quarta-feira, 26 de março de 2014

O Bibliotecário - A. M. Dean [Opinião]

Título: O Bibliotecário
Autor: A. M. Dean
N.º de Páginas: 404
PVP: 17.90€

Inspirado em factos reais
Publicado em mais de 15 países

A antiga Biblioteca de Alexandria, um dos maiores tesouros da História, desapareceu sem deixar rasto.
Que mistérios escondia? Qual o verdadeiro poder dos livros da antiguidade?

"O Bibliotecário" é um romance rico e aliciante, baseado numa pesquisa histórica profunda. A história envolve um dos tesouros da Antiguidade e passa-se numa série de cenários exóticos e marcados pelo mistério, mantendo o suspense até ao último momento.
Arno Holmstrand, um reputado académico, deixa um conjunto de pistas à jovem professora universitária Emily momentos antes de ser assassinado. Esta inicia então uma busca tão inesperada quanto perigosa: a localização da biblioteca perdida de Alexandria. Durante sete séculos, o edifício guardou o maior património cultural e científico da Antiguidade. O mundo julga esse tesouro perdido para todo o sempre, mas as evidências levam Emily a questionar a história…

A minha opinião: 
Tendo como ponto de partida a Biblioteca Perdida de Alexandria, A.M.Dean conseguiu escrever um livro perfeito. Capítulos curtos, sempre com suspense entre eles e foi buscar um tema bastante interessante e que, ao longo dos séculos, tem criado sempre novas teorias. Será que a Biblioteca de Alexandria desapareceu mesmo? E onde poderá estar? Será que ardeu como foi sempre considerado? O seu desaparecimento continua a ser um dos grandes mistérios da antiguidade...

Quando o professor vedeta do departamento de História, Arno Holmstrand é assassinado no próprio gabinete, a sua ex-aluna, Emily Wess, apesar de lamentar a sua morte, nunca irá imaginar que terá de guardar um grande segredo.

A mudança na vida desta professora universitária está prestes a acontecer. Arno, guardava consigo o maior segredo, o mais importante, aquele que lhe dava poder e contava que a sua vida estava a chegar ao fim. Por isso mesmo, deixa todo o seu legado para Emily, uma aluna brilhante, que se estava a tornar numa professora também brilhante. A sua esperança é que esta seguisse as pistas que lhe deixou antes de morrer e partisse para a descoberta do que muitos há muitos anos desejam: a biblioteca perdida de Alexandria.

Venerando Arno, Emily nem hesita quando descobre a missão que lhe está destinada. Numa viagem desenfreada pela busca da biblioteca acompanhamos Emily por Oxford, a Alexandria e a Istambul. Três locais plenos de conhecimento e de antiguidade.

Mas Emily não está sozinha. Desconhecendo que está a ser seguida pelo denominado Conselho, um grupo que tenta há muito descobrir onde se encontra a biblioteca perdida. E tudo fazem para o descobrir, matando todos os que sabem alguma coisa em relação à mesma. São eles os assassinos de Arno e de outros crimes cometidos na mesma altura.

Gosto de livros assim, que nos tragam conhecimento de uma forma leve, mas precisa. Livros que nos fazem querer descobrir novos lugares e vivenciar as aventuras da protagonista. Gosto de livros que me façam querer saber mais, investigar mais. E este é um deles.



Sem comentários: