sexta-feira, 20 de dezembro de 2013 | By: Maria Manuel Magalhaes

CSI - Comida sob Investigação premiado pelos GOURMAND AWARDS 2013



Uma vez mais, a Bertrand Editora vê um dos seus livros premiados pelos Gourmand World Cookbook Awards, prémios que distinguem anualmente livros de culinária e vinhos de todo o mundo. CSI – Comida Sob Investigação foi o livro português distinguido na categoria Best First Cookbook. Por isso, está também selecionado para competir com os vencedores dos outros países na mesma categoria para Best in the World. Os vencedores serão anunciados entre 20 e 21 de maio de 2014 em Pequim.

Planeta: Novidades Janeiro 2014

Título: Uma Duquesa em Fuga
Autor: Jennifer Haymore
N.º de Páginas: 312
PVP: 17,76 €
Disponível nas livrarias a partir de 2 de Janeiro

Depois de Um Toque de Perversão e Um Toque de Escândalo chega agora o novo livro da autora de top do romance feminino erótico.

O primeiro livro de uma das séries de maior êxito da autora: A Casa de Trent.
Um romance de sedução, intriga e traição – mas acima de tudo – de amor.
«Emocional, sensual e encantador, este romance de amor proibido é para saborear.» RT Book Reviews

Simon Hawkins, duque de Trent, está habituado aos escândalos. Os rumores e insinuações caíram sobre a Casa de Trent durante décadas, e Simon teve de limpar o nome de família. Vive por um rigoroso código de honra, mas quando tem de investigar o desaparecimento da mãe, o ilustre duque vai também encontrar a tentação, pois depara-se com a única mulher que amou que também é última mulher que devia desejar.
Sarah Osborne passou a vida a sonhar com o toque de Simon. Mas os duques não se interessam por criadas. Sarah acredita que, o beijo roubado despertou uma paixão que pode ser a sua ruína. Mas ao começarem um romance proibido, surgem inimigos dispostos a destruir o duque e tudo o que ele ama.
Simon vê-se preso numa teia de chantagem e, enfrenta uma escolha angustiante: sacrificar o futuro da família ou partir o coração de Sara.

Sobre a autora:
Jennifer Haymore teve uma vida de aventuras em criança: viajou pelo Pacífico Sul com a família num veleiro construído por eles. Os meses que passou no mar, às vezes calmo, por vezes em fúria, acendeu o seu amor pela aventura e romance. Trabalhou numa livraria e ensinou crianças, mas continuou sempre a escrever.
Descubra mais sobre a autora em www.jenniferhaymore.com

Título: Pela Mão dos Anjos
Autor: Maria Elvira Pombo Marchand
PVP: 17,76 €
N.º de Páginas: 208 páginas
À venda a partir de 02 de Janeiro

Um manual que nos vai ajudar a comunicar com os seres de luz e a partilhar a vida diária com os anjos, procurando que a espiritualidade seja uma experiência e não uma crença.

A autora, uma especialista em anjos, mostra-nos como aproveitar cada momento para encontrar a paz e a felicidade, através destes seres que nos acompanham e guiam durante toda a vida.
Maria Elvira Pombo ensina-nos ainda como comunicar com os anjos, sem precisarmos de possuir qualquer dom. Todos podemos dialogar com estes seres de luz. As respostas podem chegar através dos sonhos, da nossa intuição, ou dos sinais que se apresentam como coincidências ou pela meditação.
Com muito poucos relatos, a primeira parte do livro explica as técnicas da comunicação com os anjos. Na segunda, ficamos a conhecer as leis universais da energia, que na linguagem dos anjos se chama magia.
Estas leis são ferramentas espirituais práticas, profundas e poderosas que nos guiam para alcançarmos êxito e aproveitarmos cada momento da vida.

OFERTA
O livro inclui um baralho de 25 cartas que vão revelar o que cada arcanjo nos destina no dia-a-dia. A sua utilização está explicada no livro.

Sobre a autora:
Estudou administração de empresas na Universidade Xaveriana de Bogotá. Exerceu a sua profissão com êxito, durante doze anos como executiva no Citibank.
Nesse período, fez também uma especialização em marketing. A sua sensibilidade levou-a a estudar os anjos e, mais tarde, a aprofundar os seus conhecimentos pela mão de Doreen Virtue nos Estados Unidos, onde obteve o grau de ATP (Angel Therapy Practitioner) em 2001. Depois de terminar o curso, decidiu fazer uma paragem na sua carreira como executiva financeira e dedicar-se por completo a ensinar as pessoas a comunicarem com os seus anjos e guias.
Em 2002, abriu o seu consultório de Terapia com Anjos. Publicou Aventura con tus ángeles, un mensaje de luz (2006) e o livro de espiritualidade para crianças La oruga Michelle encontra Deus (2011), escrito com a sua filha Michelle. No seu terceiro livro, De la mano de los ángeles, manual para vivir (2011) resume todos os ensinamentos que recebeu destes seres de luz e considera-o o seu legado.
Através de seminários, livros e consultas privadas tem ensinado a milhares de pessoas a sentir e partilhar a sua vida diária com os anjos procurando que a espiritualidade seja uma experiência e não uma crença. Desta maneira, cumpre a sua missão e o seu sonho de contribuir para a evolução dos seres humanos através do amor.
Visite a sua página: www.terapiaconangeles.com

Título: BOM CAMINHO
Autor: Fausta Cardoso Pereira
N.º de Páginas: 144
PVP: 13,30€
Disponível a partir de 2 de Janeiro

Este livro é o último empurrão para uma viagem de que já ouviu falar, que até tem vontade de fazer, mas que por preguiça ou falta de coragem ainda não se pôs ao caminho.

Um relato pessoal, prático e inspirador, para todos os que queiram  fazer o Caminho de Santiago.
Se não sabe por onde começar, este é o livro de que precisa. Aqui está descrita a viagem pela parte mais percorrida e mais acessível do Caminho Português de Santiago. Comece no Norte de Portugal e vá até Santiago.
Reserve uma semana das suas férias e viva uma experiência única que o vai mudar por dentro e por fora – e fazer acreditar mais nas suas próprias capacidades de vencer obstáculos e barreiras que lhe parecem intransponíveis.

Fausta Cardoso Pereira tem uma vida «absolutamente normal», com uma carreira profissional e sem qualquer preparação física, mas com um dom de escrita muito especial e conta as suas motivações e aventuras para fazer o Caminho de Santiago duas vezes, de duas maneiras: primeiro de bicicleta, depois a pé. Uma voz de alguém que não faz o Caminho por motivos religiosos, desportivos ou turísticos mas que acredita – e nos faz acreditar – que: «o Caminho de Santiago é de todos os que o querem fazer», independentemente das motivações e das religiões de cada um. Um Caminho de descoberta e libertação espiritual contado por quem a viveu.

Para chegar ao fim do Caminho, o mais importante é fechar a porta de casa, ultrapassar a dependência dos gadgets, voltar a funcionar de uma forma mais ou menos medieval, seguindo setas e procurando indicaçõesaqui e ali. No fim de tudo, corpo e espírito despem-se da aceleração do dia a dia, e aceitam naturalmente o que corre, e o que não corre como planeado. No futuro, outros Caminhos se seguirão.

Sobre a autora:
Nasceu em 1977, em Lisboa. Estudou Publicidade, Marketing, Comunicação Social e Sustentabilidade.
Trabalhou como criativa copywriter, fez produção de cinema de animação e gestão de projectos na área da responsabilidade social. Alguns dos seus projectos foram premiados no Cinanima - Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho e pela Confederação Portuguesa de Voluntariado.

O SEU LIVRO DE BOLSO
LIVROS PEQUENOS COM GRANDES HISTÓRIAS

Modernos, práticos, funcionais e quase do tamanho do seu bolso para lhe fazer companhia onde quer que vá. Pequenos no tamanho e no preço, os novos livros da Planeta, da chancela Booket, aliam a qualidade de impressão à facilidade de manuseamento – são muito leves, flexíveis, podendo ser transportados enrolados – para que a leitura de grandes obras possa ser feita por todos, em qualquer lugar.
Agora, acabaram-se de vez as desculpas para quem não lê porque é caro. E chegou a solução para quem gosta de ler vários livros ao mesmo tempo e continuar a ter espaço para mais um na sua estante. Dois títulos imperdíveis que acompanham o leitor para qualquer lugar. Disponíveis a partir de 2 de Janeiro.

Título: Um Anjo deu-me a mão
Autor: Jacky Newcomb
PVP: €7,75

Título: Um Erro Inconfessável
Autor: Emma Wildes
PVP: €8,85







Três títulos da Esfera dos Livros premiados no Gourmand World Cookbooks Awards 2013

O livro Os Mistérios do Abade de Priscos. E outras histórias curiosas e deliciosas da gastronomia de Fortunato da Câmara (já em 2ª edição) ganhou na categoria de Best Food Literature Book.
O livro O Que faço hoje para jantar? de Joana Roque (em 6ª edição) ganhou na categoria de Best Easy Recipes Book

E, As Regras de Ouro da Nutricionista Ágata Roquette de Ágata Roquette (11ª edição) ganhou na categoria de Best Health and Nutrition Book

Este três livros ficam, automaticamente, apurados para o GOURMAND BEST IN THE WORLD cujos resultados serão anunciados em maio de 2014.
quinta-feira, 19 de dezembro de 2013 | By: Maria Manuel Magalhaes

Bom Natal!


Chancela da Editora Objectiva, Suma de Letras, tem página no Facebook

Uma vez que o catálogo da Suma de Letras Portugal, uma chancela da Editora Objctiva, está a crescer, esta decidiu criar uma página de Facebook completamente dedicada a estes livros.
Nesta página a editora vai dando conta das novidades da Suma de Letras e partilhará tudo o que for publicado sobre estes livros.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013 | By: Maria Manuel Magalhaes

As Primeiras Coisas é o livro do ano para a Time Out

O romance de estreia de Bruno Vieira Amaral foi ontem escolhido pela revista como o mais importante de 2013.
Publicado em outubro pela Quetzal Editores, As Primeiras Coisas, de Bruno Vieira Amaral, teve nos últimos meses uma entusiástica receção dos leitores e a confirmação da sua qualidade literária pela crítica e cobertura mediática em diversos meios.
Ontem, no anúncio dos Prémios Time Out Lisboa 2013, o romance que conta a história do Bairro Amélia foi apresentado como o melhor livro do ano.
O Grupo BertrandCírculo felicita, pois, o autor por esta distinção pública a fechar o ano de 2013 – sublinhando que a escolha incidiu sobre uma primeira obra.


Apresentações de Valter Hugo Mãe canceladas

A Porto Editora informa que todas as sessões de apresentação de A Desumanização, de Valter Hugo Mãe, agendadas para os dias 18, 19, 20 e 21 de dezembro foram canceladas, por motivo de doença do autor. Hoje, 18 de dezembro, o escritor ia estar em Coimbra, amanhã em Lisboa, sexta-feira na Póvoa de Varzim e sábado em Matosinhos e Gaia.

Porto Editora com uma centena de livros por um Natal solidário

Uma campanha a favor da UNICEF, uma campanha em associação com a SIC Esperança para implementar
Salas de Musicoterapia em instituições que trabalhem com autistas, o mesmo objetivo: ajudar.
A Porto Editora reuniu uma centena de títulos infantojuvenis cujas vendas revertem para duas campanhas de Natal solidário.
Uma das campanhas reverte a favor da UNICEF, uma parceria que a Porto Editora já mantêm há vários anos. Essa campanha envolve 40 títulos, que estão disponíveis nas livrarias e encontram-se sinalizados com um autocolante. Até ao próximo dia 24 de dezembro, por cada exemplar vendido daquelas edições, um euro (1 €) será entregue à UNICEF.
A outra campanha foi desenvolvida em parceria com a SIC Esperança, tendo o ALFA como protagonista. Nesta campanha, que envolve 60 títulos, entre os quais as bem-sucedidas edições do ALFA, o objetivo é ajudar a implementar Salas de Musicoterapia em instituições que trabalhem com autistas e que demonstrem capacidade de adoção do sistema gratuito de musicoterapia. Procura-se, assim, contribuir para a melhoria da qualidade de vida das crianças e jovens com Perturbação do Espetro do Autismo e respetivas famílias. Assim, e até 24 de dezembro, na compra de um livro infantil identificado com o autocolante da campanha, um euro (1€) reverterá a favor deste programa.

Página de Campanha ALFA | SIC Esperança:
http://www.portoeditora.pt/especiais/natalsolidario


terça-feira, 17 de dezembro de 2013 | By: Maria Manuel Magalhaes

O Rato Renato - Pierre Coran [Opinião]

Título: O Rato Renato
Autores: Pierre Coran, Marie-José Sacré
Edição/reimpressão: 2003
Páginas: 32
Editor: Edições Nova Gaia
PVP: 7,57€ 

A minha opinião:
Nesta altura natalícia não podia deixar de recomendar este livrinho que fez as minhas delícias, mas sobretudo da minha filha.
Requisitado na Biblioteca Municipal recentemente fiquei com vontade de comprar um para casa, tal a vontade de ter este rato maroto em casa.
Escrito em forma de verso, este livro de Pierre Coran conta a história de um rato maroto que faz do gato sapato. As travessuras de Renato vão sendo contadas de uma forma divertida, como se o rato de orgulhasse das asneiras que faz, fazendo com que o gato da casa seja sempre considerado culpado.
Só para terem uma ideia do que é o livro, que contém ilustrações querida e fofas, aqui está a imagem de uma página. Penso que não precisa de mais explicações.
O Rato Renato é um óptimo presente de Natal para os mais pequenos.

Muito bom!



Novidade: A Queda de Artur, de J. R. R. Tolkien - Inédito em Portugal

Título: A Queda de Artur
Autor:
J. R. R. Tolkien
Colecção: Obras de J. R. R. Tolkien
Preço: 22.25€
Pp.: 248

Inédito em Portugal
Edição organizada por Christopher Tolkien
Versão Bilingue

A Queda de Artur, a única incursão de J. R. R. Tolkien nas lendas do rei Artur da Bretanha, pode muito bem ser vista como a sua mais delicada e hábil aventura na métrica aliterativa do inglês antigo, tendo concedido à sua interpretação inovadora das antigas narrativas uma sensação penetrante da natureza grave e determinista de tudo o que é contado: da expedição ultramarina de Artur até às distantes terras pagãs, da fuga de Guinevere de Camelot, do regresso de Artur à Bretanha e da grande batalha naval, no retrato do traidor Mordred, nas dúvidas atormentadas de Lancelot no seu castelo francês.
Infelizmente, A Queda de Artur foi um dos seus vários poemas longos inacabados. Há evidências que terá começado a escrevê-lo no início dos anos 30 do século passado e estaria num estado suficientemente avançado para que o enviasse a um amigo perspicaz, que o leu com grande entusiasmo no final de 1934, e o incentivou a concluí-lo com urgência: «Tem mesmo de o terminar!» Contudo, foi em vão. Tolkien abandonou-o, em data desconhecida, ainda que alguns indícios apontem para 1937, o ano de publicação de O Hobbit e das primeiras incursões em O Senhor dos Anéis. Anos mais tarde, numa carta de 1955, disse que «esperava terminar um longo poema sobre A Queda de Artur», mas esse dia nunca chegou.
Associadas ao texto do poema, existem, contudo, várias páginas manuscritas; uma grande quantidade de rascunhos e experiências em verso, nas quais a estranha evolução da estrutura do poema é revelada, juntamente com sinopses narrativas e notas deveras significativas, ainda que desesperantes. Nestas últimas, é possível discernir associações claras, ainda que misteriosas, do fim de Artur com O Silmarillion e a amarga conclusão do amor de Lancelot e Guinevere, que nunca chegou a ser escrito.

Sobre os autores:
J. R. R. Tolkien nasceu a 3 de Janeiro de 1892 em Bloemfontein. Depois de ter servido na Primeira Guerra Mundial, Tolkien abraçou uma distinta carreira académica e foi reconhecido como um dos melhores filólogos do mundo. No entanto, é mais conhecido como o criador da Terra Média e autor das clássicas e extraordinárias obras de ficção como O Hobbit, O Senhor dos Anéis e O Silmarillion. As suas obras foram traduzidas para mais de 60 línguas e venderam milhões de exemplares em todo o mundo. Foi premiado com um CBE e um grau honorário de Doutor em Letras pela Universidade de Oxford, em 1972. Faleceu em 1973, com 81 anos.

Christopher Tolkien nasceu a 21 de Novembro de 1924 e é o terceiro filho de J. R. R. Tolkien. Nomeado por Tolkien como seu executor literário, tem-se dedicado, desde a morte do pai, em 1973, à edição dos escritos não publicados, nomeadamente O Silmarillion e as colecções intituladas Contos Inacabados de Númenor e da Terra Média e The History of Middle-earth (A História da Terra Média). Ele e a esposa vivem em Baillie, França, desde 1975.


«Egas Moniz - uma biografia» de João Lobo Antunes publicado no Brasil pela prestigiada editora Record

Título: Egas Moniz: Uma biografia
Autor: João Lobo Antunes
Género: Biografia/ Memória
N.º de páginas: 322
http://www.record.com.br/livro_sinopse.asp?id_livro=27705

A obra Egas Moniz – uma biografia da autoria do neurocirurgião português João Lobo Antunes acaba de ser publicada no Brasil pela prestigiada editora Record, (http://www.record.com.br/default.asp).

Egas Moniz – uma biografia é a primeira biografia de uma das mais fascinantes personalidades médicas do século XX, a quem se devem duas contribuições científicas fundamentais: a angiografia, uma técnica que permite a visualização dos vasos cerebrais, e a psicocirurgia, o primeiro tratamento cirúrgico de certas doenças psiquiátricas, agora ressuscitada em consequência de progressos tecnológicos recentes.

António Caetano de Abreu Freire Egas Moniz nasceu em 1874 em Avanca e formou-se na Universidade de Coimbra. A sua tese sobre “A vida Sexual” tornou-se num “best-seller”. Em 1911 transferiu-se para a Universidade de Lisboa como Professor de Neurologia. Até 1919 foi um político activo, chegando a Ministro de Negócios Estrangeiros no governo de Sidónio Pais, e chefiando a delegação portuguesa à Conferência de Versalhes no final da Grande Guerra.

Resultado de uma investigação objectiva, rigorosa e crítica que teve por base a consulta de numerosos documentos e cartas inéditos e o testemunho de colaboradores e familiares de Egas Moniz, esta obra da autoria de João Lobo Antunes contribui decisivamente para o melhor conhecimento de um português que para muitos permanece ainda uma figura obscura, que foi um político, um diplomata, um homem das letras e do mundo, um clínico de sucesso e um cientista improvável.

Sobre o autor: 

JOÃO LOBO ANTUNES licenciou-se em Medicina em 1967. Entre 1971-1984 esteve nos EUA como bolseiro da Fundação Fulbright. Trabalhou no Instituto Neurológico de Nova Iorque, sendo nomeado, em 1980, Professor Associado de Neurologia da Universidade de Columbia. No âmbito da sua tese de doutoramento dedicou-se à investigação em áreas de Neuroendocrinologia. Regressou a Portugal para ocupar a recém-criada cátedra de Neurocirurgia da Faculdade de Medicina de Lisboa. É autor de inúmeros artigos científicos e editor de vários livros sobre temas da sua especialidade.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013 | By: Maria Manuel Magalhaes

O Estranho Caso Ford - Donna Leon [Opinião]

Título: O Estranho Caso Ford
Autor: Donna Leon
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 288
Editor: Editorial Planeta
Edição de bolso
PVP: 8,85€

Sinopse:
Quando uma das alunas da sua mulher Paola o vai visitar, com um estranho interesse sobre a possibilidade de se investigar o perdão concedido ao seu avô por um crime cometido muitos anos antes, o Commissario Brunetti dá pouca importância ao assunto.
No entanto, sente-se intrigado e atraído pela inteligência e seriedade moral da rapariga. Quando ela aparece morta, esfaqueada até se ter esvaído em sangue, Claudia Leonardo deixa de ser apenas uma aluna de Paola e passa a ser um caso de Brunetti...
Enquanto investiga a vida de Claudia, descobre que esta não tem qualquer família. O único elo familiar que possui é com uma idosa senhora austríaca, que foi amante do avô. Brunetti cada vez mais intrigado desloca-se a casa da senhora e fica estupefacto com a imensa colecção de arte existente na casa da antiga amante. Quando esta também aparece morta o caso torna-se um beco sem saída e, quanto mais investiga mais segredos mórbidos descobre: a colaboração com os Nazis e o roubo de jóias italianas durante a guerra.
 
A minha opinião: 
Pertencente à série Brunetti (n.º 11) O Estranho Caso Ford foi dos livros que mais gostei de ler de Donna Leon.
Quando uma aluna de Paola (mulher do inspector Brunetti) se acerca dela para lhe fazer uma pergunta que quer que seja confidencial, mal imagina que isto vai desencadear em mais uma investigação para o seu marido. A aluna é Claudia Leonardo e deseja saber, através de Paola, se Guido Brunetti tem conhecimento de haver possibilidade de num processo legal, em que uma pessoa morreu, se mesmo assim poderá ser considerado inocente por um crime pelo qual foi condenado e sentenciado.
Achando a pergunta muito estranha Guido entra em contacto com Claudia porque para lhe responder à questão que coloca, terá de saber um pouco mais sobre a condenação. Claudia é evasiva e não pretende que o seu passado surja à tona. Mas depressa Guido chega ao cerne da questão: o que Claudia pretende é que o seu avô seja considerado inocente em relação a pinturas e obras de arte que adquiriu durante a Segunda Guerra Mundial.
Partindo para a investigação, Brunetti descobre que o avô de Claudia era suspeito de comprar obras de arte a baixo custo, numa altura em que os judeus precisavam a todo o custo de dinheiro para fugir para países neutros, vendendo-os posteriormente a um preço bem mais elevado.
Donna Leon aborda um campo bastante comprometedor para muitas famílias de antiquários. É sabido que houve muita gente a aproveitar-se das fraquezas dos judeus para prosperar. A Guerra é relatada também do ponto de vista dos italianos, um tema pouco aprofundado nos livros que tenho lido, que apenas centra a Guerra na Alemanha esquecendo-se um poucos dos países aliados à mesma.
Mais uma vez o sogro de Brunetti é uma peça fundamental na ajuda da resolução do mistério, mostrando ser conhecedor de Veneza, mas também de muitas pessoas ligadas a altas esferas da sociedade. O sogro é uma pessoa que não se mostra muito, bastante enigmático, o que torna os romances de Donna ainda mais interessantes e cheios de mistério.
Gosto de Guido, gosto de Paola e das cenas da vida familiar, que tornam os livros de Leon bem mais reais.
Relativamente ao tema, gostei bastante embora o título seja muito esclarecedor em relação à resolução do caso. Por causa do título depressa descobri que era ali que estava a solução do assassinato, embora não soube os motivos que levaram ao mesmo.