quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Tudo isto te darei - Dolores Redondo [Opinião]

Título: Tudo Isto te Darei
Autor: Dolores Redondo
Editor: Editorial Planeta
Páginas: 576

Sinopse:
Uma morte inesperada.
Um obscuro segredo familiar.
A busca da verdade no coração de uma terra lendária.

No cenário majestoso da Ribeira Sacra, Álvaro sofre um acidente que o mata.
Quando Manuel, o marido, chega à Galiza para identificar o cadáver, descobre que a investigação sobre o caso foi encerrada com demasiada rapidez.

Terá assim início a busca pela verdade, num lugar de fortes crenças, onde a lógica nunca consegue unir todas as pontas soltas.

Um romance de intriga, mas também de drama familiar e com um registo intimista.

A minha opinião: 
Depois do sucesso que granjeou com a Trilogia do Baztán, Dolores Redondo transporta-nos para a Galiza para nos dar a conhecer um casal homossexual cuja vida em comum oculta segredos que só serão desvendados com a morte de um deles.

Manuel, escritor de renome é pego de surpresa quando a polícia lhe bate à porta e lhe pede que o acompanhe. Depois de saber que o seu marido acaba de morrer, num local para ele desconhecido, Manuel vai acabar por perceber que conhecia muito pouco de Álvaro.

Terá assim de se deslocar a Lugo, uma pequena localidade situada na Galiza, para identificar o corpo do seu marido que terá morrido de acidente de viação. Em estado de choque e ao mesmo tempo com sentimento de traição, já que Álvaro devia estar em Barcelona, numa reunião de trabalho, e não naquele local inóspito, Manuel suspeita que a morte do seu companheiro pode não ter sido totalmente investigada. A suspeita adensa-se quando o próprio inspector de polícia, que entra naqueles dias na reforma, o contacta e lhe transmite que, também ele, suspeita daquela morte.

Através do cenário majestoso da Ribeira Sacra, Dolores Redondo cria um enredo rico em personagens, mas como já vem sendo habitual nos seus livros, pleno de paisagens, de crenças e com intriga familiar que prende os seus leitores. Os seus livros não são meros policiais e o isso é que os torna tão especiais e bons.

Nele vamos conhecer uma família aristocrática, cuja matriarca é fria, cuja educação que deu aos seus filhos é bastante conservadora. Ter um filho homossexual ou utilizador de drogas é completamente impensável no seio familiar pelo que tudo o que seja contra o "normal" estabelecido por ela, são completamente banidos das suas relações.

Manuel vai conhecer da pior forma esta família e descobre que Álvaro só não lhe contou nada do seu passado para o proteger. Ao longo de praticamente 580 páginas vamos conhecendo tudo isso e muito mais.

Leiam e deliciem-se.








4 comentários:

Dora disse...

Mas o que achaste?
É que na tuas opinião não entendi se gostaste ou não...

Maria Manuel Magalhaes disse...

Gostei mesmo muito, embora ache que não é a leitura ideal para ti porque tem muitas descrições. Eu adoro Dolores Redondo

Dora disse...

Eu vi o filme baseado num livro dela e adorei.
Espero gostar deste porque já cá canta :)

Maria Manuel Magalhaes disse...

Esse filme que viste é baseado na trilogia e este é um bocadinho diferente da trilogia. Depois diz-me se gostaste ;)