "matar" Misery. É então que sofre um terrível acidente de viação e é socorrido por Annie Wilkes, uma ex-enfermeira que o leva para sua casa para o tratar. O que Paul não sabe é que Annie, a sua salvadora, é também a sua maior fã, a mais fanática e obcecada de todas  -  e está furiosa com a morte de Misery.
Ferido e incapaz de andar, totalmente à mercê de Annie, Paul é obrigado a escrever um novo livro para "ressuscitar" Misery, como uma Xerazade dos tempos modernos nas mãos de uma psicopata tresloucada que há muito deixou de distinguir realidade de ficção .

Repleto de complexos jogos psicológicos entre refém e captor, Misery é uma obra de suspense e terror no seu estado mais puro.

A minha opinião:
Paul Sheldon é um escritor best-seller, arrecadando múltiplos seguidores dos seus livros. Escrevendo sobretudo para o público feminino, Sheldon criou uma personagem que o tornou famoso: Misery Chastain.

Mas Paul, decidido a mudar o rumo da sua vida, e com a ambição de prémios literários que o tornem um autor reconhecido, decide matar Misery, optando por focar a partir daí os seus livros para um público mais erudito.

O que Paul não imaginava é que numa noite de tempestade iria ter um acidente, que iria resultar no salvamento por parte da sua fã n.º 1: Annie Wilkes. O que o autor não imaginava é que além de ser sua fã, Annie foi antiga enfermeira em vários hospitais, e que esconde um passado sombrio.

Rapidamente Paul constata que algo de errado de passa com Annie já que no lugar de o tratar e o levar para o hospital, a mulher solitária mantém-no preso em sua casa obrigando-o a "ressuscitar" Misery e escrever uma nova história da saga.

A loucura de Annie é constantemente relatada sob a perspectiva do próprio Paul, o que melhora ainda mais a história. Com momentos macabros, King consegue prender o leitor, dando-lhe episódios emocionantes e ao mesmo tempo surpreendentes do que uma pessoa pode fazer a outra, caso não lhe seja feita a vontade. À medida que a história se vai desenvolvendo vai-se descobrindo o passado macabro de Annie, que ela guarda religiosamente numa espécie de diário feito por recortes de jornal. O que nos leva a pensar que o futuro de Paul naquela casa tem os dias contados.

O tom maquiavélico com que a mulher tem para com o seu prisioneiro, a forma dela ver a realidade, mostra ccada vez mais que esta sofre de perturbações mentais, levando-nos a estranhar como é que a polícia não anda mais por perto de sua casa... Ainda para mais sabendo que um escritor famoso está desaparecido.

Este é o segundo livro que leio de Stephen King e gostei bastante da forma como está descrito todo o horror pelo qual Paul passa, a forma tenebrosa que Annie o trata e a loucura de uma fã, que tudo faz para ler de novo um livro sobre a sua pesrsonagem.

Tem ainda outro lado, que é todo o processo criativo de uma escritor até à criação final, o horror de ver uma obra sua ser destruída, e a vontade de querer continuar a escrever, mesmo que as dores que sente sejam atrozes.

Muito bom.




Clube do Autor: Três novidades a 19 de Setembro nas livrarias

Título: A Epopeia do Eterno Navegador
Autor: Maria Antonieta Moreira Costa
PVP: 15,50 €
N.º de Páginas: 332

A VIDA ERRANTE E APAIXONADA DE LUÍS DE CAMÕES
Uma história que revisita um tempo glorioso e convida o leitor a navegar por mares desconhecidos

Em Lisboa, na época das descobertas, pululam escravos e vive-se uma atmosfera efervescente. Cristãos, judeus e mouros coabitam numa harmonia aparente, marcada pela ação repressiva da Inquisição. É neste tempo de mudança que Luís Vaz de Camões encontrará o seu primeiro amor proibido, fará grandes amigos e privará com o profeta Bandarra. Entre as intrigas palacianas e a aventura épica por terras de Magrebe e nos mares do Oriente, o poeta encontrará o seu destino.
Eis um romance que levará o leitor a uma viagem ao centro do mundo e a conhecer uma vida de amores e infortúnios, um fado cruel e duro, mas que Camões cumprirá, intrépido, legando-nos uma obra genial.

Sobre o autor:
Maria Antonieta Moreira Costa nasceu em Vila Nova de Famalicão em 1954. Com um mestrado em História e Cultura Medievais, tem dedicado a sua vida ao ensino e à investigação. Atualmente, é professora de História na Escola Secundária D. Sancho I e membro da Sociedade Portuguesa de Estudos Medievais. Tal como para os seus romances anteriores, O Segredo de Afonso III e A Sétima Profecia, para escrever este livro, a autora realizou pesquisas em diversas fontes documentais.

Título: A Minha Pequena Livraria
Autor: Wendy Welch
Tradução: Eugénia Antunes
PVP: 14,50 €
N.º de Páginas: 280

«Uma grande leitura.» People

A história de A Minha Pequena Livraria não é ficção, aconteceu. As pessoas são reais e a livraria existe. E também por isso, este livro é altamente recomendado a todos quantos têm um coração em forma de livro.
Wendy e Jack sempre sonharam ter uma livraria, por isso, quando trocaram os exigentes empregos por uma vida mais simples numa cidade mineira no interior dos Estados Unidos, aproveitaram uma inesperada oportunidade de perseguir esse sonho. E conseguiram. Contra todas as probabilidades, mas com muita determinação, otimismo, perseverança e um amor incondicional pelos livros, mais do que estabelecer um negócio, o casal consegue criar uma comunidade em torno da sua livraria.
Atualmente, Wendy e o marido, o cantor escocês Jack Beck, são donos da Tales of the Lonesome Pine Used Books, na pequena cidade de Big Stone Gap, nos EUA. A Minha Pequena Livraria conta a sua história e a forma como este casal, dois gatos, dois cães e três mil e oitocentos livros ajudaram uma pequena cidade a abrir o seu coração através do poder transformador dos livros. E eis a prova de que vale sempre a pena perseguir os nossos sonhos.

«Envolvente, perspicaz e sensível, esta história de vida ilustra o poder que os livros têm para unir as pessoas.» Booklist
«A escrita simples conquista-nos e o livro revela a importância de perseguirmos os nossos sonhos por mais impossíveis que pareçam.» Publishers Weekly
«Um livro cativante e recheado de personagens singulares.» Kirkus Reviews

Título: A Velocidade dos Objectos Metálicos
Autor: Tiago R. Santos
PVP: 12,50 € 
N.º de Páginas: 180

Tiago R. Santos, autor das séries “Conta-me como Foi” e “Liberdade 21” e dos filmes “A Bela e o Paparazzo” e “Call Girl”, estreia-se nos livros com A Velocidade dos Objectos Metálicos, um romance intenso e surpreendente que questiona os valores do mundo em que vivemos. Partindo do universo repressivo de um colégio de Lisboa, o livro segue a vida de alunos e professores, onde o passado e as experiências da adolescência estão sempre presentes, como tatuagens que nunca precisam de ser retocadas.
O livro retrata um universo marcado pela violência gratuita, o medo, a tentação do abismo e a amizade, que se manifestam de formas inesperadas. Deuses e homens procuram uma ordem, mas boicotam-se a eles próprios. A provar, a todo o momento, que o mundo dos adultos não é feito para crianças.

Sobre o autor:
Tiago Santos nasceu em Lisboa, em 1976. Depois de uma passagem por Nova Iorque, onde estudou guionismo, assinou, em 2007, o argumento de “Call Girl”, vencedor do Globo de Ouro nesse mesmo ano. Depois disso, já escreveu ou coordenou “A Bela e o Paparazzo” e as séries “Conta-me Como Foi” e “Liberdade 21”. É também crítico de cinema na revista Sábado e o seu mais recente argumento “Os Gatos Não Têm Vertigens”, realizado por António-Pedro Vasconcelos, estreará nas salas portuguesas em 2014.



segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Quetzal Editores: As Primeiras Coisas, estreia de Bruno Vieira Amaral na ficção literária

Título: As Primeiras Coisas
Autor: Bruno Vieira Amaral
Género: Romance
N.º de páginas: 312
Data de lançamento: 11 de outubro
PVP: 16,60
 A 11 de outubro, a Quetzal publica o primeiro romance de Bruno Vieira Amaral, que tem vindo a mostrar o seu talento literário em publicações periódicas e na blogosfera. As Primeiras Coisas é um mosaico de personagens marginais, inesperadas, carregadas de histórias que se ligam entre si: podíamos conhecê-los a todos, não morariam muito longe de uma grande cidade.

José Rentes de Carvalho sobre As Primeiras Coisas:
«É romance de desespero, de aflições corriqueiras e das que ultrapassam o entendimento. Há ali medo e morte, dor funda, negrume, uma sarabanda de vivências. Contudo, o que nas páginas desfila não são personagens ou arquétipos, sim gente que, mesmo quando recusa a norma, desperta genuínos sentimentos de compaixão e simpatia. Surpreendente, de rara e comovente beleza, o último parágrafo é de antologia. Relê-se para saborear, condensa-se nele a arte e o talento de Bruno Vieira Amaral, prova à saciedade que este "estreante" o é apenas na cronologia, mas na realidade escritor feito, um daqueles que sabem que a boa, a verdadeira prosa, é também música, a que nos eleva e redime.»
 
«Alguns dos textos foram publicados no blogue pessoal de BVA e a altíssima qualidade da prosa cria, em torno de “As Primeiras Coisas” (Quetzal), previsto para outubro, a expectativa do surgimento de mais um excelente escritor.» José Mário Silva, Atual, Expresso

A Humanidade inteira arde no Bairro Amélia, um lugar perdido na Margem Sul do Tejo, onde a História é reconstruída por personagens que raramente aparecem na nossa literatura.
Memórias, embustes, traições, homicídios, sermões de pastores evangélicos, crónicas de futebol, gastronomia, um inventário de sons, uma viagem de autocarro, as manhãs de Domingo, meteorologia, o Apocalipse, a Grande Pintura de 1990, o inferno, os pretos, os ciganos, os brancos das barracas, os retornados.
Quem matou Joãozinho Treme-Treme no terreno perto do depósito da água? O que aconteceu à virginal Vera, desaparecida de casa dos pais a dois meses de completar os dezasseis anos? Quem foi o homem que, a exemplo do velho Abel, encontrou a paz sob o céu pacífico de Port of Spain? Porque é que os habitantes do Bairro Amélia nunca esquecerão o Carnaval de 1989? Quem é que poderá saber o nome das três crianças mortas por asfixia no interior de uma arca? Onde teria chegado Beto com o seu maravilhoso pé esquerdo se não fosse aquela noite aziaga de setembro? Quantos anos irá durar o enguiço de Laura? De que mundo vêm as sombras de Ernesto, fabuloso empregado de mesa, Fernando T., assassinado a 26 de dezembro de 1999, Jaime Lopes, fumador de SG Ventil, Hortênsia, que viveu e morreu com medo de tudo? Quando é que Roberto, anjo exterminador, chegará ao bairro para consumar a sua vingança?

Sobre o autor:
 Bruno Vieira Amaral nasceu em 1978. Formado em História Moderna e Contemporânea pelo ISCTE, é crítico literário, tradutor e autor do Guia Para 50 Personagens da Ficção Portuguesa e do blogue Circo da Lama. Atualmente colabora com a revista Ler e é assessor de comunicação das editoras do Grupo Bertrand Círculo. As Primeiras Coisas é o seu primeiro romance.