terça-feira, 31 de março de 2015

Antes Que Morras - Samantha Hayes [Opinião]

Título: Antes Que Morras
Autor: Samantha Hayes
Edição/reimpressão: 2015
N.º de Páginas: 304
PVP: 17,69€

Sinopse:
Dois anos após uma assustadora vaga de suicídios entre adolescentes, a vila remota de Radcote começa a retomar a normalidade.
A inspetora Lorraine Fisher acaba de chegar para visitar a família, e o que encontra é uma atmosfera tensa e preocupante. A comunidade vê-se a braços com novas mortes misteriosas e até o seu sobrinho adolescente, Freddie, parece estar a afundar-se em pesadelos do passado.
Quando Freddie desaparece, Lorraine sabe que tem de agir rapidamente… antes que seja tarde demais.
Perverso, intenso e totalmente compulsivo, Antes Que Morras confirma Samantha Hayes como uma das grandes autoras de suspense da atualidade.

A minha opinião: 
Depois de ter lido Até que sejas minha em Julho do ano passado que estava ansiosa por um novo livro de Samantha Hayes. Antes que Morras trouxe o segundo caso de Lorraine Fisher e, mais uma vez, a detective acaba por entrar na história mais do que queria, visto que um familiar seu vai ser uma das vítimas.

Depois de ter gostado tanto do primeiro livro esperava um pouquinho mais deste, até porque demorei um pouco a entrar na história.

Quando Lorraine vai visitar a sua irmã não espera encontrar um ambiente tão sombrio. A sua irmã encontra-se separada do marido e o seu filho está a passar por uma fase bastante complicada. Mas é quando Freddie desaparece que tudo se desmorona.




Lorraine não consegue estar parada e começa a questionar a investigação da polícia local tanto no desaparecimento do seu sobrinho como no caso de várias mortes misteriosas que supostamente são tidas como suicídios.

Gostei sobretudo das personagens misteriosas que fomos conhecendo ao longo do livro, mas que não nos foram dando a conhecer na totalidade, por forma a não conseguirmos descortinar desde logo quem seria o assassino, mas a desconfiar de todos um bocadinho de cada vez. É isso que gosto num livro policial. E mesmo assim, que tenha a capacidade de nos surpreender no final. Por isso tudo lhe ter dado a mesma pontuação do livro anterior, as 4*, apesar de não me ter criado tanto impacto como o anterior. 



Sem comentários: