quinta-feira, 3 de abril de 2014

Amor & Enganos - Julia Quinn [Opinião]

Título: Amor & Enganos (Série Bridgerton - Volume III)
Autor: Julia Quinn
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 384
Editor: Edições Asa
PVP: 16,90€

Sinopse:
Sophie Beckett tinha um plano ousado: fugir de casa para ir ao famoso baile de máscaras de Lady Bridgerton. Apesar de ser filha de um conde, ela viu todos os privilégios a que estava habituada serem-lhe negados pela madrasta, que a relegou para o papel de criada. Mas na noite da festa, a sorte está do seu lado. Sophie não só consegue infiltrar-se no baile como conhece o seu Príncipe Encantado. Depois de tanto infortúnio, ao rodopiar nos braços fortes do encantador Benedict Bridgerton, ela sente-se de novo como uma rainha. Infelizmente, todos os encantamentos têm um fim, e o seu tem hora marcada: a meia-noite.

Desde essa noite mágica, também Benedict se rendeu à paixão. O jovem ficou até imune aos encantos das outras mulheres, exceção feita… talvez… aos de uma certa criada, que ele galantemente salva de uma situação desagradável. Benedict tinha jurado tudo fazer para encontrar e casar com a misteriosa donzela do baile, mas esta criada arrebatadora fá-lo vacilar. Ele está perante a decisão mais importante da sua vida. Tem de escolher entre a realidade e o sonho, entre o que os seus olhos veem e o que o seu coração sente. Ou talvez não…

A minha opinião:
Conheci os livros de Julia Quinn no ano passado, por intermédio do Prémio Literário da Blogosfera, uma vez que um dos seus livros estava nomeado na categoria de Romance Histórico.
Mais uma vez a família Bridgerton é protagonista, assim como os diversos bailes de época, que imperam na procura de os jovens casadoiros encontrarem um par.
Tal como no livro anterior Peripécias do Coração somos brindados pelas sábias palavras, quase como que uma revista cor-de-rosa se tratasse, de Lady Whistledown, que vai relatando o que se vai passando no meio da aristocracia. Lady Whistledown é, sem dúvida, a personagem que mais gosto, apesar de não se saber de quem se trata realmente.
Sophie Beckett é filha ilegítima de um conde, mas ele nunca a perfilhou, mantendo-a como sua protegida na sua própria casa. Dá-lhe a educação escolar como daria a qualquer filho seu, mas a convivência com esta é ténue. 
No entanto, a sua vida muda quando o conde decide casar com uma mulher interesseira. Juntamente com ela vêm as suas duas filhas que vão infernizar a vida de Sophie, que se transforma numa autêntica cinderela. 
É num baile de máscaras que Sophie se encontra com Benedict Bridgerton e ambos se apaixonam perdidamente. Mas só Sophie fica a conhecer a identidade do seu par de dança. Benedict não descobre nada sobre a beldade com quem dançou e que desapareceu, qual cinderela, à meia-noite, mas no lugar de lhe deixar um sapato, lhe deixa uma luva a cheirar a mofo com umas iniciais.
Mas é precisamente o sapato que vai fazer com que a madrasta descubra que ela esteve presente no baile e expulsa-a de casa.
Passam-se dois anos e o Sophie e Benedict encontram-se em circunstâncias estranhas. Mas não mais se largam...
Esta é uma autêntica história de amor, um pouco cliché e lamechas, mas muito ao estilo da autora.




1 comentário:

Neptuno_avista disse...

Quero tanto ler este livro! Mas já que as bibliotecas que frequento ou não têm, ou falta-lhes o segundo livro, não vou saltar obviamente... Estou a ficar com vontade de os comprar, já que adorei o primeiro livro :)
Beijinho