terça-feira, 10 de março de 2015

Adivinha Quem Sou - Megan Maxwell [Opinião]

Título: Adivinha Quem Sou
Autor: Megan Maxwell
Edição/reimpressão: 2015
N.º de Páginas: 424
Editor: Editorial Planeta
PVP: 18,85€

Sinopse:
Yanira é cantora num hotel em Tenerife. É solteira e vive rodeada pela família. A sua vida é calma e, de certo modo, acomodada. Mas Yanira gosta de experimentar coisas novas, e decide enveredar no mundo das trocas de casais. Num dos bares que frequenta conhece um italiano que lhe ensinará que o sexo vai muito mais além do que conhecia até então. Um ano depois, muda-se para Barcelona e começa a trabalhar como camareira num cruzeiro de férias chamado Espíritu Libre.
No navio também está Dylan, um atraente empregado da secção de manutenção que quase nem lhe liga, apesar dos contínuos sorrisos de Yanira.
O que ela não sabe é que ele a observa mais do que pensa e, apesar dos mal-entendidos que surgem entre eles a fazerem pensar o contrário, a atracção que sentem fá-los-á encontrarem-se e partilhar um sem-fim de jogos mórbidos, divertidos e sensuais.
Adivinha Quem Sou é um romance erótico onde se sentirá na pele da protagonista.
 
A minha opinião: 
É certo que não sou grande fã de livros eróticos, mas certo também é que Megan Maxwell me cativou com a trilogia Pede-me o Que Quiseres, a tal ponto que me levou a "devorar" os três livros de uma assentada e ainda a ler um quarto livro que retratava a vida de uma personagem bastante relevante naquela trilogia merecedora de um livro à parte.

Portanto, quando soube que a Planeta ia publicar mais dois livros da autora espanhola foi com grande expectativa que peguei neste Adivinha quem Sou. Doenças pelo meio (sim, apanhei mais uma forte gripe que me atrasou mais a escrita das opiniões e a leitura de alguns livrinhos), finalmente consegui passar para o blogue aquilo que senti ao ler o livro... e o que senti não foi o que estava à espera :(.

O primeiro livro desta duologia traz-nos Yanira, uma espanhola, natural de Tenerife, apaixonada pelas canções, mas cuja vida não tem sido nada fácil. Infeliz no amor, mas também no trabalho, não se coíbe de partir à aventura com a sua melhor amiga, e trabalhar num navio cruzeiro e fazer as tarefas de camareira. Aí vai conhecer o homem da sua vida, Dylan, mas este é um ser muito misterioso e, inicialmente, a jovem pensa, inclusive, que este é gay.

A história é bastante simples, mas torna-se um pouco irritante quando Yanira está constantemente a dar três alternativas (a, b, c) para a sua vida, tornando-se um pouco ingénua nas suas próprias decisões e um tanto ou quanto intempestiva.

Se calhar para quem já leu Adivinha quem Sou este livro soa um pouco a mais do mesmo. No entanto, estou curiosa para saber como se desenrola a história dos protagonistas já que ficou tudo em aberto no final do livro.    

Sem comentários: