sexta-feira, 29 de maio de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Sessões de autógrafos para este fim-de-semana na Feira do Livro Esfera dos Livros



Proibido, uma ova! – o regresso do aclamado livro de António Costa Santos


Título: Proibido
Autor: António Costa Santos
N.º de Páginas: 216
PVP: 16,00 €
Género: Não Ficção/História de Portugal
Nas livrarias a 3 de Junho
Guerra e Paz Editores

Sinopse
É mais do que um livro, é uma viagem e um exercício para a sua imaginação

Já imaginou viver num país onde tem de possuir uma li­cença do Estado para usar um isqueiro?

☛Como será a vida num país onde uma mulher, para viajar, precisa de autorização escrita do marido e as enfermeiras estão proibidas de casar?

☛Haverá um país onde meçam o comprimento das saias das raparigas à entrada da escola, para que os joelhos não apareçam?

☛Imagina-se a viver numa terra onde não pode ler o que lhe apetece, ouvir a música que quer, ou até dormitar num banco de jardim?

Já nos esquecemos, mas ainda há poucos anos tudo isto era proibido em Portugal. Tudo isto e muito mais, como dar um beijo em público.

Sobre o autor:
É jornalista desde 1976. Traba­lhou, entre outros, nos semaná­rios Sete, do qual foi chefe de redacção, e Expresso, onde assi­nou durante cinco anos uma cró­nica sobre questões da vida quo­tidiana, o «Estado de Sítio».

Publicou um romance, livros de humor e para a infância, e é autor de guiões para cinema e televisão.

Tem 57 anos e quatro filhos, aos quais proibiu algumas coisas ao longo da vida, como bater nos mais fracos, faltar às aulas para ir jogar matraquilhos, deixar os discos fora das caixas, denunciar um colega ou pregar mentiras, com excepção das piedosas e em legítima defesa.

Fico feliz pelo regresso deste livro porque esta obra é realmente muito boa. Recomendo a sua leitura.

Novidades Planeta para junho

FICÇÃO NACIONAL 

Título: O Olhar e a Alma
Autor:
Cristina Carvalho

N.º de Páginas: 144 
PVP: 14,90 €
Disponível a partir de 3 de Junho


Cristina Carvalho reconstitui mais uma vida extraordinária, marcada pela paixão e pelo génio, numa obra que segue o percurso da sua vida, da sua arte e das mulheres – sempre as mulheres – que o amaram.


Um olhar perspicaz e intenso, que acompanha a escrita  de uma narradora poderosa e, também ela, apaixonada pelo extraordinário da vida.
Baseado na vida de Amedeo Modigliani, o mítico pintor italiano cuja obra é considerada uma das mais importantes do século XX e a vida apesar de inspirar um fenómeno de culto, não é, afinal, tão conhecida quanto se pensa, Cristina Carvalho regressa ao terreno da ficção biográfica com um romance que põe em cena o pintor, contando-nos ele próprio a sua vida sempre difícil, muitas vezes miserável, conduzida pela paixão à arte, amparada por mulheres apaixonadas e alguns raros homens que lhe reconheceram o talento. Da luta contra a doença desde a infância à luta pelo reconhecimento numa Paris onde o génio borbulhava em todo o tipo de manifestações e a concorrência era muitas vezes impiedosa, mas onde a generosidade e a solidariedade encontravam também terreno fértil, Modi será sempre um príncipe exilado, por quem as mulheres se apaixonam sem apelo, por quem Picasso nutrirá uma antipatia feroz, em quem Amadeo de Souza Cardoso verá o génio artístico que muitos outros se recusam a ver, oferecendo-lhe amizade e exposição no seu atelier.
Numa narrativa a duas vozes em que narradora e personagem alternam e complementam pontos de vista e onde irrompem algumas outras vozes de mulheres – apenas mulheres – das mais fortes que o amaram, Modigliani, o Olhar e a Alma ficará como uma composição literária que observa uma vida em busca das cores e do espírito que a moveram, da tragédia e do génio, da escuridão e da luz.


Alguém comparou a mulher que se viu voar naquela manhã da janela de um quinto andar de Paris a um anjo. Mas não era um anjo, era Jeanne:
Jeanne Hébuterne, a menina-viúva, grávida de nove meses, de um dos artistas mais desprezados em vida e mitificados na morte que o século XX viu surgir - Amedeo Modigliani.
Diz-se que no funeral de Modigliani, para além de artistas, amigos e população dos bairros boémios de Paris, abundavam os marchands, fazendo ofertas pelas obras que o pintor, que dependera da bondade de amigos para a sobrevivência básica, nunca conseguira vender. Tinha 35 anos e estava gasto.


Mais um livro de Cristina Carvalho para leitores de todas as idades, que faz dela uma das autoras mais fielmente presentes nas listas do Plano Nacional de Leitura.


Sobre a autora
Cristina Carvalho nasceu em Lisboa a 10 de Novembro de 1949. Durante a sua actividade profissional, contactou com milhares de pessoas e visitou inúmeros países, sendo a Escandinávia e o Oeste português as regiões que mais ama e que mais influência exercem sobre o seu imaginário e a sua personalidade enquanto transitório ser humano do sexo feminino, habitante do planeta Terra e, por acaso, escritora. Não por acaso, nesta sua actividade a que não chama profissional, é já autora de mais de uma dezena de livros, e outros seguirão.



FICÇÃO ESTRANGEIRA 

Título: Uma Noite Revelação - Vol. 3
Autor:
Jodi Ellen Malpas
N.º de Páginas: 416
PVP: 18,85 €
Nas livrarias a partir de 3 de Junho

Uma história de amor que expõe as fragilidades humanas.

Uma leitura viciante, intensa, muito feminina, que vicia o leitor desde as primeiras páginas.
Livy nunca conheceu um desejo tão absoluto, cativada e seduzida pelo belo Miller Hart, que a adora à sua maneira deliciosamente pecaminosa. Adivinha-lhe os pensamentos mais recônditos e arrasta-a
cada vez mais para o fundo no seu mundo perigoso.
Miller está disposto a tudo para garantir a segurança de Livy, mesmo que isso implique arriscar a própria vida. Mas o passado sombrio de Miller não é a única ameaça que paira sobre o futuro de ambos.
À medida que a verdade sobre a família de Livy se vai esclarecendo, vem a lume um paralelismo inquietante entre o passado e o presente.
Com o seu mundo desgovernado, Livy dá por si apanhada entre a exaltação de um amor que tudo absorve e uma obsessão fatal que os ameaça aniquilar.
Autora best-seller do The New York Times e do Sunday Times. Mais de 15.000 exemplares vendidos da primeira série, em Portugal.

Sobre a autora
Jodi Ellen Malpas nasceu em Northampton, onde vive com a família. Enquanto trabalhava na empresa de construção do pai foi cimentado a trama de a trilogia e criou a personagem de Jesse Ward.
Em 2012 decidiu autopublicar O Amante, o primeiro livro, e a massiva resposta das leitoras motivou-a a terminar a trilogia.
Catapultada para o número 1 do The New York Times, a trilogia Este Homem converteu-se no fenómeno do ano coroando Jodi Ellen Malpas como a nova rainha do romance erótico. Mais de um milhão de leitoras apaixonaram-se por Jesse... e agora por M.

Título: Tentadora ao Cair da Noite
Autora: Emma Wildes
N.º de Páginas: 264
PVP: 16,95 €
Disponível a partir de 3 de Junho


A premiadíssima autora, que conta com uma legião de fãs em Portugal, regressa com um novo romance repleto de amor e sensualidade

Um novo livro ao estilo de Uma Aposta Perversa e Lições de Sedução, que catapultaram a autora para o sucesso. Emma Wildes é já uma referência no romance histórico feminino, e seduziu irremediavelmente os leitores portugueses com os onze livros anteriores, já publicados pela Planeta. Dona de uma escrita envolvente, que combina na dose certa sensualidade e erotismo, Emma Wildes apimenta esta história, habilmente construída, com muito sexo e paixões avassaladoras.

O que acontece quando um admirador secreto persistente e intrigante tenta uma senhora virtuosa?
Sophie sabe que não deve sucumbir à tentação, mas quando descobre que o admirador que lhe envia presentes e bilhetes escandalosos é o jovem e delicioso visconde Breton, não pode deixar de se sentir lisonjeada e considera uma ligação. Ninguém saberá, porque essa será a oferta proposta.

 Julius Valacourt pode ter má fama, mas a mulher dos seus sonhos é ardilosa e está determinado a mudar a sua maneira de pensar. Quando sente que ela está na dúvida, intensifica a corte e concorda com todos os termos. Tudo parece correr de feição até que Sophie acaba com as suas fantasias.
Um caso secreto, apaixonado, que pode terminar em desastre social ou revelar-se uma extraordinária história de amor...

Sobre a autora:
Emma Wildes estudou na Universidade de Illinois é e licenciada em Geologia. Vive em Indiana com o marido e três filhos. Foi a autora n.º 1 do Fictionwise, WisRWA Reader’s Choice Award, vencedora na categoria de Romance Histórico em 2006, do Lories Best Published, e em 2007 vencedora do Eppie para o melhor romance erótico.
Livros publicados pela Planeta: Uma Aposta Perversa, Lições de Sedução, Um Homem Imoral, Um Erro Inconfessável, Pecados Escondidos, Sussurros Ousados, Traída pelo Destino, Paixão Escandalosa, Um Amor ao Luar, Um Rumor muito Inconveniente e Sedução nas Terras Altas.


NÃO FICÇÃO

Título: Tratar de Mim - Guia de Boas Práticas paa Viver Melhor
Autor: Teresa Barata
N.º de Páginas: 128
PVP: 13,50 €
Disponível a partir de 3 de Junho

Ouça o seu corpo. Ganhe em saúde e bem-estar.
Teresa Barata, Health Coach, vai ajudá-lo a conhecer-se melhor, a encontrar a dieta mais adequada, a atingir objectivos e a superar desafios, a desintoxicar corpo e mente, a ganhar mais energia e a conseguir o bem-estar que procura.
Porque somos, de facto, o que comemos, a alimentação deve ser adequada às necessidades de cada indivíduo e o mesmo se aplica aos hábitos de sono, ao exercício físico e às rotinas diárias que cumprimos – cada pessoa é um caso.
Aprenda a interpretar os sinais do seu corpo e, com a ajuda desta experiente Health Coach, passará a ter mais tranquilidade, equilíbrio e, claro, mais saúde.
Precursora dos sumos e smoothies detox em Portugal, Teresa Barata oferece-nos ainda as melhores e mais deliciosas receitas para fazer estes sumos em sua casa.
«Uma Health Coach não é uma nutricionista, mas muitas vezes trabalha em conjunto com nutricionistas. A Health Coach é quem o ajuda a implementar na sua vida as mudanças que quer fazer e que não tem tido a coragem ou a força de vontade para o fazer. É quem o acompanha passo a passo nesse processo de mudança, quem o ajuda a perceber e a ouvir o seu corpo, quem o apoia nas falhas e nas vitórias e quem o ajuda a definir prioridades, timings e objectivos.»
Teresa Barata

«A vida é um milagre que nos é dado e pelo qual devemos agradecer todos os dias. Por isso mesmo devemos cuidar de nós dia-a-dia, física e espiritualmente, de forma, a sentirmo-nos no nosso melhor para podermos vivê-la a 100%, e podermos transmitir essa boa energia e alegria a quem está à nossa volta. Por isso, trate de si, valorize-se, seja feliz!» Teresa Barata

Um guia de boas práticas para viver melhor, que fala, entre outros temas, sobre nutrição, hábitos alimentares, detox, sono e descanso, como evitar o stress e a falta de energia, de forma cuidada e esclarecedora.

Sobre a autora:
Tenho 50 anos e sou mãe de 4 filhos. Formei-me inicialmente na área do Turismo, área em que trabalhei até iniciar a minha actividade numa multinacional da área da Saúde, onde trabalhei durante 15 anos. A área da nutrição sempre me apaixonou. Fui uma self learner, li e reli muito sobre nutrição e especialmente sobre o que se chama Nutrição Pós-Moderna. Apliquei os meus conhecimentos na minha vida e na dos meus filhos e confirmei os benefícios que uma alimentação saudável traz a vários níveis. Fundei a Liquid, empresa pioneira em Portugal na venda de sumos e smoothies, em Abril de 2011, juntamente com José Salazar, e ainda nesse ano criei os programas de desintoxicação Detox Liquid. Decidi então consolidar os meus conhecimentos e fiz formação profissional em Nutrição e Dietética pelo Instituto Profissional de Estudos de Saúde sobre nutrição tradicional.
Procurei uma formação que se identificasse mais com o que eu sigo e acredito sobre nutrição e estilo de vida, e avancei para o curso de Health Coach do Institute for Integrative Nutrition, em Nova Iorque, que terminei em 2013. Hoje tenho vários programas de coach de Nutrição e Saúde que consistem na criação de planos personalizados de alimentação e hábitos de vida, através de apoio e orientação contínuos, com acompanhamento, de forma a implementar mudanças sustentáveis e definitivas na vida dos meus clientes. Saiba mais em www.teresabarata.com

Título: Truques para Minecraft
Edição Combate
Autor: Megan Miller
N.º de Páginas: 128
PVP: 11,95 €
Disponível a partir de 3 de Junho
Com mais de 50 milhões de jogadores registados,
Minecraft é o jogo da moda e o terceiro mais vendido de sempre. No Minecraft, o risco de um ataque está sempre presente, e portanto todos os jogadores têm de saber como construir armas, montar armadilhas e fugir de qualquer perigo.
Com este novo guia não oficial, aprenderás a defender as tuas propriedades, a afugentar os mobs hostis e enfrentar outros monstros, como zombies, aranhas ou esqueletos.
Repleto de conselhos de especialistas, todo o tipo de truques práticos e mais de uma centena de écrans do jogo reproduzidos, Truques para Minecraft – Edição Combate mostra-te como os jogadores mais treinados se defendem dos ataques de diversos inimigos. Este guia, escrito por um guru do Minecraft, explica todos os truques e técnicas que os jogadores devem conhecer para descobrir todas as possibilidades que oferece o videojogo.
Recomendado aos milhares de jogadores de Minecraft e aos pais dos jogadores que querem ajudar os filhos a melhorar o seu nível de jogo.














 
quinta-feira, 28 de maio de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Editorial Presença na Feira do Livro de Lisboa

O Programa de Feira do Grupo Presença já está disponível! Vejam aqui.



Gradiva na 85.ª Feira do Livro de Lisboa



O Outro Lado do Paraíso, de Paul Theroux, nas livrarias a 5 de junho

Título: O Outro Lado do Paraíso
Autor: Paul Theroux
Género: Romance
Tradução: Antonio Sabler
N.º de páginas: 376
Data de lançamento: 5 de junho
PVP: 18,80€

«Uma criação notável.» The New York Review of Books

Ellis Hock nunca acreditou que voltaria a África, à isolada aldeia em que fora tão feliz. Enquanto gere o seu antiquado negócio de pronto-a-vestir masculino, Ellis Hock sonha ainda com o seu paraíso africano, e os quatro anos que passou no Malawi com o Corpo de Paz, interrompido quando foi obrigado a regressar para tomar conta do negócio de família.
No entanto, quando a mulher o deixa, privando-o da casa de família e da filha, e exigindo partilhas, Ellis Hock percebe que não tem lugar para onde possa ir, a não ser a remota região de Lower River, onde poderá reencontrar momentos felizes.
Ao chegar à poeirenta aldeia, Hock descobre-a profundamente transformada: a escola que ele próprio construíra é agora uma ruína; a igreja e a clínica desapareceram; e a pobreza e apatia instalaram-se nas pessoas, que se lembram dele – do estrangeiro que tinha medo de cobras – e lhe dão as boas-vindas. Mas esta nova vida de Ellis Hock, este retorno, será uma evasão ou antes uma armadilha?
Alternando memória e desejo, esperança e desespero, salvação e condenação, este é um emocionante regresso a um terreno sobre o qual ninguém escreveu com tanto brilhantismo como Theroux.

Sobre o autor:
Paul Theroux nasceu em Medford, no Massachusetts, em 1941, filho de mãe italiana e pai canadiano de origem francesa. Frequentou a universidade no Maine e no Massachusetts (Amherst), mas foi o curso de escrita criativa que fez com o poeta Joseph Langland que o levou a descobrir que escrever era tudo o que queria fazer na vida. Viveu em Itália, onde foi leitor; no Malawi, onde também ensinou e esteve envolvido no golpe de Estado que tentou depor o então ditador Hastings Banda; no Uganda, onde conheceu a sua futura mulher e encontrou, pela primeira vez, V.S. Naipaul (que viria a ser seu grande amigo e mentor); e também em Singapura e em Inglaterra. Escreveu dezenas de romances (alguns adaptados ao cinema), ensaios e alguns dos melhores livros de viagens de sempre, como O Velho Expresso da Patagónia, O Grande Bazar Ferroviário ou Comboio-Fantasma para o Oriente, todos publicados pela Quetzal. Paul Theroux vive atualmente entre Cape Cod e o Havai.


Porto Editora publica As "Novelas Extravagantes" de Mário de Carvalho

Título: Novelas Extravagantes
Autor:
Mário de Carvalho
Págs.: 200
PVP: 14,40 €

Os livros Quatrocentos Mil Sestércios seguido de O Conde Jano, vencedor do Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco em 1992, e Apuros de Um Pessimista em Fuga, de Mário de Carvalho, estão agora reunidos em Novelas Extravagantes, que a Porto Editora publica a 4 de junho.
São três histórias, protagonizadas por três homens, em tempo e lugares distintos, que caminham para diferentes (e emocionantes) destinos: Quatrocentos Mil Sestércios é uma novela passada na Lusitânia, no tempo da Roma Imperial, onde um filho de centurião se envolve em peripécias várias por causa de uma pequena fortuna, O Conde Jano dá-nos a conhecer uma reinterpretação de um velho rimance popular dos cancioneiros e, em Apuros de Um Pessimista em Fuga, somos transportados para o passado menos longínquo, no fim do Estado Novo.
No próximo sábado, dia 30, e a 13 de junho, a partir das 15:30, Mário de Carvalho estará na Feira do Livro de Lisboa para falar com os leitores sobre este e os outros dez livros já publicados na Porto Editora.

Sinopse:
Quatrocentos mil sestércios. Uma dívida por cobrar. Um filho de centurião numa demanda pelas carreteiras dessa Lusitânia, cada ventura desfiando sua desventura, e a deusa Fortuna de guarda às peripécias deste pobre cidadão romano. As Cruzadas. Um cavaleiro regressa da Mourama. Uma promessa por cumprir, uma nubente amarga que exige desafronta, e a deusa Fortuna que não recompensa os audazes. Os últimos tempos do Marcelismo. Um jovem revolucionário num périplo nocturno por Lisboa. Toda uma cidade de conluio com a polícia política para o apanhar, e a deusa Fortuna que falha ao encontro em certo dia de Abril.

Sobre o autor:
Mário de Carvalho nasceu em Lisboa em 1944. O seu primeiro livro, Contos da Sétima Esfera, causou surpresa pelo inesperado da abordagem ficcional e pela peculiar atmosfera, entre o maravilhoso e o fantástico. Desde então, tem praticado diversos géneros literários, percorrendo várias épocas e ambientes, sempre em edições sucessivas. Nas diversas modalidades de Romance, Conto e Teatro, foram atribuídos a Mário de Carvalho os prémios literários portugueses mais prestigiados (designadamente os Grandes Prémios de Romance, Conto e Teatro da APE, o prémio do Pen Clube e o prémio internacional Pégaso). Os seus livros encontram-se traduzidos em várias línguas.


Viagem Literária em Viseu

A cidade de Viseu é a próxima paragem da “Viagem Literária”, a iniciativa da Porto Editora que está a levar a literatura a viajar pelo país. Os convidados são os escritores Francisco José Viegas e José Paulo Cavalcanti Filho e esta sessão da “Viagem Literária” – a terceira, depois das bem-sucedidas Bragança e Vila Real – está agendada para o próximo dia 2 de junho, às 21:30, no Teatro Viriato, onde os bilhetes já estão disponíveis gratuitamente.
Em perspetiva está um excelente serão. Francisco José Viegas e José Paulo Cavalcanti Filho são dois grandes conversadores e há temas que se afiguram incontornáveis considerando certas afinidades: ambos têm experiência de governação (um foi Secretário de Estado da Cultura e o outro Ministro da Justiça), uma forte ligação a Fernando Pessoa (um dirigiu a Casa Fernando Pessoa, o outro é biógrafo do poeta), estão ambos ligados ao jornalismo (um é jornalista, o outro é especialista em direito do jornalismo). Sem esquecer, naturalmente, o gosto pelos livros e pela literatura. A conversa será moderada pelo jornalista João Paulo Sacadura.



quarta-feira, 27 de maio de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

À Morte Ninguém Escapa - M. J. Arlidge [Opinião]

Título: À Morte Ninguém Escapa
Autor: M. J. Arlidge
N.º de Páginas: 320
Editor: TopSeller
PVP: 17,69€

Sinopse
O corpo de um homem é encontrado numa casa vazia.
O seu coração foi arrancado e entregue à família.
A detetive Helen Grace sabe que esta não será a última vítima de um assassino em série. Os media chamam-lhe Jack, o Estripador, mas ao contrário: este mata homens de família que vivem vidas duplas e enganam as suas mulheres.
Helen consegue pressentir a fúria por detrás de cada assassínio. Mas o que ela nunca conseguirá prever é quão volátil na realidade este assassino é. Nem o que a aguarda no final desta caça ao homem.

A minha opinião:
Depois de Um, Dó, Li, Tá, esperava ansiosamente pela edição do segundo livro de M. J. Arlidge. Porque é assim que espero de um thriller: muita ação, muito sangue à mistura, muita tortura e muito mistério.

Helen Grace continua a ser a investigadora principal, não esquecendo, contudo, os fantasmas do passado, que a perseguem cada vez mais. Neste segundo livro da série vai-se desvendando um pouco mais da sua história familiar, importante também para o humanizar da propria personagem, criando mais empatia com o próprio leitor.

Relativamente a Charlie... essa também se está a recompor dos problemas que o anterior caso fez com o seu casamento e com a sua própria vida.

Neste novo caso, Helen depara-se com um assassino em série brutal. Apelidado de Jack, o Estripador pela imprensa porque o assassino estripa as vítimas, tirando-lhes o coração enviando-o via correio para a familia da vítima, apenas é semelhante nesse aspecto já que as vítimas são sempre homens e homens que têm vidas duplas. Além disso, a principal suspeita é uma prostituta! Ironia do destino...

Com capítulos curtos e com um ritmo alucinante vai-se desenrolando a história que vai descobrindo um assassino mais humano e umas vítimas que são tudo menos vítimas, mas sim umas pessoas cada vez mais desprezíveis. As vítimas causaram-me, inclusive, repulsa, acabando por não ter tido tanta pena no destino que elas acabaram por ter.

Tão bom como o primeiro livro, À Morte Ninguém Escapa vai prender o leitor desde a primeira página. Não vai querer perder o segundo livro da série.

Planeta: Programação Feira do Livro de Lisboa

Sessão de Lançamento
Auditório
30 Maio – 19h
A Senhora Clap e o Mundo na Palma das Mãos, de Marta Duque Vaz, com ilustrações de Alexandre Esgaio

Show Cooking
Espaço Show Cooking
31 Maio – 15h
Alexandre Fernandes
Confecção de receitas dos livros:
Cascas, Talos, Folhas e Outros Tesouros Nutricionais; Emagreça sem Sacrifícios; Dieta do Chocolate

6 Junho – 15h
Teresa Barata
Confecção de sumos detox, do livro: Tratar de Mim

Leitura de Baralho Cigano
Pavilhão da Planeta
6 Junho – 19h
Patrícia Jarimba
Autora do livro: A Magia do Baralho Cigano

Sessões de Autógrafos
Pavilhão da Planeta
30 Maio – 16h
Fausta Cardoso Pereira
Livros editados: Bom Caminho; O Homem do Puzzle
Cláudia Clemente
Livro editado: A Casa Azul
Francisco Duarte Azevedo
Livros editados: O Trompete de Miles Davis; Vila Algarve
Patrícia Reis
Livros editados: A Fada Dorinda; Xavier - O Livro Esquecido e o Dragão Enfeitiçado; O Diário do Micas (8 volumes)
Maria de Lurdes Candeias
Livro editado: Eu Estou Sempre Cá

31 Maio – 16h
Celso Filipe
Livros editados: O Poder Angolano em Portugal; Escrevam a dizer quem foi ao meu funeral
Frederico Duarte Carvalho
Livros editados: Camarate – Sá Carneiro e as Armas para o Irão; O Terceiro Bispo
Alexandre Fernandes
 
6 Junho – 16h
Sandra Duarte Tavares & Sara Leite
Livro editado: Gramática Descomplicada
Teresa Barata
 
7 Junho – 16h
Cesário Borga
Livros editados: O Agente da Catalunha; O Movimento dos Capitães e o 25 de Abril; Ethel- Amanhã em Lisboa
Sérgio Luís de Carvalho
Livros editados: Nas Bocas do Mundo; o Destino do Capitão Blanc; O Caminho dos Reis de Portugal; O Caminho dos Presidentes da República; A Minha Primeira História de Portugal; O Rei Embevedadode Amor; Os Descobridores do Mundo; Dicionário de Insultos; Equívocos, Enganos e Falsificações da História de Portugal
Celso Filipe / Cesário Borga 
 
10 Junho – 16h
Alice Brito
Livro editado: As Mulheres da Fonte Nova; O dia em que Estaline encontrou Picasso na biblioteca
Cristina Carvalho
Livros editados: Casa das Auroras; Marginal; Quatro Cantos do Mundo; O Olhar e a Alma
Pedro Almeida Vieira
Livros editados: Crime e Castigo no País dos Brandos Costumes; Crime e castigo – o Povo não é Sereno; Nove Mil Passos
Ana Saragoça
Livro editado: Quando Fores Mãe Vais ver

13 Junho – 16h
Eduardo Pitta
Livro editado: Cidade Proibida
Maria Inês Almeida
Livros editados: Quando eu for grande; A Última Árvore, Agenda Literária
Gabriel Magalhães
Livro editado: Como Sobreviver a Portugal
Alice Brito / Pedro Almeida Vieira

14 Junho – 16h
Frederico Duarte Carvalho / Sérgio Luís de Carvalho / Cesário Borga /Cristina Carvalho / Alexandre Fernandes

Elsinore edita A Eterna Demanda, romance inédito de Pearl S. Buck


Inspirada por Elsinore, geografia literária por excelência, a 20|20 Editora apresenta a sua nova chancela. De vocação literária, sem fronteiras de género, região ou época, a Elsinore publica, em 2015, 11 títulos de referência e autores que é urgente descobrir.A Eterna Demanda, de Pearl S. Buck, e Lorde, de João Gilberto Noll, inauguram o conjunto, seguidos por Escravas do Poder, da jornalista mexicana Lydia Cacho, disponível a 22 de junho, e Na Presença de Um Palhaço, de Andrés Barba, nas livrarias a 6 de julho.

A 26 de maio chega às livrarias portuguesas A Eterna Demanda, de Pearl S. Buck, vencedora do Prémio Nobel de Literatura, pelas mãos da Elsinore, a nova chancela literária da 20|20 Editora.

Descoberto em 2012, A Eterna Demanda (Elsinore l 304 pp l 17,69€) é o romance póstumo de uma das mais aclamadas escritoras norte-americanas. Neste trabalho é-nos revelado um dos lados mais pessoais da autora, numa comovente exploração da identidade que forjamos para nós próprios e para os outros. A Eterna demanda é, talvez, o seu trabalho mais pessoal e apaixonado, e cativará, sem dúvida, os milhões de leitores que sempre estimaram as suas obras ao longo de gerações.

Randolph, um jovem norte-americano, parte em viagem pela Europa e pela Ásia numa procura incessante de experiências e sabedoria. Em Paris conhece Stephanie. Filha de pai chinês e mãe norte-americana, também ela percorre o mundo à procura do seu lugar entre duas culturas aparentemente opostas. Ao longo do tempo, numa série de encontros e desencontros, ambos descobrem que se pode conciliar experiência e sabedoria, heranças ocidentais e orientais, mas há um preço a pagar.


Filha de missionários, Pearl S. Buck nasceu nos Estados Unidos, mas mudou-se para a China com poucos meses. A proximidade e respeito pelo povo chinês tornaram-se absolutamente centrais na sua obra. Nos Estados Unidos, consagrou-se como escritora graças ao grande êxito de Terra Abençoada, vencedor do Prémio Pulitzer em 1932. Do romance ao ensaio, assinou mais de 80 obras. Venceu o Prémio Nobel de Literatura em 1938, «pelas suas descrições intensas e verdadeiramente épicas da vida rural na China e pelas suas obras-primas autobiográficas».

 



Livros do Brasil: Ernest Hemingway e André Malraux nas novidades de junho

No dia 4 de junho, a Livros do Brasil lança Ilhas na Corrente, de Ernest Hemingway, e A Esperança, de André Malraux. Com uma história cativante, habitada por algumas das personagens mais marcantes construídas por Ernest Hemingway, o romance Ilhas na Corrente foi descoberto entre os papéis do autor após a sua morte e a sua edição, em 1970, foi um verdadeiro acontecimento literário, sendo o seu primeiro livro póstumo. Aqui se encontram muitos dos temas que, ao longo da sua obra, se revelaram ser-lhe caros (e em grande medida, também, autobiográficos): o mar, a guerra, a memória da Paris dos anos 20. Na renovada coleção Dois Mundos estão já publicados outros cinco livros de Hemingway: O Adeus às Armas, Paris é uma Festa, Na Outra Margem, entre as Árvores, O Velho e o Mar, e Contos de Nick Adams.
Depois de publicar, em março, A Condição Humana, a Livros do Brasil lança agora uma nova edição de A Esperança, outro livro fundamental da obra de André Malraux, autor central da literatura francesa do século XX. Tendo como cenário os primeiros meses da Guerra Civil Espanhola, A Esperança é reconhecido como um dos romances mais importantes sobre o conflito que afligiu esse país há quase 80 anos.

Título: Ilhas na Corrente
Autor:
Ernest Hemingway
Tradutor: Jorge Rosa
N.º de Páginas: 464
PVP: 18,80 €

Refugiado na tranquila ilha de Bimini, na corrente do Golfo, o pintor
americano Thomas Hudson vê a sua rotina de trabalho alterada com
a chegada dos três filhos para umas férias de verão, corre então a
década de 30. E a sua vida não mais será a mesma. Acompanhando-
-o até aos mares da costa de Cuba nos dias da Segunda Guerra
Mundial, Ilhas na Corrente traça um retrato comovente do percurso
interior de um homem que é um artista e um aventureiro, à
semelhança do próprio Hemingway, que acaba enredado no que a
existência tem de trágico e absurdo.

Sobre o autor:
Ernest Hemingway, um dos grandes nomes da literatura do século XX, nasceu em Oak Park, no Illinois, a 21 de julho de 1899, e suicidou-se em Ketchum, no Idaho, em julho de 1961. Em 1953 ganhou o Prémio Pulitzer, com O Velho e o Mar, e em 1954 o Prémio Nobel de Literatura.


Título: A Esperança
Autor:
André Malraux
Tradutor: Judith Cortesão
N.º de Páginas: 520
PVP: 18,80 €

Os fascistas de Franco apertam o cerco a Madrid. Vindos de diferentes pontos do mundo, homens aventureiros e apaixonados juntam-se aos republicanos em brigadas internacionais que crescem na luta pela defesa dos valores democráticos. Entre eles está André Malraux, e é com base na sua experiência como chefe de esquadrilha na frente republicana da Guerra Civil de Espanha que publica, em 1937, A Esperança. Romance que toma partido, este é um livro amargo, relato de dor e derrota, mas também um testemunho inigualável de coragem, de companheirismo, de debate político e de um combate incansável pela liberdade. Uma das maiores obras jamais escritas sobre o drama espanhol de 1936-1939, a par de Por Quem os Sinos Dobram, de Ernest Hemingway, ou Homenagem à Catalunha, de George Orwell, A Esperança seria adaptada ao cinema pelo próprio Malraux e premiada em 1945 com o Louis-Delluc, «o Goncourt do cinema».

Sobre o autor:
André Malraux nasceu em Paris a 3 de novembro de 1901. Figura central da cultura francesa do século xx, participou ativamente nas lutas revolucionárias do seu tempo e sobre elas produziu algumas das mais marcantes obras da literatura mundial, entre elas A Condição Humana (1933) e A Esperança (1937). Membro da Resistência francesa durante a Segunda Guerra Mundial, dedicou-se à vida política no pós-guerra, tendo desempenhado o cargo de ministro da Cultura nos governos de Charles de Gaulle, entre 1959 e 1969. Morreu em Créteil a 23 de novembro de 1976.





terça-feira, 26 de maio de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Grupo Porto Editora: Programa para a Feira do Livro de Lisboa


A poucos dias do início da 85.ª Feira do Livro de Lisboa, o Grupo Porto Editora anuncia a participação de muitos autores portugueses e estrangeiros das suas várias chancelas. O objetivo é aproximar cada vez mais os escritores dos leitores, promovendo as respetivas obras junto dos públicos interessados.
Da vasta programação, destaque para a presença (logo no dia de abertura) do escritor brasileiro Laurentino Gomes a propósito do seu novo livro 1889 e de Robert Muchamore, Chiara Gamberale, Rafael Chirbes (de quem vamos lançar o romance Na Margem, na Assírio & Alvim), Ungulani Ba Ka Khosa, José Eduardo Agualusa, Richard Zimler e dos portugueses Mário de Carvalho, José Luís Peixoto, Gonçalo M. Tavares, Francisco José Viegas, José Rentes de Carvalho, Teolinda Gersão, Manuel Jorge Marmelo, entre muitos outros.
De sublinhar a atenção que é dada aos leitores mais novos – para além da presença de Robert Muchamore, estão agendadas sessões com autores como Luísa Ducla Soares, Álvaro Magalhães, Ana Garcia Martins, Vera Lisa Barroso, Alexandre Esgaio, Maria Inês Almeida e Joaquim Vieira, entre outros.
De salientar que este ano se regista a estreia da renovada Livros do Brasil no espaço do Grupo Porto Editora, onde estarão também representadas as chancelas Bertrand, Areal Editores, Raiz Editora, Quetzal, Pergaminho, 11x17, Temas e Debates, Arte Plural, Assírio & Alvim, Sextante Editora, Albatroz, Ideias de Ler, 5 Sentidos, Gestão Plus, Coolbooks e, claro, a Porto Editora.

Lançamentos em agenda
- Os Deuses e a Origem do Mundo, de António de Freitas, com apresentação de António de Castro Caeiro e José Augusto Ramos, 29 de maio, às 18:30;
- Para Onde Vai Portugal?, de Raquel Varela, com apresentação pelo psiquiatra António Coimbra de Matos, 5 de junho, às 18:30;
- Corações Crescidos (coleção Crescer Com Pinta), de Vera Lisa Barroso e ilustrado por Alexandre Esgaio, 14 de junho, às 16:00.

Sessões de autógrafos em destaque:
- Laurentino Gomes, 28 de maio, 17:00;
- Mário Soares, 30 de maio, 17:00
- Mário de Carvalho, 30 de maio e 13 de junho, 15:30;
- Richard Zimler, 30 e 31 de maio, 15:30;
- José Luís Peixoto, 31 de maio, 16:00;
- Robert Muchamore, 31 de maio e 1 de junho, 15:00;
- Manuela Gonzaga, 31 de maio e 6 de junho, 16:00;
- Gonçalo M. Tavares, 5 de junho, 17:30;
- José Rentes de Carvalho, 6 e 7 de junho, 16:00;
- Francisco José Viegas, 6 de junho, 16:00
- José Eduardo Agualusa, 7 e 13 de junho, 16:00;
- Chiara Gamberale, 7 de junho, 16:00;
- Manuel Jorge Marmelo, 7 de junho, 16:00;
- Luísa Ducla Soares, 10 de junho, 15:30
- Rafael Chirbes, 13 de junho, 15:00


Guerra e Paz na Feira do Livro


A Zona de Interesse, um dos mais polémicos romances das últimas décadas, nas livrarias a 5 de junho

Título: A Zona de Interesse
Autor: Martin Amis
Género: Romance
Tradução: José Vieira de Lima
N.º de páginas: 400
Data de lançamento: 5 de junho
PVP: 18,80€

Um dos mais polémicos romances das últimas décadas
«O romance, nos seus momentos mais inspirados, é um compêndio de epifanias, apartes estarrecedores, episódios pícaros, e História condensada de forma radical. Em cada página é revelado o horror, o medonho fedor da morte em massa, e desafiada a resistência da imaginação do leitor para acreditar no “interesse amoroso” de Thomsen por Hannah Doll.» Joyce Carol Oates, The New Yorker
«Tour de force do mais apurado virtuosismo verbal, um romance brilhante e magnificamente perturbador, inspirado em nada menos do que uma profunda curiosidade moral pelo ser humano. Assombroso.» Richard Ford
«Encarar a cabeça de Medusa de Auschwitz teve um efeito salutar na escrita de Amis – o rigor ético do tema libertou-a do superficial, do não-essencial.» The Guardian

O que acontece quando descobrimos quem verdadeiramente somos? E como é que lidamos com essa revelação? Poderosa e original, A Zona de Interesse é uma obscura história de amor que se desenrola num cenário do mais puro mal – o campo de extermínio de Auschwitz. E uma viagem às mais negras profundezas e contradições da alma humana.

Sobre o autor:
Martin Amis é um dos autores britânicos mais importantes da atualidade. Nasceu no País de Gales e é filho de Kingsley Amis.
A matéria-prima dos seus romances radica no absurdo da condição pós-moderna e nos excessos do capitalismo tardio das sociedades ocidentais; o seu inconfundível estilo é compulsivo e terrivelmente vívido.
Saul Bellow, Vladimir Nabokov e James Joyce são as suas grandes referências literárias. Por seu turno, influenciou uma nova geração de romancistas, como Will Self ou Zadie Smith.
Depois de A Viúva Grávida, Os Papéis de Rachel, O Segundo Avião, A Informação, Dinheiro e Lionel Asbo, a Quetzal dá continuidade à publicação das obras de Martin Amis com o seu romance mais recente.

segunda-feira, 25 de maio de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

A Esfera dos Livros na Feira do Livro de Lisboa - Sessão de Autógrafos

Sessão de Autógrafos

30 de Maio 16:30 - Inês Franco com Guia Prático de Maquilhagem

30 de Maio 18:00 - Jessica Athayde com Não Queiras Ser Perfeita. Mas faz o Melhor para Ti

31 de Maio 16:30 - Pedro Jardim com O Monstro de Monsanto

31 de Maio 18:00 - Gustavo Santos com A Força das Palavras, Arrisca-te a Viver e Agarra o Agora

06 de Junho 16:30 - Pedro Pinto com Serpa Pinto e O Último Bandeirante

06 de Junho 18:00 - Isaltino Morais com A Minha Prisão

07 de Junho 16:30 - Joana Roque com Receitas para Todos os Dias, O Que Faço Hoje para Jantar? Cozinhar, Celebrar e Partilhar e Feito em Casa

07 de Junho 18:00 - Ágata Roquette com A Dieta dos 31 Dias, As Regras de Ouro da Nutricionista e As Receitas - Dieta dos 31 Dias

07 de Junho 18:00 - Margarida Vieitez e Fernando Mesquita com SOS Manipuladores

10 de Junho 16:30 Magda Gomes Dias com Crianças Felizes

10 de Junho 17:00 Conversa sobre o tema "A Guerra Colonial" com Sofia Branco, Dora Alexandre, Ana Sofia Fonseca e Nuno Tiago Pinto - Praça Amarela

10 de Junho 18:00 Maria Elisa Domingues com Confissões de uma Mulher Madura e Amar e Cuidar

14 de Junho 16:30 Catarina Furtado com O Que Vejo e Não Esqueço






BOOKSMILE: Obra de José Mauro de Vasconcelos regressa às livrarias portuguesas


A Booksmile tem o orgulho de reeditar a obra de José Mauro de Vasconcelos em Portugal. Trata-se de um dos maiores autores da literatura juvenil brasileira do século XX, vencedor do Prémio Jabuti de Romance, o mais importante prémio literário brasileiro, e que regressa agora aos escaparates portugueses.

Publicado pela primeira vez em 1968, O Meu Pé de Laranja Lima, de José Mauro de Vasconcelos, tornou-se um clássico da literatura juvenil mundial, tendo desde então sido traduzido para mais de 52 línguas e adaptado para televisão, cinema e teatro. O Meu Pé de Laranja Lima (Booksmile | 208 pp | 12,99€ | 12+) é considerado um dos mais importantes livros juvenis em língua portuguesa.

O Meu Pé de Laranja Lima conta-nos a história comovente de Zezé, um menino de seis anos nascido no seio de uma família muito pobre. Zezé é inteligente, sensível e criativo, mas muito endiabrado. Carente do afeto que não encontra junto do pai e da mãe, mais preocupados em sobreviver a cada dia, o menino perde-se nas ruas, onde só lhe dá para inventar travessuras.

Tendo aprendido demasiado cedo a dor e a tristeza, Zezé acaba por usar o mundo da sua imaginação para fugir da realidade da vida: toma por confidente um pé de laranja lima, a que chama Xururuca e ao qual revela os seus sonhos e desejos. Será nesta fantasia que Zezé vai encontrar a alegria de viver e a força para vencer as suas adversidades.

Baseado na infância do autor, o livro foi um êxito imediato, vendendo logo nos primeiros meses após o lançamento cerca de 220 mil exemplares.

Além de O Meu Pé de Laranja Lima, a Booksmile também edita outros dois importantes livros do autor – Vamos Aquecer o Sol (Booksmile | 320pp | 13,99€ | 12+) e Rosinha, Minha Canoa (Booksmile | 264 pp | 13,99€ | 12+). A obra de José Mauro de Vasconcelos vem reforçar a nova linha literária da Booksmile, cada vez mais uma editora de referência na área dos livros para crianças.

Sobre o autor:
José Mauro de Vasconcelos nasceu no Rio de Janeiro em 1920 e faleceu em São Paulo em 1984. Descendente de portugueses, o autor teve vários empregos durante a adolescência, viajando depois por todo o Brasil e por vários países europeus.

O seu primeiro grande êxito foi Rosinha, Minha Canoa (1962). Em 1968 publicou o seu livro mais conhecido, O Meu Pé de Laranja Lima, que já foi adaptado para televisão, cinema e teatro. Pelo conjunto da sua obra é hoje considerado um autor clássico da literatura juvenil brasileira do século XX.




Assírio & Alvim publica "Na Margem", livro do Ano espanhol chega a Portugal

Título: Na Margem
Autor:
Rafael Chirbes
Tradução: Rui Pires Cabral
N.º de Páginas: 448
PVP: 17,70 €
Coleção: Peninsulares

Foi aclamado como o Livro do Ano em 2013 pelos jornais El Mundo, El País, ABC, entre outros, e venceu o Premio de la Crítica de Narrativa Castellana, o Premio Francisco Umbral e o Premio Nacional de Narrativa espanhol: Na Margem, do escritor Rafael Chirbes, foi um acontecimento literário em Espanha e, a 4 de junho, chega às livrarias nacionais com a chancela da Assírio & Alvim. Abordando a condição humana, o valor do dinheiro e a decrepitude da velhice, este é um romance sobre a crise económica que agitará as consciências morais.

Rafael Chirbes estará em Lisboa para contactos com a comunicação social e para uma sessão de lançamento de Na Margem, que decorrerá no dia 11 de junho, pelas 18:30, no Instituto Cervantes de Lisboa. Na tarde de 13 de junho, participará numa sessão de autógrafos na Feira do Livro de Lisboa, no Espaço do Grupo Porto Editora.

Sinopse:
A descoberta de um cadáver no pântano de Olba inicia a narrativa. O seu protagonista, Esteban, viu-se obrigado a fechar a carpintaria de que era proprietário, deixando desamparados os que ali trabalhavam. Enquanto se ocupa de cuidar do seu pai, doente em fase terminal, indaga acerca dos motivos de uma ruína onde assume o duplo papel de vítima e de carrasco e onde encontramos, nos seus escombros, os valores que regeram uma sociedade, um mundo e um tempo. O espelho onde se olha restitui uma imagem feita de sonhos quebrados e ilusões perdidas, nada se salvando da voracidade destes primeiros anos do século XXI onde o amor, a família, a amizade e até as convenções sociais se tornaram parte do menu de um banquete para poucos.

Sobre o autor:
Rafael Chirbes nasceu em Tavernes de Valldigna, Valência, em 1949. Estudou História Moderna e Contemporânea em Madrid e foi finalista do Prémio Herralde, em 1988, com o seu primeiro romance, Mimoun. Em 1996 foi galardoado com o Prémio SWR-Bestenliste, na Alemanha, com a obra La Larga Marcha. É o autor de uma obra singular que está publicada em diversos países e que tem vindo a ser premiada e elogiada pela crítica.